domingo, 21 de setembro de 2014

DESSA VEZ NÃO DEU

POR: JOÃO VITOR VIANA

Eu gostaria de postar, aqui, uma notícia falando da vitória sobre nosso rival. Infelizmente isso não aconteceu. Pelo contrário, acabamos saindo derrotados no jogo. O lado positivo é que o São Paulo também perdeu, o que nos manteve sete pontos à frente do time paulista.

Em campo, o Cruzeiro jogou bem, teve muitas chances de gol, mas faltou capricho. Alisson carimbou a trave logo no início. A pressão veio, muito pela posse de bola do Cruzeiro. Muitas finalizações, que exigiram defesas dificeis de Victor e outras que poderiam ter resultado em gol. Não é dizer demais que o time celeste perdeu quatro chances claras. Moreno, Dagoberto e Goulart principalmente. Nosso rival aproveitou as chances que teve e guardou. Digamos que jogou de maneira inteligente, enquanto o Cruzeiro tentou jogar na base do "abafa", o que não deu resultado. Pelo excesso de erros nas finalizações, na condução da bola em demasia e na falha de marcação, o Cruzeiro perdeu a partida que podia ter ganho. Não digo com "os pés nas costas", mas até com uma razoável tranquilidade, já que tecnicamente tem jogadores superiores.

O rival fez 2 a 0, mas conseguimos diminuir ainda no primeiro tempo, com Ricardo Goulart. Logo no início da segunda etapa empatamos, com Alisson e tivemos chances de virar. Até bola na trave mandamos novamente. Mas quem não faz, leva. No fim, já no apagar das luzes, o Cruzeiro deu espaço e a defesa, mal no jogo, não conseguiu cortar a bola que chegou ao atacante do rival, que decretou a vitória na partida: 3 a 2.

CRÍTICAS AO TREINADOR
Marcelo Oliveira mexeu mal ao por Borges no time. Apesar de Moreno não estar bem, Borges, parado há quatro meses, não voltou bem e nitidamente está fora de ritmo. Marcelo também demorou a tirar Everton Ribeiro para por Willian.

CRÍTICAS À BHTRANS
Essa empresa de araque só pode estar de brincadeira. Faz o trânsito se transformar num caos sempre que possível. Ontem, mais uma vez, deu aula do que não fazer. Turma de gente incompetente que comanda essa entidade, que mais parece um prostíbulo em termos de administração.

3 comentários:

Mateus Nunes disse...

O futebol é um esporte e é importante saber perder e principalmente, saber analisar de fato o porque da derrota. Hoje, diria que o time do outro lado da lagoa foi audacioso na escalação. Porque? Entrou com apenas um volante e vários jogadores rapidos para explorar o ponto fraco do cruzeiro que ficou muito claro em ambos os jogos (Sao Paulo). A defesa exposta pela excessiva ofensividade do time. Existe correção.NÃO. É isso que me da orgulho desse time. Jogar para frente sempre. Eles tiveram pouquissimas chances de fazer e foram mais efetivos (sorte também) que nós. Duas bolas na trave. Imagina se a gente faz o primeiro gol no começo. Dificilmente perderiamos. Porque o problema da defesa acaba por ser amenizado pela possibilidade de recuo do time. Infelizmente não foi dessa vez, mas a postura do time me faz ter certeza que dificilmente esse titulo nos escapa. Infelizmente hoje concordo que o Marcelo errou nas substituições (que ao meu ver é o ponto mais fraco do nosso treinador). Leitura do jogo durante o mesmo e não no intervalo.

Cruzeiro sempre!!!

Eu confio muito nesse time!!

RUTILHO disse...

O maior problema que vejo no time de hoje em relação ao de 2013 é no meio de campo. Com a saída do Nilton desfez-se um meio de campo afinado com o Lucas Silva. Os dois se revezavam no apoio ao ataque e Nilton principalmente fez muitos gols. Agora virou "Niltão", pesado, após cirurgia não consegue desenvolver o futebol de 2013. Em seu lugar entrou Henrique que com Lucas desarma muito bem.Mas ficam só no desarme, não avançam, não existe aquela ligação rápida com os atacantes. Ficam tocando para os lados ou para trás. Priorizam a marcação para anular peças chaves do adversário mas se anulam ofensivamente. Aí só o Everton fica com a missão criativa e de ligação, tomando pancada, sendo caçado. A solução é fixar um dos volantes e dar ao outro a liberdade para subir. E PIOR, SE O EVERTON FOR VENDIDO O TIME DESABA NO ANO QUE VEM.

cleiton Gama disse...

Vai ser dificil achar um novo Everton Ribeiro para ser maestro desse time