domingo, 9 de outubro de 2016

NÃO IMPORTA SE O JOGO FOI CHATO. VENCEMOS!

POR: MARCÃO ANTI-FRANGA

Fala, galera! Bom, vencemos a Ponte, subimos na tabela e, agora, que os nossos adversários diretos se engulam. A gente não pode e não merece estar nessa situação. Que o Inter, time que venceu com um gol de pênalti safado fique lá embaixo. A gente não vai ficar ali. Faltam três vitórias e vamos conseguir.

Ontem, na Toca 3, não jogamos bem, de fato. O jogo, em boa parte, foi chato. Mas isso importa? Não. Vencemos. Jogando chato, jogando mal, irritando a torcida ou o adversário no famoso "tik-taka", o Cruzeiro venceu, subiu na classificação e mandou cinco para a rabeira. Logicamente o time tem que manter a sequência e mesmo pegando o Palmeiras na próxima rodada, fora de BH, tem que vencer. Não adianta vencer ontem e depois tropeçar. Aí volta toda a pressão de novo! Temos que não só bater o Palmeiras, quinta, como depois a Chapecoense, no domingo. É descolar, é desgarrar desse pelotão da rabeira o quanto antes. Que o São Paulo, Inter, Coxa, Sport, Vitória, Figueira e, para mim, os já rebaixados América e Santa Cruz, se engalfinhem por ali.

Bom, voltemos ao jogo. O Cruzeiro teve mais volume de jogo que a Ponte e mesmo criando poucas jogadas de gol, soube aproveitá-las. Tenho minhas dúvidas se alguns impedimentos anotados contra o Cruzeiro fora, de fato. O gol de Ábila foi, de fato, irregular. Mas outros lances me deixam até agora com a pulga atrás da orelha. No primeiro tempo, vimos um Cruzeiro de toque de bola excessivo, jogando nas costas do lateral Reinaldo. Por ali nasceu o gol, em belo cruzamento de Sóbis, que Ábila finalizou com força. Houve ainda uma chance com Robinho, que parou em Aranha. No segundo tempo, o goleiro da Ponte voltou a fazer boa defesa em cabeçada de Sóbis, quase viu Rafinha marcar um gol do meio da rua e sucumbiu ao belo chute de Robinho, que ampliou o placar para 2 a 0 e sacramentou o resultado. 

Mano optou pelas entradas de Elber, Alisson e Willian. O homem do bigode pouco tocou na bola, Alisson idem. Elber entrou alternando altos e baixos. Não gostei das alterações. Mas como disse, o time venceu e é isso que importa. Não é hora de cobrar show. O ingresso foi pago para ver resultado e se fosse 1 a 0 seria goleada. Como disse João Vitor Xavier, o Cruzeiro precisava de cinco goleadas por 1 a 0. Venceu duas partidas e faltam três. Vamos juntos nessa tarefa de tirar o Cruzeiro dessa região perigosa!

OBSERVAÇÃO: Atrás de mim, ontem, no  Mineirão, estava um senhor de idade, no auge do álcool, que bradava a todo o estádio que ele tinha vencido o jogo. "Eu ganhei o jogo, eu ganhei o meio de campo", repetiu inúmeras vezes. Ao final, disparou "manda para mim que eu faço o terceiro". Meu senhor, até acredito que a telepatia sua tenha ido de encontro à do nosso treinador, mas o senhor, com mais de 70 anos e bêbado, possivelmente não teria força para dar um pique de 10m. Não daria para o senhor fazer o terceiro gol. Faça igual a mim: jogue uma pelada de baixo nível aos domingos, beba durante a pelada e seja feliz!

6 comentários:

Cruzeirense vencedor disse...

Pelo que parece o Arrascaeta quando voltar da seleção uruguaia vai ser banco no Cruzeiro, e eu acho isso uma total falta de critério do Mano, porque além de ser o melhor jogador do time, ele é muito mais capacitado que o rafinha que vem jogando, ele caiu de produção porque mano deslocou ele da sua posição e não joga mais como ele jogava com o paulo bento. Mano não tira Cabral e Bruno Rodrigo que estão péssimos esse ano mas tira Arrascaeta, eu acho isso uma escolha errada do treinador e quem sai perdendo é o time. No mais se ele voltar com cabral e sacar Romero na quinta é pedir pra ser envolvido pelo ataque veloz do palmeiras. Talvez fosse um jogo pra jogar com três volantes. Força Cruzeiro.

Revétria disse...

Parmeirinha,coloque sua barba de molho...Lembram-se da lei do ex? Pois é...!
Deveríamos estar no momento com 38 pts na tabela,perdemos vergonhosamente dois para as frangas naquele empate,pois, na tabela do brasileiro,jogar dois turnos com as frangas,é sinônimo de seis pontos garantidos.

Douglas Garcia disse...

Arrascaeta ficar no banco provisoriamente é bom para o time, assim ele se esforçará mais para ganhar sua vaga de volta, ele é muito qualificado, porém é um jogador "preguiçoso" taticamente, acho que por isso a escolha pelo Rafinha, pois ele é mais versátil, não é melhor que o Arrascaeta, mas deixa o meio campo mais equilibrado, já que ele volta muito pra marcar.

welington vieira goulart Goulart disse...

Esse é o real problema do arrascaeta , é um grande jogador mais é preguiçoso ..

Monteiro disse...

É verdade. O Arrascaeta é muito preguiçoso. Sonolento. O apelido de Arrascassono lhe cai muito bem.

Monteiro disse...

É verdade. O Arrascaeta é muito preguiçoso. Sonolento. O apelido de Arrascassono lhe cai muito bem.