segunda-feira, 15 de setembro de 2014

NADA PARA SE PREOCUPAR... AINDA

POR: JOÃO VITOR VIANA

Perder para o São Paulo, seja onde for, não é o fim do mundo. É um bom time, como também é o Cruzeiro. Igual seria também se o Cruzeiro ganhasse do Tricolor Paulista fora de casa o que, infelizmente, não aconteceu. São, hoje, os dois melhores time do Brasil e se igualam.

Foi apenas a terceira derrota do Cruzeiro no campeonato, a mesma quantidade do próprio São Paulo. Mas o Cruzeiro tem 14 vitórias, o que o põe na liderança com quatro pontos de distância. Não me preocupo nesse momento na perda do título. O que me preocupa é a postura do Cruzeiro. Não jogou bem contra o Bahia e teve lapsos de bom futebol contra o São Paulo. Vencer o Atlético-PR, quarta-feira, no Mineirão, será a resposta aos cornetas de plantão, que querem ver um time paulista ou carioca na liderança do Brasileiro. Talvez porque já estamos lá "demais da conta".

Desde o ano passado o Cruzeiro é o líder do campeonato e isso incomoda alguns, que gostam de polemizar e questionar. Perguntaram ao Fábio como é levar o sétimo gol de Rogério Ceni, o que irritou o capitão cruzeirense. Jornalista inescrupuloso que quer somente tumultuar. Não me assustaria se hoje os comentários fossem no sentido de quando o São Paulo será líder. Assim como o Cruzeiro, o time paulista terá um turno para tentar ser líder, terá pela frente os mesmos adversários (logicamente nem sempre com o mesmo mando de campo) e terá chances para conseguir isso. Mas o Cruzeiro, hoje, tem quatro pontos a mais. E acredito que seja uma vantagem ainda considerável.

Em duas rodadas teremos os clássicos e o São Paulo terá o Corinthians pela frente. Jogo duro. Na próxima rodada, o São Paulo visita o Coritiba, que está na zona do rebaixamento e vai querer vencer de toda a forma, enquanto teremos o Atlético-PR no Mineirão. A diferença pode aumentar. Mas isso vai depender muito de como as equipes vão se portar. O Cruzeiro não pode se abalar com a derrota e, diante do Furacão, teremos que mostrar nossa força, transformando-os em brisa. Mas teremos que ter uma postura diferente da mostrada nos últimos dois jogos, que não foi boa. Teremos que voltar a ser Cruzeiro para calar essa mídia podre e corneta que comanda o país.


2 comentários:

cleiton Gama disse...

Se o cruzeiro não se abater e vencer os 2 jogos no mineirão certamente a diferença pode voltar para 7 pts ou ate mais.

RUTILHO disse...

Perdemos nos detalhes. São Paulo com 4 grandes atacantes. Marcelo colocou Lucas S. para marcar Ganso e Nilton marcou o Kaka´. Marcaram bem mas não criaram. Everton sozinho e bem marcado e as vezes caçado não consegue. Dedé descontrolado, amarelado faz um penalte. Depois me vem o Moreno querer dar uma de zagueiro e arruma uma bela chance para tomarmos o segundo gol. Faltou aos homens de frente combater mais sem a bola pois aquela defesa deles não aguenta pressão. Allisson mais solto rende mais do que preso na esquerda. Mas tudo bem, cabeça erguida, vamos vencer esses dois próximos e outros que virão e a ponta estará segura.