quarta-feira, 26 de abril de 2017

SEQUÊNCIA FORTE


O QUE ACONTECE COM A TORCIDA?

POR: MARCÃO ANTI-FRANGA

O que acontece com a torcida? O melhor é sempre o jardim do vizinho? Quanta chatura nas redes sociais! É gente falando que o Cruzeiro tem que contratar fulano, que o técnico é fraco e tem que trazer outro, que cicrano é ruim, que o melhor é o jogador que chegou recentemente e sequer jogou. Caramba! Por que esse mimimi chato? Cadê aquela torcida vibrante do Cruzeiro?

Ao que parece, tem gente que gosta de viver em crise, que não vê graça em nada e que não deve ter muito o que fazer da vida. Ler um livro, namorar, passear, dormir... isso faz bem, ok, pessoal?

Não acho que está tudo às mil maravilhas. Mas também não está toda essa meleca que muitos pregam. Tem jogador que não está rendendo? Tem. Podíamos estar jogando melhor? Podíamos. Mas temos um elenco bom? Um dos melhores do país! Temos um técnico bom? Talvez, o melhor do país na atualidade. Nada de ficar falando de Cuca, de Marcelo Oliveira ou Levir Culpi. Estamos muito bem servidos, tanto de atletas, quanto em comando técnico. Como disse uma vez o atacante Rafael Sóbis, "não sei se é o melhor, mas é o melhor para o Cruzeiro no momento".

Aliás, o próprio Rafael Sóbis vem sendo sobrado nas redes sociais. Sério mesmo que o querem fora do time? Sabem a importância que ele tem para o time? Com certeza não. É um líder, dentro e fora de campo. É o cara que joga para o time, que dá raça. Pode, às vezes, não fazer gol, mas é o cara que abre espaço, que dá o passe, que pressiona o adversário. Futebol não é apenas gol. É necessário ver todo o contexto.

Por isso, a torcida tem que parar de ficar nesse mimimi chato, de achar que Lennon é o melhor lateral do mundo. Pode até ser bom, mas vamos esperar jogar para ver. Temos o Dedé voltando, temos o Lucas Silva querendo uma vaga no time, temos no banco o que muito time não tem no time titular. Não é hora para choradeira, encheção de saco ou corneta de plantão. É hora da torcida estar junto. Temos uma final nos próximos dois fins de semana. E se a torcida ficar nesse trelelê enjoado, em nada vai ajudar a equipe.

terça-feira, 25 de abril de 2017

PANEJAMENTO: RECUPERAÇÃO


POR: JOÃO VITOR VIANA

O Cruzeiro terá a tão esperada "semana cheia" para se preparar para o primeiro jogo da final do Campeonato Mineiro. Mais do que isso, buscará a recuperação de atletas, que estão no Departamento Médico do clube, uns há mais, outros em menos tempo.

São os casos de Robinho e Thiago Neves, dois jogadores "pensadores", que fazem muita falta no esquema de Mano Menezes. O primeiro, aliás, parece até mais "insubstituível", uma vez que, até o momento, rendeu mais e, pelo visto, mostrou não ter, no grupo celeste, um substituto à altura. Já Thiago, que foi bem em alguns jogos, tem mostrado um desempenho bem alternado. Contudo, inegável sua qualidade técnica, principalmente na bola parada. Desde domingo, são seis dias para que Mano Menezes tenha de volta dois de seus principais jogadores. Se não para iniciar o jogo, para participar no decorrer da partida.

Lá vem a Polícia!
Estava demorando! A corporação afirmou que a final, semana que vem, no Independência, deve ser com torcida única. Talvez pelo fato de não querer trabalhar ou querer ganhar dinheiro fácil. Ao se pronunciar desta maneira, a própria Polícia colabora para o comportamento agressivo de "torcedores", que vão ao estádio para extravasar suas mazelas na vida. É dever da Polícia, que é bem paga para esse tipo de evento, garantir a segurança daqueles que querem participar. Hoje haverá reunião para tratar do assunto. Mais um posicionamento lamentável da PM Mineira, que há muito deixou de ser exemplo de competência. Se ela não garante a segurança, contratem seguranças privados. Ponto.

Expirou!
O alvará de funcionamento do estádio Independência expira hoje. É o que mostra o registro imobiliário do estádio. A Prefeitura disse que até que se avalie alguma alteração, o alvará será constantemente prorrogado até que o Conselho de Meio Ambiente (Coman) analise a licença de operação. Esta averiguação está sendo feita desde outubro do ano passado. Vergonha tamanha lerdeza!


segunda-feira, 24 de abril de 2017

ESTAMOS A DOIS PASSOS... DO PARAÍSO


POR: JOÃO VITOR VIANA

O Cruzeiro venceu, ontem, o América, por 2 a 0, no Mineirão, qualificando-se como o segundo time a chegar à final do Campeonato Mineiro de 2017. Mais cedo, nosso rival venceu a URT e confirmou sua presença para os últimos dois jogos.

Serão duas partidas, possivelmente nos dois próximos domingos. Jogos que irão definir o campeão Mineiro deste ano. Jogo que colocará, mais uma vez, os arquirivais frente a frente. Até agora, nas duas vezes que se enfrentaram no ano, deu Cruzeiro.

As duas equipes, assim, estão a dois passos do paraíso, como diz aquela antiga música. Paraíso sim. Muita gente vai falar que o Campeonato Mineiro não vale nada. Mas a gente sabe que, caso não vença, terá torcedor dizendo por aí "nem Mineiro ganha". Ou ainda: "Mineiro é obrigação". Em se tratando de um título disputado pelos dois maiores clubes do estado, disputa de dama na Praça Sete tem valor incomensurável. Que o Cruzeiro mantenha seu tabu dos últimos dois anos e vença o rival, de preferência, nos dois jogos.

Preocupação
Thiago Neves saiu de campo com dores no joelho direito. Em entrevista, disse que ia começar a tratar das dores desde já, para que pudesse estar em campo no fim de semana, diante do rival. No entanto, até lá, o jogador fará uma série de exames e é dúvida, inclusive, para os dois confrontos. Tudo vai depender do que os exames mostrarem. Que não seja nada grave.

domingo, 23 de abril de 2017

MELHORES MOMENTOS: CRUZEIRO 2 X 0 AMÉRICA

video

Créditos: Lance TV

CRUZEIRO VENCE E, DOIS ANOS DEPOIS, VOLTA À FINAL DO MINEIRO


POR: JOÃO VITOR VIANA

O Cruzeiro voltou a campo neste domingo e, diferentemente do fim de semana passado, quando jogou bem abaixo, esteve bem. Venceu o jogo através de jogadas construídas individualmente e teve em Arrascaeta o finalizador da noite, autor dos dois gols celeste. Placar final: 2 a 0 para a Raposa, que nos próximos terá o rival pela frente. Mais cedo, às 16h, bateu a URT, por 3 a 0, no Independência. O jogo marcará a volta do Maior de Minas à final do Campeonato Mineiro, o que não aconteceu nos últimos dois anos.

O jogo
A partida entre Cruzeiro e América alternou o time que propunha o ataque. O América, em alguns momentos, foi melhor, em outros, foi o Cruzeiro. Porém, como no futebol quem vence é aquele que é objetivo e eficiente, brilhou o time que tinha no seu elenco os jogadores decisivos. Foram os casos de Diogo, Hudson, Rafael e Arrascaeta. Enquanto os dois deram assistências para os gols celestes, Arracaeta apareceu como centroavante nas duas oportunidades, mandando para a rede de João Ricardo, ambas sem chances ao guarda-metas. No primeiro lance, bola bem cruzada por Diogo, que encontrou o uruguaio na área, livre, que de primeira, escorou a bola, que veio do lado direito do Coelho. Já o segundo gol também veio pelo lado esquerdo da Raposa, mas com o volante Hudson, que aventurando-se como ponta, fez bela jogada, passou pela zaga e entregou, de bandeja, para Arrasca finalizar, meio que de bico, para o fundo das redes americanas.

Já o goleiro Rafael voltou a brilhar: quando acionado, buscou a bola. No segundo tempo, defendeu bela cabeçada do ataque americano no ângulo direito. Durante a partida ainda fez ótimas intervenções. É, Fábio... do banco você assistiu e até sorriu da bela atuação do atual titular e seu amigo há quase 10 anos. Pelo jeito... vai esperar mais um pouco para ter nova oportunidade. O cara tem sido monstro.


FALA AÍ, MANO!

video