quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

MUITO CEDO PARA QUEIMAR A LÍNGUA

POR: JOÃO VITOR VIANA

Olá, amigos internautas! Não vejo a hora de ver os comentários desse post. Isso porque, é sabido, não gosto de alguns atletas e de algumas atitudes do nosso treinador. Bom, diante do Guarani, em Nova Serrana, um desses jogadores, Marquinhos, jogou bem, principalmente no segundo tempo. No primeiro foi a mesma água de sempre. Mas confesso que quando passou a não inventar moda, ajudou o time, com dois passes decisivos.

Seria uma idiotice criticá-lo hoje. Não há razão. A não ser pela insistência em querer ser o "homem das bolas paradas". Não tem técnica para isso. Mas no geral, movimentou-se bem, dedicou-se ao time e não quis fazer firula. Muito bem. Mas não será um jogo que vai mudar minha opinião, certo? Assim como quanto aos demais jogadores do elenco, a gente tem que analisar um todo, uma sequência. Até agora estava muito ruim, exemplo também de Willian Farias. Engraçado que o camisa 5, antes de sair ontem, não vinha comprometendo também.

Mas é muito cedo para queimar a língua. Ainda creio que aquela vaga de meia-direita, enquanto não chega o tão falado armador, podia ser testada com outros jogadores. Ontem, por exemplo, teria colocado Neílton no intervalo, já que Marquinhos não estava rendendo. Durante o jogo, devido à "fomeagem" de Willian, o camisa 11 acabou sendo sacado. E entrou outro jogador: Judivan. A mudança deu resultado, já que o jovem atacante deixou sua marca. Judivan, aliás, é um jogador a ser trabalhado com calma. Não há necessidade de escalá-lo logo de cara. Vamos moldando-o. Vai adquirindo ritmo, vontade e espaço com o tempo.

Vejamos os próximos jogos. Marcelo quer que o time se entrose e vai mudar muito pouco até o primeiro jogo da Libertadores. Quer ver o time mais coeso, o que ainda está longe de acontecer. Mas vamos acompanhando. Vamos ver se o Marquinhos de ontem volta a aparecer ou se teremos que sofrer com as patetadas daquele que vem aparecendo constantemente. Para o bem do Cruzeiro e até do jogador, espero que ele se mantenha num nível aceitável, como esteve diante do Guarani.

5 comentários:

Tales Cruzeiro disse...

Gostei da postura do time ontem. Boas armações de jogo. E esse tal de Arrascaeta vai nos trazer alegrias, o cara domina e passa bola com inteligência. Ele só precisa de mais um no meio pra acompanhar seu raciocínio. Damião foi bem, poderia ter feito mais, mas já mostrou que não desaprendeu. Nossa zaga precisa dar uma melhorada, o Fábio teve um pouco de trabalho contra um inexpressivo Guarani. Não gosto de queimar jogador, mas esse tal de Willian Farias não tem lugar nem no nosso banco. Só acho. E pra finalizar, o Judivan, sendo bem treinado, vai ser um daqueles garotos da base que sobe pedindo espaço. Tem futuro esse menino.

Saudações Azul Celestes.

gab gg disse...

Eu n gostei ontem sobre o time fazer ligacao direta , isso deixa o jogo pobre , um time sem categoria de botar a bola no chao e passar pelo meio de campo , entretanto, deu certo, porem tem q considerar q o time do guarani n e tao bom

Bruno Guerra disse...

Blogueiro, quando eu vi a atuação de Marquinhos ontem lembrei exatamente de Você. Eu acho que ele está melhorando. Pelo que temos visto, o Marcelo Oliveira achou uma posição para ele: volante. Marquinhos corre muito,desarma, cruza, está em todo lugar. No jogo contra a Caldense, quando saiu Willian Farias e Marquinhos ficou fazendo a função dele(Willian Farias), jogando mais recuado, o time melhorou. Acho que, como também Marcelo Oliveira, Marquinhos jogando mais recuado pode ajudar muito o time.

RUTILHO disse...

O meio vai melhorar quando o Henrique entender que ele deve se posicionar do meio para frente. Se já temos um médio de contenção WF, Eurico e o Willians que podem ser, não há necessidade de você Henrique voltar, receber e ficar tocando para os lados ou para trás. Quero te ver indo com a bola em direção do Arrascaeta, do Willian, do Judivan, do Marquinhos ou Damião. Seu lugar é entre o círculo central e a meia lua adversária.

F Miranda disse...

O Marquinhos foi muito importante no ano passado, sendo vindo do banco ou atuando como titular. Fez partidas memoráveis contra o Botafogo e Internacional. Não é nenhum craque mas é um jogador importante, considero um bom reserva. Muito mais útil que Alisson, que só fuca no DM, e é endeusado pela torcida!