sábado, 11 de fevereiro de 2017

NÃO REPERCUTIU NEM NA GALOPRESS

Uma notícia do Revista Época repercutiu de forma negativa nesta sexta-feira. O repórter responsável pelo texto informou que o Cruzeiro não tem um planejamento de gastos, não tendo, assim, noção do orçamento que tem para o ano. Em suas palavras, "o Cruzeiro é o único time entre os 12 maiores clubes da Série A a não montar um planejamento para a atual temporada". Rodrigo Capelo, como jornalista, sinto informar que esse tipo de matéria, a qual "lincarei" aqui, não tem o menor sentido, a não ser uma vontade bizarra de querer tumultuar.
Inicialmente, até peço para que os cruzeirenses nem cliquem no link acima para não dar audiência a um profissional que faz conclusões, sequer, indo ao local dos fatos. Fez mera entrevista por telefone e quis saber, sabe-se lá para qual fim, algo que não interessa à imprensa, mas somente ao fisco, ao conselho deliberativo e ao próprio clube. É a tal informação que nem cabe ao torcedor, que pede um time competitivo, o que, após dois anos, foi dado de presente. A matéria literalmente acusa o Cruzeiro de não ter um planejamento. Mas. cá para nós, quem investiria sem ter dinheiro? Ainda mais agora, que a CBF impôs regras rígidas como há na Europa de prestação de contas? O Cruzeiro não seria louco de não ter um planejamento. O Cruzeiro não só tem, como está fazendo tudo conforme cronograma e oportunidades de mercado. O fato de não mostrar as contas à imprensa e, na verdade, somente a este repórter, de nome Rodrigo Capelo, não quer dizer nada. A imprensa não é fiscal e nunca será. A notícia é tão inverídica que sequer o site do GloboEsporte a repercutiu. 
Isso, no programa Arena SporTV, deu repercussão negativa para o Cruzeiro. Nas redes sociais acabou também repercutindo mal. Mas o torcedor pode ficar certo de uma coisa: não vai ser repórter de imprensa nacional, de uma revista que muito pouco de esporte fala, que vai abalar o clima no Cruzeiro. Parece que já há "profissionais" querendo tumultuar, querendo se por num patamar acima do que realmente tem e fazendo-se de fiscal da moralidade e relator da verdade em rede nacional. Se é para falar de receitas e despesas, que a Globo, a SporTV (que faz parte do grupo), que todas as empresas o façam. Será que as empresas vão liberar aquilo que movimenta seu caixa? Não. Eu, se fosse presidente do Cruzeiro, não falaria. Isso não interessa à imprensa. E outra: o mesmo jornalista informou que tem informações de dentro do Cruzeiro que não há um planejamento. Que tal se essas fontes forem algum candidato da oposição? Não deram a fonte. Jogaram a notícia no ventilador para ver no que dava. Talvez querendo "likes", "compartilhamentos", acessos ou alguns centavos por "cliques". Se a intenção for outra, a de tumultuar, aviso: isso não repercutiu nem na imprensa mineira, cada vez mais louca em derrubar o Cruzeiro. E olha que há gente falando que nosso rival vendeu jogador para pagar dívida, o que realmente deve estar ocorrendo, haja vista inúmeras as quais eles respondem na justiça, como do goleiro Victor, do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e tantos outros processos trabalhistas. Nem nesse cenário essa matéria foi repercutida em Minas Gerais. Então, torcedor, esqueça esse assunto! Mais um querendo aparecer e tirando conclusões em cima de fofocas. Não há nada disso. O Cruzeiro sempre se planeja em cima de suas receitas. Tanto que passamos dois anos literalmente na sarjeta. Mas 2017 em diante será diferente. Hoje temos alguns profissionais que fazem a diferença, principalmente o treinador, que além de grande estrategista, entende de mercado e das necessidades e possibilidades do clube.

4 comentários:

Cruzeirense Apaixonado disse...

Parabéns pela matéria, concordo em gênero, número e grau, peço licença para acrescentar ainda: Desde a fundação do Cruzeiro que esta instituição luta contra tudo e contra todos, nunca fomos aceitos por aquela meia dúzia que infelizmente existe em nosso país, que escravizam, manipulam, que utilizam dos mais sórdidos artifícios para manter uma ditadura camuflada, e no futebol não é diferente, em MG então nem se fala, mesmo assim dominamos por completo este Estado, através da competência, da força de vontade e claro do imensurável amor que sentimos por este clube. Contudo Senhores somos nós mesmos que contribuimos para que essa inescrupulosa imprensa galinácea massacre nosso querido clube, sei que precisamos assistir às partidas e ainda não temos como escapar da maldita Rede Globo, oro para que outra emissora consiga os direitos de transmissão dos campeonatos, para acabar com esse monopólio, mas meus irmãos celestes são eles que precisam de nós e não o contrário, temos que boicotar ao máximo o grupo Globo que inclui o Sportv, assistir as partidas somente quando não for transmitir em outra emissora e podemos boicotar por completo os Diários associados com destaque para a TV alterosa, a rádio Itatiaia? Pra quê dar audiência para esta porcaria lotada de galinhas que historicamente tentam de todas as formas nos destruir, inclusive o dono é um dos principais conselheiros do timinho rosa, Senhores estamos em plena era da informação, da tecnologia e da globalização, existem muitos outros meios de acompanhar o Cruzeiro, somos bem mais da metade de MG, se abandonarmos estes veículos, alguns provavelmente nem sobreviverão, como por exemplo a rádio Itatigalo e passarão obrigatoriamente a nos respeitar e nos dar o devido valor, imaginem se fosse o contrário, seríamos provavelmente o maior clube do Brasil e não apenas de MG.

Cruzeirense Apaixonado disse...

Só pra ilustrar: Se fosse a torcida da galinha pintadinha que tivesse dado o show que a nação azul deu ano passado, literalmente carregando o time nas costas, livrando-nos do rebaixamento e consertando as sandices da diretoria, estariam noticiando que a torcida deles é de outro mundo, os mais jovens, saibam que a nossa torcida sempre carregou e impulsionou nosso time, seja nos momentos bons ou ruins. Querem ouvir uma verdade nunca dita pela imprensa? A torcida rosa só canta quando estão ganhando e apenas o hino, porém possuem uma outra fama, alguém ouviu eles cantarem no clássico? Mas o narrador dizia o tempo todo que as duas torcidas estavam dando um show, quando na verdade se quer abriram a boca. Se fosse o contrário iriam dizer que a torcida do Cruzeiro precisa participar do jogo, que desse jeito era melhor ficar em casa!!!

Revétria disse...

Aplausos para o post e também pelo lúcido comentário do Cruzeirense apaixonado!
Instantes atrás vi uma matéria do esporte espetacular sobre vôlei e sequer mencionaram o Sada Cruzeiro,líder incontestável da superliga. São marrentos,não engolem o CRUZEIRO. Outra, vieram uns caras aqui que se intitulam CRUZEIRENSES, e por motivo pífios,desceram o pau no sócio torcedor,dizendo que iriam cancelar....Pois bem,houve uma queda brusca no número de associados e o que fez o outro lado? Foram pra imprensa divulgar o deles,com ex jogadores,aqueles que atuam com idade avançada lá...Esquisito,não? Gente,ser CRUZEIRO é lutar contra tudo e contra todos,é ter aquilo roxo e não deixar se influenciar por essa mídia maldita. 2017 mal começou, e os adversários já estão de cabelo em pé. O campeão voltou! Chupa frangas! Quanto o torcedor der as mãos empurrando esse time,esse trem doido azul, saiam da frente,serão atropelados!Penas de frangas,gaivotas e urubus voando pra todos os lados!

Cláudio Pereira Pereira disse...

As frangas estão loucas fudidas e devendo até as calcinhas no varal