quarta-feira, 3 de junho de 2015

CRUZEIRO ANUNCIA LUXEMBURGO. RETROCESSO? TALVEZ NÃO.

POR: RAPOSO SENSATO

O Cruzeiro anunciou, ontem, a saída de Marcelo Oliveira.

Treinador de números excelentes, mas de um presente nebuloso.

Em 2015 não fez o time jogar.

É, sim, culpado, por não ter feito o mínimo com esse grupo, mesmo sendo ele limitado.

Por diversas vezes, aqui no BLOG SITE, foram apontadas falhas táticas e técnicas, nunca solucionadas.

Esquema tático cujos jogadores não se adaptaram.

Jogadas infrutíferas, baseadas em cruzamentos bisonhos de Marquinhos para a área.

O posicionamento equivocado de De Arrascaeta e do próprio Marquinhos.

As chances em demasia para jogadores de baixa qualidade, como Joel e Willian Farías.

A falta de aproveitamento de meninos da base esse ano, como Elber (foi emprestado), Bruno e Eurico.

O discurso sempre decorado de que o time foi desfeito, contusões ocorreram e reforços não chegaram.

Desculpas e mais desculpas.

Isso agora é passado.

E do passado chega o treinador para o presente, pensando no futuro.

Vem aí o projeto!

Acertaram com Luxemburgo, que já estreia hoje.

Acerto? 

Só o tempo dirá. 

Por aqui fez um bom trabalho.

Mas há 12 anos.

De lá para cá, poucos foram os sucessos do treinador.

Mas não podemos julgar antes da coisa acontecer.

Era o tão sonhado técnico que Gilvan sempre quis trazer.

Mesmo antes de Marcelo Oliveira.

Então, vamos acreditar que o projeto vai vingar.

Se vai ser um retrocesso, só saberemos depois.

Talvez não seja.

E vamos apoiar, de imediato, para que o trabalho seja feito.

Esqueçamos tudo.

Concentremos no jogo.

Ou melhor, nos jogos.

De futebol, claro.

3 comentários:

F Miranda disse...

É o mesmo que namorar a Gisele Bundchen e trocar pela Dercy Gonçalves!!!!!!

rwpgarcia disse...

Vamos esquecer o passado e apoiar o presente!

JUNIOR LIMA disse...

Esse elenco do maior de Minas precisa de acordar!! Luxemburgo veio pra organizar e creio que fará papel de diretor de futebol tbm.certo que com aquele time do flamengo, tentou tirar leite em pedra. É um baita profissional e que muitos vão até questionar, mas Marcelo Oliveira não tinha mais o controle da situação, ou seja, encarava de como natural uma derrota ou uma desclassificaçao. Sei que tem muita lourdinha que estao ficando com medo!! Só lamento!!kkk