sexta-feira, 30 de outubro de 2015

O NEGÓCIO É GALGAR AOS POUCOS


POR: RAPOSO SENSATO

Digamos que o cenário atual é muito diferente do que chegamos a imaginar.

Por vezes dissemos, e me coloco no meio, que o ano tinha acabado.

Mas com a chegada de Mano, muita coisa mudou.

Inclusive nossa autoestima.

A própria torcida mudou.

Abraçou a causa, o time, entrou junto em campo.

E vai ser assim até o final.

Porque uma luz no fim do túnel apareceu.

Ainda é longe, é verdade.

Mas pintou algo possível.

E, hoje, seria como um título ir à Libertadores.

A tarefa não é fácil.

O negócio é galgar aos poucos.

Quando Mano chegou, essa sequer era a meta.

E continua ainda não sendo.

Se possível, será ao final do Brasileiro.

O foco, agora, é vencer...

E ver no que dá.

E o foco da torcida também não pode mudar.

Que ela continue abraçando o time dessa forma.

Pois juntos somos mais fortes.

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO







VEJA AINDA!

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO







- RETORNO CERTO! Manoel retorna ao time!


VEJA AINDA!

NA SIMULAÇÃO... CONSEGUIMOS


E aí?

PRIMEIRA LIGA É ALTERNATIVA PARA EQUILÍBRIO DE CAIXA

POR: JOÃO VITOR VIANA

A nova competição, que está desenhada para o ano que vem e que tem o nome de Primeira Liga, é a saída para clubes fora de São Paulo de nivelarem financeiramente com as equipes daquele estado. Mas aí vem a pergunta: mas o Flamengo já não recebe tanto quanto o Corinthians? Certo. Porém, especificamente quanto a este clube, trata-se de uma briga com a FERJ, com quem rompeu, juntamente com o Fluminense. Então, para o Flamengo, não é algo de nivelamento. Mas não deixa de ser uma oportunidade de ganhar um pouco mais de dinheiro.

Segundo informou o superintendente do Cruzeiro, Sérgio Rodrigues, o clube, se não participasse dessa competição, teria muito menos verbas que os times paulistas. "A disparidade é muito grande. E ano que vem será ainda maior. Para que consigamos equilibrar isso, precisamos, além de ter uma folha salarial mais enxuta, o que nos possibilita investimentos maiores, de uma fonte de renda como a Primeira Liga pode nos proporcionar", disse.

O superintendente acredita ainda que as datas da competição não vão ser determinantes para aumentar a carga sobre os atletas: "São só cinco datas reservadas. É um torneio rápido, de tiro curto. Não vamos precisar, por exemplo, por os meninos da base no Campeonato Mineiro enquanto jogamos a Primeira Liga. Podemos jogar com o time principal. Logicamente, um jogo ou outro, o treinador vai mesclar, ver quem está melhor. Mas até para não prejudicar futuros contratos com a televisão no Campeonato Mineiro que tudo já foi pensado e definido. A gente está sempre buscando alternativas".

Sérgio acredita ainda que não deverá haver problemas para que a Primeira Liga aconteça em 2016. "Já foi publicada a tabela, estamos articulando com possíveis patrocinadores. E isso independe da CBF. A gente pode criar ligas paralelas, não precisa de aceite. Logicamente, caso a Primeira Liga desse acesso a alguma competição, aí sim teríamos que acordar com a CBF a possibilidade de isso acontecer. Pode ser que mais adiante isso aconteça. Não é o que foi pensado para essa competição de 2016", contou.

REUNIÃO
A próxima reunião entre os filiados da liga ocorrerá dia 12 de novembro, em Porto Alegre, onde pode ser definida a divisão das cotas de televisão. Na primeira reunião, na Toca da Raposa II, o Flamengo não concordou com a proposta, que seria a divisão igualitária de 44% do valor pago pela emissora detentora dos direitos de transmissão (cerca de 3,66% para cada time) e outros 44% para visibilidade em pay-per-view. 12% ficariam para a premiação da Liga.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO



- DE LÁ PRA CÁ,! Recado ao sócio!




VEJA AINDA!

CRUZEIRO DE 2016 AINDA INDEFINIDO. MAS COM ANDAMENTO NO PLANEJAMENTO. BATE-BOLA COM SÉRGIO RODRIGUES!

POR: JOÃO VITOR VIANA

Todo o planejamento para 2016 vai depender de como o Cruzeiro vai terminar o Brasileiro desse ano. Renovada, a diretoria tem uma visão mais ampla e moderna para o clube. Em entrevista exclusiva, o superintendente de futebol do Cruzeiro, Sérgio Rodrigues, prevê dias bem melhores para o clube a partir do próximo ano. Para ele, a junção de uma diretoria jovem, aliada à experiência de quem lá já está, é uma boa saída para que medidas certeiras sejam tomadas e que o sucesso celeste volte já no próximo ano.

Abaixo listo um pouco da entrevista com Sérgio Rodrigues. Em breve, em vídeo, a entrevista será divulgada em grandes páginas na Internet. Fique de olho!

- Doutor Sérgio, esse ano (2015) você vivenciou dois ambientes bem diferentes. O primeiro, de crise, quase uma guerra entre torcida e clube. Era torcedor ameaçando diretor, presidente, jogador, treinador. E, hoje, vivencia uma realidade oposta: com a torcida sendo uma aliada importante na recuperação do time. Como foi lidar com tudo isso e o que a diretoria tirou de lição para que o cenário ruim não retorne à Toca II?

SR: O primeiro momento foi muito complicado, um cenário bem ruim, com muita cobrança. A gente é sempre contra a troca de comando. Não achamos que mudar treinador é a solução. A gente percebe que quem muda demais acaba caindo. Mas em certos momentos foi a opção que a diretoria tinha. Mudamos primeiro buscando um treinador com história no clube. Depois optamos por uma mudança de filosofia, porque a do Luxemburgo não estava dando certo e precisávamos reagir. E no momento ruim, a torcida abraçou o time, esteve e está junto, sendo um décimo segundo jogador em campo. Essa proximidade chegou até a surpreender o nosso treinador (Mano), que elogiou bastante esse comprometimento. A diretoria também mudou sua postura. Porque o torcedor é importante para nós. A gente precisa ouvir aquele que faz o clube, que é importante para o clube. E hoje vivemos uma nova realidade, de apoio incondicional e de muito respeito.

- O Cruzeiro tem, hoje, 38 atletas em seu elenco. 12 ou, talvez mais, retornam de empréstimos. Há ainda jogadores da base que vão subir e outros atletas que vão chegar. Como está o planejamento do clube para 2016?

SR: Tudo vai depender de como terminarmos o Brasileiro. Logicamente a gente tem um perfil de atleta que queremos, mas precisamos saber, antes, quem vai ficar. São muitos jogadores no nosso grupo. Alguns terão seus vínculos renovados, outros não. Outros serão emprestados, outros dispensados. Poderemos ceder alguns atletas para ganharem experiência e depois aproveitá-los. Tudo será definido enter diretoria e comissão técnica. Vamos fazer contratações pontuais, enxugar a folha salarial do elenco e, com certeza, teremos um ano bom. Não vamos, por exemplo, trazer um jogador que ganhe uma fortuna e inviabilizar o clube depois. A gente vai fazer tudo dentro de um planejamento sério, correto e que perdure. Temos a intenção de criar a identidade do jogador com o clube, como temos hoje o Fábio e o Henrique. Mas a torcida pode ter certeza que todo esse planejamento já começou.

- O clube tem sucesso na base, mas pouco se aproveitou dela esse ano. Qual o planejamento para 2016 em termos de base?

SR: Ao subir um menino da base a gente tem que ver se ele é aquilo que o profissional carece. Pode ser que na base ele renda, pode ser que o mesmo não ocorra quando profissional. A gente faz uma espécie de triagem. Claro que há um ou outro jogador que é visível esse sucesso profissional. Outros precisam ser lapidados, emprestados para ganharem experiência e melhorarem um ou outro fundamento. Hoje posso citar o Alex (meia), Latorre (atacante), Hugo Ragelli (atacante), Santiago (atacante), que são boas promessas que temos na base. Mas tudo será analisado. O Hugo Ragelli, inclusive, já jogou pelos profissionais e já marcou gol. Tudo será analisado para que possamos ter o melhor deles dentro de campo.

O restante da conversa, que durou quase uma hora, você confere em breve nas redes sociais do Cruzeiro e aqui, no BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE


terça-feira, 27 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO








VEJA AINDA!

NADA COMO UMA BOA SEQUÊNCIA PARA ESQUECEREM ALGUNS

POR: RAPOSO SENSATO

Na crise, quem está de fora vira a solução.

Na crise, tudo está errado e quem saiu faz uma tremenda falta.

Na crise o técnico tem culpa por 1000% dos resultados.

Que bom que a crise passou.

Que bom que Mano chegou.

A palavra "rebaixamento", que nunca teve em nossa história, continua sem existir.

Alexandre Mattos e Marcelo Oliveira foram esquecidos pela torcida.

Que bom!

Mostra que o foco está no time, no presente.

Chega de ficar lamentando o passado!

Vários saíram, outros chegaram.

E Mano tem sabido conduzir o que tem em mãos.

Àqueles que continuam sendo "viúvas" de Marcelo Oliveira, ele já está balançando no Palmeiras!

E, por aqui, Mano está com status cada vez melhor.

Porque o cara chegou e resolveu todos os focos de incêndio.

Se hoje, mesmo que de forma remota, ainda podemos pensar em G-4...

..muito se deve ao trabalho.

Nada de projeto.

Nada de coração alvinegro.

Aqui, agora, é trabalho sério.

E tudo azul!

domingo, 25 de outubro de 2015

OLHA O TREM AZUL AÍ, GENTE!

Cruzeiro vence, se isola do Z-4 e se aproxima dos quatro primeiros. Libertadores? Mineiramente a gente se aproxima...

POR: JOÃO VITOR VIANA

Mais uma vitória, mais três pontos na nossa conta e tchau rebaixamento. Pode atleticano fazer mandinga, rezar para deuses de todas as religiões... A certeza é uma: manchar nossa história não! Isso já tem dono em Minas Gerais. Nem o América quer saber mais de Série B. Logo, um time do tamanho do nosso, gigante, muito menos.

Fomos ao Serra Dourada, passamos maus bocados, mas vencemos. Perdemos chances de conseguir um placar maior, mas também fomos salvos várias vezes por Fábio, o melhor em campo disparado.

Bem em campo, mas errando em vários momentos em seu posicionamento, o Cruzeiro deu espaços, mas também criou boas opções. O Goiás chegou primeiro, exigiu boas intervenções de Fábio. No entanto, aos poucos, fomos aparecendo. Willian perdeu lance incrível. Arrascaeta idem. Do lado de lá, as cobranças de falta de os lançamentos nas costas de Bruno Rodrigo e Fabrício deram um frio na barriga.

No entanto, o grito de gol acabou saindo, com Arrascaeta, de cabeça. 

Vitória de um time que aprendeu a se portar em campo, que é bem conduzido e que se aproxima, ainda que aos poucos da parte de cima da tabela. Os resultados da rodada poderiam ter sido melhores, mas não foram de todo mal. Olhando bem acima, diminuímos a diferença para o quarto colocado. Contudo, ainda há muitos times entre Cruzeiro e Santos. Mas a chama está acesa. O rebaixamento já é carta fora do baralho e o planejamento pode começar a ser feito.

Obrigado, Mano, por conduzir o Cruzeiro a um patamar aceitável.

E vamos ver onde o comandante do Trem Azul consegue levar nossa locomotiva.

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO



- TÁ NA HORA, TÁ NA HORA! Arrascaeta quer aproveitar momento!




VEJA AINDA!


sexta-feira, 23 de outubro de 2015

ASSIM PENSA A TORCIDA DO CRUZEIRO!


ATÉ ONDE VAI A INSENSATEZ DO SER HUMANO?

POR: JOÃO VITOR VIANA

Basta uma foto para muita gente mudar de opinião. Foi somente aparecer a foto do menino Matheus, que a gente está brigando, aqui e na nossa página, diariamente, dando publicidade à causa para que todos, sim, todos, ajudem, que alguns idiotas começam a falar besteiras nas redes sociais.

Há alguns dias, um cidadão (seria cidadão?), disse o seguinte "quero que ele se foda". Somente pelo fato do menino ser cruzeirense, amar o Cruzeiro, igual o seu pai também ama. Estupidez em grau máximo, pois trata-se de alguém com sérios problemas, que precisa de um tratamento caríssimo, uma cirurgia arriscada e também cara e que somente com mobilização social isso pode ser possível. Se dependermos do Governo, pode ser tarde demais. É a tal causa que todos devem abraçar, ajudar e torcer para que dê certo.

Tão estúpido quanto esse torcedor do nosso rival é quem, quando viu a foto do menino com a camisa do Atlético, jogou a campanha no lixo. Um verdadeiro absurdo! Sabe-se que a mãe do menino torce para o nosso rival e que, para vê-la feliz, ele põe a camisa do time rival ao que ele mesmo torce. É um gesto de carinho! Além disso, recentemente os próprios jogadores do Atlético, em ação nobre, também abraçaram a causa e prometeram ajudar o garoto a fazer a cirurgia que tanto necessita.

A pergunta que me vem à cabeça e que é título desse texto é a seguinte: ate onde vai a insensatez do ser humano? Será que teremos que ver idiotas completos desejarem o mal do outro somente porque torcem por outra time? Será que teremos que ver gente torcer pelo rival morrer? Onde estão os valores sociais? Onde está a razoabilidade do ser humano?

Você, do bem, ajude o Matheus! Independentemente da camisa que ele apareça vestindo, o importante é que todas as torcidas vistam a camisa dele!

Estamos juntos com você, Matheus!

Força!

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO



- AINDA CRENDO NA RECUPERAÇÃO! Damião tenta retorno com ajuda do treinador!





VEJA AINDA!

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

JÁ É HORA DE REPENSAR, MAS SEM JOGAR NINGUÉM ÀS COBRAS!


POR: RAPOSO SENSATO

Muitos comentários negativos sobre o que o Cruzeiro tem que fazer para 2016.

Deve enxugar a folha salarial?

Com certeza!

Deve liberar esse ou aquele?

Lógico!

Mas vamos, inicialmente, respeitar quem veste a camisa do Cruzeiro.

Não há nenhum moleque no Cruzeiro.

Há, sim, quem não deu certo.

Há, ainda, quem não acrescente, não agregue.

Não vou aqui fazer a posição de advogado.

Mas por todo lado que leio, é "Damião tem que sair", "Damião é ruim demais".

Não vou defender.

Só vou pedir respeito.

Não gosto do futebol do Marquinhos.

Não gosto do futebol do Marinho.

Acho que Mayke caiu demais.

Acho que devemos aproveitar mais a base.

E acho que temos que trazer jogadores consagrados.

Só que não vou por uma arma na cabeça do presidente.

Não vou execrar esse ou aquele jogador.

Damião pode não viver bom momento.

Mas ajudou hora ou outra... e a gente não deve ficar julgando.

Deu certo?

No meu modo de ver não.

Mas chegar e dizer que o cara ganha tanto e que ficou rico com o futebol enganando...

... olha, isso aí é ridiculo.

Principalmente analisando que, quem falou isso, tem mais rabo preso que tudo...

O mundo precisa de respeito.

E a imprensa, a torcida e os próprios jogadores deveriam cultivar isso.


SE O CRUZEIRO CHEGAR AO G-4, VAI TER "JORNALISTA" FALANDO QUE O BRASILEIRÃO É BABA

POR: MARCÃO ANTI-FRANGA

Quem aí concorda comigo que se o Cruzeiro chegar ao G-4 vai ter jornalista falando que o Campeonato Brasileiro é uma baba e que um time quase rebaixado conseguiu esse feito? Quem aí duvida que vaio ter jornalistinha financiado por treinador que vai dizer que se o Cruzeiro tivesse se planejado melhor, seria tricampeão? 

Sinceramente tenho os pés no chão e não acredito que cheguemos entre os quatro. Talvez, consigamos uma vaguinha se o G-4 virar G-5... mas mesmo assim ainda seria preciso um aproveitamento homérico para atingir isso. Chances pequenas, mas que passaram a ser possíveis depois de uma combinação de resultados.

Acima de nós há times que vivem um inferno astral. São Paulo, por exemplo, não tem sequer presidente; Flamengo e Palmeiras têm oscilado bastante; Sport e Ponte Preta são inferiores a nós; e o Santos.. bem, o Santos é o time que está em maior ascensão no campeonato. Se privilegiar a Copa do Brasil, no entanto, pode deixar escapar pontos preciosos. E é aí que podemos apostar.

Para mim, o Santos é favorito à Copa do Brasil, pelo momento que vive. E se vencer e ficar entre os quatro, abre uma vaga a mais, que seria para o quinto do Brasileiro. Com 60 ou até 59 pontos, acredito que a quinta posição é garantida. Resta saber se conseguiremos a pontuação e, principalmente, se será suficiente para voltar a disputar a Libertadores. Com 62 certamente seria! Mas vencer oito partidas seguidas e, ainda, ter uma sequência de 15 jogos sem perder é algo que nem o time de 2003 conseguiu.

E se chegarmos, vou ver todos os canais de TV. Para jornalistinha que vier falar merda, a gente retrucar com 10 vezes mais.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO







VEJA AINDA!

COMO A IMPRENSA MINEIRA É PASSIONAL!

POR: JOÃO VITOR VIANA

É de conhecimento notório que vários dos órgãos de Minas Gerais são ou de propriedade ou de gerência de torcedores do time alvinegro de Vespasiano. É notório ainda que quando o Cruzeiro está por baixo eles fazem de tudo para que a situação, ao menos, permaneça. Como diria o senhor Kalil, eles querem nos destruir. E é assim mesmo.

Contudo, quem tem história, quem tem torcida, glórias e títulos, destruir é muito difícil. É quase impossível. Tanto que no "mano a mano" levaram a pior. Tomaram um "sapeca iará" no primeiro turno e, por muito pouco, não perderam no returno. Freguesia é freguesia!

E a paixão pelo time descoberto em 2012 por Ronaldinho Gaúcho é tanta que eles continuam acreditando em título. São oito pontos que separam o segundo do primeiro colocado. Pontuação que, aliás, separa o Cruzeiro do G-4. E que estranho que não mencionam isso em momento algum! Se o time deles podem querer ser campeão, por que a gente não pode sonhar com o G-4?

Não, pessoal! Não estou falando que vamos chegar à Libertadores. Acho, inclusive, que é muita pretensão. Mano chegou, ajeitou o time e pôs muito jogador "no eixo". Trabalho de muita competência por sinal. Nos tirou da degola, alinhou torcida e equipe e já faz projetos audaciosos para o ano que vem.

Temos que ir galgando aos poucos para, em breve, voltar ao nosso lugar de direito, que é o posto mais alto dos campeonatos. Temos história, temos torcida. Somos o time do povo! Minas Gerais é azul em sua maioria! Os mineiros são felizes em 70% do estado, que segundo pesquisa, tem Flamengo como a segunda maior torcida.

A crítica de hoje vai somente à imprensa mineira, alvinegra e passional. Se o time deles pode sonhar, a gente também pode. Coloque-nos onde devemos estar, seus passionais! Seus imorais! Por isso a imprensa mineira é tão fraca no esporte e, a cada dia, mais jornais fecham, mais rivalidade é criada e menos profissionais estão nesse mercado. Jornalistas escrevem como torcedores, não como profissionais. Jornais é mero mural de opinião de gente tosca. 

Ser justo não é imoral. Imoral é ser o que essa imprensa é.  


terça-feira, 20 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO



- PASSE É COM ELE MESMO! Cabral tem aproveito de mais de 90%!

- MEDO DA ARBITRAGEM! Juízes do Rio na mira!


VEJA AINDA!

SEM PENSAR ALTO PESSOAL! TEM GENTE FALANDO EM G-4! CALMA, CALMA!


POR: RAPOSO SENSATO

Sou sensato.

Não projeto nada além de um oitavo lugar. 

Acima disso é lucro.

Matematicamente falando, não estamos longe do G-4.

São só oito pontos para o Santos.

E faltam oito rodadas.

O aproveitamento de Mano é de G-4.

Mas não é hora de sonhar.

O campeonato está bem equilibrado.

Mas sonhar com Libertadores, hoje, é um absurdo.

Ainda temos que pensar em fazer logo os 45 pontos.

Faltando três rodadas, se for o caso, a gente sonha.

Lá poderá ser palpável.

Hoje não é.

Pés no chão, sempre.

Até porque... quem vive de sonho é atleticano...

JORNALISTAS JOGARAM A TOALHA PARA O TIME DO "EU ACREDITO". EU NUNCA ACREDITEI

POR: MARCÃO ANTI-FRANGA

"Eu, não acreditooooo". É tipo isso. Time franga é franga. Ponto! Aqui a gente analisa com razão, emoção e ziquizira! Time sem história fica só no quase. E aquela velha máxima: "A foto do Michael Jackson vai continuar sendo mostrada no Face!".

Lendo a pífia coluna de um jornalista que trabalha aqui em Minas Gerais, ele disse que jogou a toalha. Mas como comentarista do acontecido, falou que desde o empate com o Joinville já tinha desistido. Ah, vai dormir! Adora se dizer o fodão. Não passa de um jornalistinha! Aliás, não sei porque certos veículos de comunicação dão tanto destaque a quem não acerscenta.

Aliás, adora falar mal dos outros. Mas pudera! Quem paga, é endeuzado. Mas quando quem faz isso está há milhares de quilômetros de distância, a metralhadora giratória come solta. Damião que o diga. Demonizado até falar chega. Ou quando pagar alguns dólares. Marcelo Oliveira, de quem não gosto como profissional, foi outra vítima. Mas no meu caso é uma razão pessoal, pois não gosto do tipo de trabalho que faz e com cisma com alguns jogadores. Já este "profissional" apenas o critica porque sempre quis por seu pagador no Cruzeiro. Digamos que até por certo período isso aconteceu. Mas durou pouco. Até mesmo porque o Cruzeiro precisava de alguém de conhecimento, que estuda. E hoje tem esse profissional, digno, trabalhador e identificado com o clube. Ótimo ter um vínculo até 2017. 

Outro jornalista, este que respeito, deu um tiro no pé. Há alguns meses, disse que o maior rival do nosso rival era o Palmeiras. Disse: "O Corinthians não chega". Júnior Brasil, com todo o respeito. Não só chegou, como vai levantar a taça. Também já jogou a toalha. O nosso rival ainda fala que acredita. Mas milagre já aconteceu demais. E acabou a cota!

Comentando ontem com minha mãe, cruzeirense fanática, dissemos um ao outro quase ao mesmo tempo: "Que o capeta vença, menos nosso rival". O capeta, no caso, o Corinthians.

Se os jornalistas jogaram a toalha para o time do "Eu acredito", eu nunca acreditei. Time sem tradição, sem história e pífio, de torcida pífia, para mim, já está no lucro nos últimos dois, três anos. Ganhou muita coisa que em 100 anos não havia conseguido. 

Mas alegria de pobre dura pouco. Então, chegou a hora da gente voltar aos "conformes".

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO


- EVOLUÇÃO! Mano vê o time numa crescente!

- COMPETÊNCIA! Willian destaca DM e Ceará vê time "maduro"

- O REI DO HORÁRIO! Willian avalia desempenho nas matinês!

- O CARA! Willian comanda o Cruzeiro em vitória no Mineirão!

- TORCIDA FANTÁSTICA! Golaço do torcedor!

VEJA AINDA!

>> Reapresentação é hoje!
>> Hugo Ragelli arrebenta no sub-20!
>> Judivan passa por artroscopia!

ESSA TORCIDA É SENSACIONAL!

POR: JOÃO VITOR VIANA

A imprensa e os torcedores em geral sempre comentaram sobre a postura da torcida do Cruzeiro. Uns, mais estasiados, diziam que éramos frios, que não íamos aos jogos, que só torcíamos quando o time estava bem. E o atual momento do time mostra justamente o contrário de todas as críticas desse pessoal insano, de coração alvinegro e cego por natureza.

A torcida do Cruzeiro é simplesmente fantástica! É torcida que nas redes sociais se mobiliza, que vai aos jogos, que abraça o time. A gente não faz essa algazarra que vemos no outro lado da Lagoa, talvez por não sermos um time que fica muito tempo sem ganhar algo importante. Não ficamos na fila por mais de 40 anos.

O que se viu no Mineirão ontem foi, mais uma vez, um sinal que essa torcida é simplesmente sensacional. A homenagem ao menino Matheus foi fora de série, numa mostra que tudo isso não é apenas futebol. É o futebol que vai muito além das quatro linhas. E a postura do torcedor, ontem, foi louvável.

O momento do Cruzeiro está muito ligado ao momento também da torcida. Ambos entenderam que um não é nada sem o outro. E juntos, somos mais fortes. E assim que tem que ser sempre. Juntos saímos da situação incômoda. Juntos estamos subindo na tabela. E juntos somos campeões sempre.

VITÓRIA QUE DÁ TRANQUILIDADE

POR: MARCÃO ANTI-FRANGA

O Cruzeiro venceu e agora respira. A rodada foi boa. Vencemos, subimos duas posições, o pessoal ali de baixo deu uma derrapada e eles que se engulam. Do grupo da degola a gente se descolou. Um alívio diante de um ano cheio de decisões mal sucedidas, mas que termina, daqui oito rodadas, com o time bem treinado e orientado, além de vários atletas recuperados.

A vitória sobre o Fluminense foi o cenário ideal de um time que não tem mais medo de jogar contra quem seja. Pode vir tanto o líder quanto o lanterna. Aqui a gente tem que se impor e no campo do adversário saber jogar com inteligência. Lamento muito o Mano não ter chegado antes. Mas também não saberíamos se o resultado seria assim tão bom. É aquela história do "se". Bom, nos atendo à realidade, mais um jogo bom, em que o Cruzeiro mandou, podia ter vencido por três, quatro ou cinco que não seria nenhum exagero.

Diego Cavalieri foi o destaque o time adversário com duas boas defesas. Pelo lado do Cruzeiro, Willian, o artilheiro da matinê, deixou sua marca duas vezes.

Num jogo bom na manhã de domingo, o Cruzeiro sempre teve o domínio do jogo e, apesar de ter ligeira inferioridade na posse de bola (51% a 49%), foi objetivo, soube atacar, chutou, criou, o que faltava desde a chegada de Mano Menezes. Esse ano, com Marcelo Oliveira o time era burocrático e previsível; com Luxemburgo, um time medroso e sem iniciativa. Com Mano o Cruzeiro se engrandeceu. Longe de ser o time dos dois últimos anos, o Cruzeiro voltou a ser respeitado. Aqui não tem essa de cair, franga feia! Aqui é Cruzeiro! Aqui é tradição!

Temos todas as condições de seguir nessa crescente. Vamos pegar o desesperado Goiás, no Serra Dourada, no próximo fim de semana. Calor terrível, terrível. Mas com um futebol vibrante, poderemos sair com mais três pontos e subir ainda mais na tabela.

RIVALZINHO
Que isso, rival! Caiu de quatro para o time do bebezão? Que isso! Ficou feia na história! Sabendo que tinha que vencer, pois o Corinthians já havia vencido o Atlético-PR por 4 a 1, na Arena da Baixada, a franguinha rosa tomou uma bambuzada e caiu de quatro para o Sport, em Recife. Também pudera: cheio de jogador que já passou pelo Cruzeiro, como Elber, Diego Souza, Wendel e Marlone, o estranho foi não tomar de seis. Agora, galinha velha, é segurar a segunda posição. Do jeito que vai, é capaz de nem isso conseguir. Time sem tradição é assim! Mais um ano esperando e aquela foto o Michael Jackson continuará valendo nas redes sociais. 

domingo, 18 de outubro de 2015

FRANGUINHAS NÃO GOSTAM...

CRUZEIRO: HEXACAMPEÃO MINEIRO!

QUE O CRUZEIRO VENÇA NO "DIA DE MATHEUS"


POR: RAPOSO SENSATO

Hoje é dia de matinê.

Dia de Cruzeiro x Fluminense.

Uma vitória tira muito a corda do nosso pescoço.

Nos aproximando dos 45 pontos e do planejamento de 2016.

Dia que o Cruzeiro terá a chance de igualar ao Fluminense em número de pontos.

E no Dia de Matheus.

Sim, o menino, que possui uma doença rara, vai entrar com o goleiro Fábio na partida de hoje.

A torcida já promete gritar o nome do garoto.

Eu estarei lá.

Eu também gritarei.

Como também apoiarei o time até o fim.

Afinal, o time do povo está abraçado com a torcida.

E a gente tem o dom de, juntos, vencermos o jogo.

Vitória ao Matheus.

Vitória ao Cruzeiro.

sábado, 17 de outubro de 2015

BORA ARRANCAR?


POR: RAPOSO SENSATO

O Cruzeiro precisa fazer 45 pontos nesse Brasileiro.

Segundo pesquisas, as chances de queda são ínfimas.

Contudo, existem.

E até por isso, é hora de fazer logo essa pontuação.

Primeiro passo: vencer o Fluminense.

O time do Rio, aliás, tem 41 pontos. 

Vencendo, a gente iguala.

E fica a somente quatro da "salvação".

E até por isso, domingo é de lei: bora arrancar.

E vamos fazer isso juntos!

Vamos gritar o nome do menino Matheus!

Vamos gritar o nome dos jogadores!

Vamos empurrar esse time para mais três pontos!

É hora de arrancar!

É a hora do time do povo passar dos 40 pontos.

É hora do Cruzeiro respirar.

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO


- ESPECULAÇÃO OU VERDADE? Cruzeiro sonda jogador do Sport!



- COPA SUL-MINAS-RIO! Formato de Copa!


VEJA AINDA!

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO








VEJA AINDA!


HORA E VEZ DE ARRASCAETA


POR: RAPOSO SENSATO

Faltam somente oito jogos em 2015.

Para muitos, um vestibular.

Para vários, no entanto, a reprovação é questão de tempo.

Para 2016, muita coisa vai mudar.

E, agora, quem se destaca, merece mostrar mais.

É preciso que mostrem se são isso mesmo ou se foi só fogo de palha.

Um deles é Arrascaeta, que em 2015 inteiro poucas vezes se encontrou.

Contudo, em boa parte, jogou fora de sua posição.

E, depois, não teve sequência, nem chances como muitos, inferiores, tiveram.

Até o fim do ano é a hora e vez de De Arrascaeta.

Pelo lado do campo, ele e Willian podem render muito, tendo Damião centralizado ou não.

Mano já testou esquema sem uma referência.

Contra o Fluminense, vamos ver o que o treinador tem em mente.

Para vencer, o Cruzeiro vai ter que jogar mais do que vem jogando.

Embora com o mesmo espírito guerreiro implantado por Mano.

Digo uma coisa: é Arrascaeta e mais dez.

Ao menos por causa do último jogo.

E Marinho... Marquinhos... sejam felizes longe daqui em 2016.

SÓ EMPATAR NÃO BASTA

POR: MARCÃO ANTI-FRANGA

Só empatar não basta! Temos que ter os três pontos. Somar isso o quanto antes para já projetar 2016. Afinal, temos que montar um planejamento, um time e voltar a levantar taças no ano que vem.

2015 é para tirar lições. Nem digo para esquecer. Afinal, também temos que tirar pontos positivos nas derrotas e péssimas campanhas. Foi assim em 2011, naquele time horrível que foi montado no fim da Era Perrella, e foi assim em 2015, quando não conseguimos reequilibrar as saídas dos atletas importantes do bicampeonato.

E a vitória, os três pontos, que venham diante do Fluminense, time que em nada é melhor que o nosso.

Tem Fred e outros por lá. Mas nada que não possamos vencer. Nosso time não é assim tão inferior àqueles que estão no meio da tabela. E já deu um calor nos que estão ali em cima. Haja vista nosso rival, que por pouco não levou duas bordoadas da gente no Brasileiro. Não fosse o pênalti perdido por Willian teríamos dois pontos mais.

E se empatar não basta, a torcida tem que ser o termômetro do time no próximo domingo, às 11h, no Mineirão.

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO









VEJA AINDA!

FALTOU CAPRICHO E MARINHO.. ESSE PODE VOLTAR PARA O CEARÁ

POR: MARCÃO ANTI-GALO

O Cruzeiro empatou, ontem, com o Atlético-PR, chegou aos 38 pontos, aproximou-se dos 45, mas poderia ter vencido. Novamente teve mais volume de jogo e parou na boa atuação do goleiro adversário. Criou mais, tentou mais, mas faltou capricho. As alterações de Mano fizeram efeito, o time cresceu, bobeou no lance dos dois gols, mas mostrou-se forte para correr atrás e conseguir, ao menos, um ponto.

Se esse últimos jogos servem para avaliar quem fica e quem sai para a próxima rodada, já que Mano pretende, em 2016, trabalhar com 30 atletas e Bruno Vicintin avisou que outros três ou quatro vão chegar, cerca de 12 atletas do atual elenco, no mínimo, tomarão novos rumos. Isso se o clube não aproveitar algum atleta emprestado, como Souza e Elber. Nesse caso sairiam mais atletas.

Pelo que mostrou até agora, Marinho é um desses que pode caçar rumo. Ou volta para o Ceará, ou vai para outro lugar. Jogador previsível, não acrescenta em nada. Perdeu uma chance incrível ontem que poderia ter mudado o resultado da partida. O Cruzeiro precisa de jogador decisivo, não de amostra de velocista. Jogador fraco, em nada serve para o Cruzeiro. Estendo meu comentário a Marquinhos, que sequer entrou ontem; Joel; e Mayke. Sim, Mayke. Um jogador que não consegue tirar a titularidade de Fabiano não serve também para estar no Cruzeiro. Sou defensor da base, mas Mayke caiu demais.

Mano viu que pode contar, ao menos, com De Arrascaeta, que entrou muito bem no jogo, deixou o seu e movimentou o time. Deve ser titular contra o Fluminense no final de semana, mesmo com a volta de Willian. Ele, Damião e Willian devem formar o trio ofensivo, com Henrique, Cabral e Willians reforçando o meio.

Nada de Marinho, Marquinhos ou algum jogador similar. Temos que prever um time já para 2016 e testar quem ainda pode por uma dúvida em nossas cabeças. Esses dois, definitivamente, não têm capacidade para vestir o manto azul.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

VALE AO MENOS UMA POSIÇÃO


POR: RAPOSO SENSATO

Se o plano é se afastar rapidamente dos últimos colocados

Nada melhor como vencer quem está perto.

Uma vitória diante do Atlético-PR, amanhã, nos dá um alívio gigante.

Isso porque, no mínimo, subimos uma posição.

Dependendo dos outros resultados, podemos subir até três postos.

E chegando aos 40 pontos, ficam restando poucos para os tão sonhados 45.

Afinal, devido ao nosso ano conturbado, não cair virou o objetivo.

A vitória vale, ao menos, uma posição.

Que a gente vença, respire e possa pensar em 2016 o quanto antes.


NOTÍCIAS DO CRUZEIRO




- HOJE É DIFERENTE! Grolli: "Me sinto mais útil"


VEJA AINDA!

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

ÚLTIMOS JOGOS VIRAM LOTERIA PARA ALGUNS


POR: RAPOSO SENSATO

Mano deu o recado: trabalhará com 30 jogadores no ano que vem.

Tem suas razões.

Elenco muito inchado requer um desgaste daquele que comanda.

Além de também desgastar quem sequer faz parte do banco de reservas.

Por isso, as últimas nove rodadas serrão como loteria para alguns atletas.

Gabriel Xavier, um dos que pouco foi acionado por Mano, espera ter mais chances.

Afinal, se não tiver, dificilmente ficará no ano que vem.

Atletas machucados também passam por essa agonia.

Sequer podem mostrar em campo que poderão ser úteis.

Exceção é Dedé, titular absoluto dessa zaga.

Marquinhos, Marinho, Mayke, Fabiano, Pará e Joel são outros nomes que podem sair em 2016.

Uns porque caíram muito de produção.

Outros porque não vingaram.

O vice-presidente de futebol do Cruzeiro, Bruno Vicintin também deu o recado:

"Vamos trazer três ou quatro atletas de qualidade".

Disse mais:

"Temos um grupo jovem".

Deixou no ar que virão jogadores rodados, para qualificar o elenco.

Assim, o grupo que hoje tem 38 jogadores, terá 42 ano que vem.

Bom, sinal que 12 atletas que hoje fazem parte do elenco sairão.

Façam suas apostas!

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO







VEJA AINDA!

domingo, 11 de outubro de 2015

DESCANSO X AGONIA

POR: PROFESSOR CELESTINO

Sempre que o fim de semana acaba, a gente espera o próximo chegar. Isso por causa do futebol. Ainda mais em reta final, quando tudo é decidido. Para nós, que estamos ali, no limbo, é angústia atrás de angústia e o "haaaaaja coraçããããão" nunca esteve tão presente.

Domingão sem futebol é muito monótono. Essa parada foi boa para os atletas, que podem descansar, repor as energias e treinar, ajustando aquilo que estava errado. Para nós, que estamos mostrando evolução desde a chegada do Mano, um tempo a mais para acertar tudo e rumar para os 45 pontos.

Mas é o descanso x agonia. O torcedor gosta de ter o futebol por perto. Fim de semana é lei a cerveja, o jogo, o lazer. Esse, diferentemente dos 10 meses - considerando que janeiro e dezembro não temos atividades direito -, é um fim de semana atípico.

Mas quarta tem mais, já diria Ricardo Goulart.

E que voltemos ao caminho das vitórias.

NOTÍCIAS DO CRUZEIRO


- DAMIÃO E MARINHO COM UMA SEMELHANÇA? Olha só!

- NÃO SEI SE VOU OU SE VENHO... Neílton não sabe onde jogar em 2016!





VEJA AINDA!