quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

MUDANÇA DE PLANOS


O planejamento era um. Por um detalhe, foi mudado ligeiramente: o adversário. Devido ao compromisso que a Chapecoense teve ontem - foi atropelado por 3 a 0 para o Avaí - o Cruzeiro repensou seu planejamento. Já que o jogo diante do Volta Redonda será somente quarta, a equipe considerada titular poderá entrar em campo no sábado, em Juiz de Fora, contra o Tupi. Assim, hoje, às 21h45, no Mineirão, haverá um encontro de times reservas, ou, ao menos, um "mistão" por parte do Cruzeiro. Dos considerados titulares atualmente, apenas Rafael e Manoel deverão iniciar o jogo. A novidade maior fica no banco: Lucas Silva. Outro que pode estrear é o lateral Fabrício, que também inicia a partida entre os suplentes.
Pelo planejamento celeste, o jogo - que ocorreria ontem, mas foi adiado, a pedido da Chape - para hoje, justamente pelo calendário apertado, o Cruzeiro entraria em campo com o que tem de melhor, já que os titulares descansaram diante do Tricordiano. No entanto, de terça para quarta-feira, Mano mudou de ideia, preferindo observar o jogo como um jogo-treino. Vai preferir dar mais ritmo de jogo aos reservas, que se mostraram bem inferiores fisicamente que os titulares. É a chance de mostrarem novo desempenho. Em relação aos jogadores que venceram o Tricordiano, duas alterações: saem Leo e Raniel, entram Manoel e Alex. Assim, o time que deve ir a campo é: Rafael, Mayke, Caicedo, Manoel e Bryan; Romero, Hudson, Elber, Alex e Rafinha; Ábila.
O que não mudou foi o preço do ingresso. Em jogo envolvendo duas equipes alternativas, o valor mínimo do ingresso é de R$ 40,00. Quem é sócio poderá ter acesso a apenas um ingresso extra. Estratégia novamente ruim do Marketing do Cruzeiro, que continua a anos-luz de engatinhar em desempenho. Enquanto isso tem time cobrando a metade disso e dando um monte de benefício ao sócio. Abrir a mente e aceitar sugestões seria um bom primeiro passo a esse setor do Cruzeiro, que anda bem atrasado em relação à concorrência. Não é a toa que perdeu mais de 20 mil sócios recentemente. E, se assim continuar, vai perder mais.
Notas da Toca!
Teve homenagem na Toca e vai ter no Mineirão!
Manoel e Arrascaeta foram homenageados pelo clube pelos 100 jogos que realizaram. No Mineirão, hoje, uma faixa com mensagens da torcida à Chape será mostrada, como demonstração de respeito aos jogadores que faleceram no trágico acidente aéreo. Uma pena que os torcedores também não foram homenageados com maior facilidade de acesso ao estádio, principalmente pelo alto valor do ingresso e quase nenhum benefício.
Contratos sendo discutidos
O Cruzeiro já trabalha para renovar alguns contratos que vencem em 2018. O agente de Manoel já esteve na Toca, assim como de Henrique. Enquanto o contrato do capitão vale até janeiro de 2018, do zagueiro vai até junho. Em ambos os casos, o Cruzeiro estuda prorrogar até o final de 2020.
Capitão mitou!
O capitão Henrique foi "febre" na internet ao doar três camisas a garis cruzeirenses. A ação do jogador repercutiu positivamente, revelando não apenas a simplicidade do jogador, mas a bondade e caridade. Parabéns ao capitão.
Manifestação de apoio a Mano
A torcida do Cruzeiro estendeu faixas de apoio a Mano. Em repúdio à imprensa, vários foram os recados a favor daquilo que Mano disse. Nós, do Nação, também assinamos embaixo esse manifesto. A imprensa mineira é ridícula em sua maioria!

4 comentários:

Revétria disse...

Essa imprensa galinácea de M... vive aqui também como pseudo CRUZEIRENSE!Acha que não? Observe os comentários imbecis e depois o que é publicado sobre as P...pateticanas! Fato! Tem torcedor verdadeiro,que vai na onda das p...!

welington vieira goulart Goulart disse...

http://epoca.globo.com/esporte/epoca-esporte-clube/noticia/2017/02/o-futebol-sem-limites-o-cruzeiro-nao-possui-um-orcamento-para-gerir-o-clube.html

welington vieira goulart Goulart disse...

Será que isso procede amigos?

Pedro Lage disse...

Segundo a matéria, as fontes foram duas pessoas ligadas ao clube.

Quanto ao jogo de ontem, achei que o Ábila tem que melhorar muito. A bola vai pra ele, e a jogada acaba. Ele tem que focar mais em participar do jogo sem errar tanto. Golaço, sim, mas ele está devendo com relação aos passes e também aos impedimentos excessivos.

Rafinha, Mayke, Hudson e Bryan, na minha opinião, jogaram bem. Rafael muito seguro, blea defesa no final. Mas era o sub-23 da Chape, né...