sábado, 24 de junho de 2017

CONFIANÇA NOS TITULARES

Uma coisa é certa: se os reservas entrarem em campo, é jogo dado ao adversário. Assim, se o Cruzeiro entrar com os titulares e, além disso, com sangue nos olhos, podemos voltar a crer numa vitória e em sair do incômodo de estar próximo à zona de rebaixamento. Com Robinho, Thiago Neves, Alisson e Rafael Sóbis na linha de frente; Romero e mais um volante na contenção e com os dois laterais titulares, é possível acreditar na equipe, mesmo que a zaga titular ainda esteja no Departamento Médico. Mas somente se os titulares estiverem em campo. 
E isso porque teremos pela frente um time acertado do Coritiba, que sempre deu muito trabalho no Mineirão. Em 2013, vencemos por 1 a 0. E olha que a diferença técnica entre as equipes era enorme. Agora, com o Cruzeiro ainda se reconstruindo e com o Coxa, com menor qualidade técnica, mas acertado em seu conjunto, as forças tendem a se equilibrar de novo. E não podemos nos dar ao luxo de brincar de novo. É entrar com titulares e entrar para vencer!
Mano sabe que a batata dele está assando com a torcida. A decisão de por reservas no meio da semana beirou o absurdo e minou a paciência de alguns, que ainda defendiam a permanência do treinador. Novo tropeço pode fazer o treinador balançar. Se ele quer o apoio do torcedor, tem que fazer esse time jogar. Tem um elenco qualificado, mas tem que optar pelos melhores. Quer poupar? Poupe um ou dois. Poupar oito foi o "fim da picada". E com Dorival Júnior à disposição, a pressão pode ficar insustentável.
Diretoria longe do holofote
Em último ano de mandato, Gilvan de Pinho Tavares não parece muito animado com os últimos seis meses. Pela sua postura, parece querer que o fim do ano chegue logo e que o próximo presidente dê conta do Cruzeiro. Parece desinteressado. Bruno Vicintin, que não será candidato, vai na mesma toada. Eles sabem que com Mano o time tende a não ficar entre os piores. O ruim é que parece que isso já basta, mesmo tendo um elenco que precisa ser qualificado, mas que é bom, quando joga no seu melhor, quando joga motivado. A torcida sabe que fica ou sai do Cruzeiro aquele profissional que ela aprova. Sabe que se as coisas não mudarem, vai pressionar até conseguir fazer aquilo em prol do Cruzeiro. Difícil é saber se a diretoria, no patamar e ânimo que está, vai voltar aos holofotes e comprar a ideia de levar o Cruzeiro bem até o final de 2017.

6 comentários:

CONTABILIDADE GERALDO RIBEIRO disse...

Mano já perdeu todas as condições de comandar este grupo, ja perdeu o controle a muito tempo, os jogadores hoje jogam por si mesmo em respeito ao clube e a si mesmo.

Observandotudo disse...

Contabilidade concordo com você andei (matutando) e cheguei a seguinte conclusão sobre o MAL MENEZES ter posto o time reserva contra a Ponte Preta:
1) Contra o Grêmio o time só rendeu depois que o MALDITO foi expulso do banco; livre das orientações erradas os jogadores resolveram por si mesmo como jogar e fizeram o ótimo segundo tempo.
2) O MALDITO se conscientizou que é totalmente dispensável e que seu auxiliar técnico tem uma boa relação com os jogadores que não mais o respeitam, pois suas cagadas estão desvalorizando o valor de mercado dos mesmos.
3) Criou uma fato novo para confundir a torcida e diretoria burra e mudar o foco da questão; não deixar o time ganhar sem sua participação ativa no banco e subir pra as cabeceiras.
4) Boicotou de uma só vez; o Cruzeiro, a torcida, o auxiliar técnico, os jogadores que foram castigados e não poupados. Com o time próximo da zona maldita ele se sente a vontade e a torcida fica com receio de tomar atitudes mais drásticas contra a Diretoria, pois se o maldito sai e o time continua mal e cai vão culpar a torcida.
5) Convencido que a velha Anta não vai pagar a multa rescisória porque tambem não está interessado em passar pra próxima Diretoria um time campeão, ou classificado para Libertadores, o Mano maldito vai levar o máximo de tempo no cargo para ganhar o máximo de dinheiro até a chegada da nova direção em 2018.
6) Quanto a nós torcedores nem a Diretoria nem o Técnico tem o mínimo respeito. Ambos estão empenhados nos seus anseios próprios: vingança de um lado e levar vantagem do outro.
Estamos FERRADOS.

Jose Tadeu Fioravanti disse...

A verdade é que Mano Menezes nesse ano,vêm recorrentemente cometendo erros crassos.Escala mal,substitui mal,têm sido incoerente e,pasmem,não admite que erra!A última do treinador:Todos os times estão jogando mal...ou o cara não enxerga,ou se faz de bobo,ou não têm humildade dentro de sí.Bem,bobo ele não é,então fico com a terceira opção,falta-lhe humildade.Isso é nítido e cristalino.Grêmio e corínthians estão jogando mal!?E outra,vindo dele,dentro da coerência de sua incoerência,podem esperar,o tal do Henrique volta.Olhe para o próprio umbigo,Mano!Tenha um pouco de humildade,ao menos,admita que vêm errando sucessivamente,escolha os menos piores,e busque acertar esse time!Coisa,que nesse ano,em nenhum momento você conseguiu...

Marcus disse...

É óbvio que o Mano tem a sua parcela de culpa. Mas, de forma alguma, é o único culpado. Temos jogadores que não têm a menor condição de vestir a camisa do Cruzeiro. Bola aérea na nossa área é um "Deus nos acuda". Nossos zagueiros não estão nada bem. Quando D. Barbosa e Ezequiel não podem jogar, quem são os substitutos? Ábila é um bom finalizador. Apenas isso. E olha que perde gols inacreditáveis também. T. Neves jogou duas ou três boas partidas desde que chegou ao Cruzeiro. Era para fazer aqui o que o Diego faz no Flamengo. Dedé, que é um dos melhores zagueiros do mundo, raramente joga.

MÁRIO FILHO disse...

NÃO CONCORDO QUANDO O SR. BLOGUISTA DIZ QUE "O CRUZEIRO AINDA SE RECONSTRUINDO ", DESCULPE MAIS É CONVERSA PARA BOI DORMIR , QUEM ESTA SE RECONSTRUINDO NO FUTEBOL BRASILEIRO É A CHAPECOENSE , O CRUZEIRO TEM O MESMO TREINADOR HÁ QUASE UM ANO , E EM 2017 TEVE UMA PRÉ-TEMPORADA DE 40 DIAS E UM CAMPEONATO MINEIRO E INÍCIO DE CB , DE MAIS UNS 3 MESES E NÃO TEM SEQUER UM TIME ESCALADO , O ÚNICO TIME QUE FEZ UMA PARTIDA RAZOÁVEL FOI CONTRA O SANTOS QUE JOGOU COM 3 VOLANTES E FEZ MARCAÇÃO SOBRE PRESSÃO E SE O EMBROMANO FOSSE UM POUQUINHO INTELIGENTE TERIA MANTIDO O TIME , MESMO MUDANDO ALGUMAS PEÇAS MAIS NEM ISSO ELE FOI CAPAZ DE FAZER , E DIGO NEM INTELIGENTE ELE É , TEM É MUITA SORTE POR SER TREINADOR E ESTAR GANHANDO TANTO DINHEIRO NA MOLEZA .

Carcamano Azul disse...

Sem dúvida que algo deixou de acontecer com o plantel (sem dúvida superior aos dos dois últimos anos) e a comissao tecnica. Ate acredito que o Dorival Junior poderia fazer um trabalho melhor. O grande problema que enxergo são os erros administrativos o que tem sangrando as finanças do clube. Parece que o Mano ganha em torno de 500 mil reais mensais. Se for dispensar ele sem acordo, o Cruzeiro vai ter de bancar o salário dele até dezembro, lembrando que graças a esta brilhante diretoria, o time ainda paga uma parte do salário do Paulo Bento (o quanto seria ?) Até dezembro. É muito dinheiro gasto de forma improdutiva...