sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

PARABÉNS, TORCEDOR! PARABÉNS, MARKETING!

POR: MARCÃO ANTI-GALO

O Cruzeiro está lucrando, e muito, com a venda de camisas. Nunca se vendeu tanto antes. Mas o porquê disso? Porque já não há aquele meleca laranja na nossa camisa, que está limpa. Linda, é um verdadeiro manto. E o pedido da torcida de décadas acabou sendo atendido. Além da camisa ser, talvez, a mais bonita da história, é do jeito que o torcedor sempre quis: sem patrocínio. Está simplesmente sensacional.

O resultado do esforço do Marketing em consonância com a diretoria do clube está sendo colhido. As camisas chegam a faltar e os pedidos, aos poucos, estão sendo atendidos. Até aconselho ao torcedor que quer a camisa para agora, que adquira na loja oficial do clube, a Shop Cruzeiro, e faça sua reserva. Vai demorar a chegar. Está no terceiro lote. Mas você poderá comprar de forma parcelada, sem fila e, depois, se quiser, manda por nome e número, já que a maioria ou 100% até vem sem esses detalhes.

O diretor comercial do clube afirmou que, se por um lado o clube perdeu até o momento o dinheiro do patrocinador, já que ainda conversa com a Caixa Econômica, o clube já tem arrecadado um valor aceitável:“Perdemos uma rentabilidade boa (sem patrocinador máster), um valor razoável de dinheiro. A venda de camisa não conseguiu suprir essa perda, mas, sem o patrocinador máster, a venda atingiu números que nunca vimos antes. Em praticamente dois meses, nós vendemos mais de 120 mil camisas”, observou o diretor comercial do Cruzeiro, Robson Pires, em entrevista.

Esse número é algo fantástico, feito somente por uma torcida fantástica. Se o Marketing atendeu ao nosso apelo de décadas, a torcida faz isso também para agradecer. Chega de laranja na camisa! Se a Caixa  de fato acertar, possivelmente a camisa não terá tanta queda de vendas. E a tendência, se o Cruzeiro crescer na Libertadores, é aumentar. Que a Penalty se prepare! E o Cruzeiro também! Vem mais investimento do torcedor por aí! A minha já foi solicitada!

Um comentário:

cleiton Gama disse...

Saiu o laranjão da BMG e não veio ninguem como substituta são 13 15 milhões/ano a menos nos cofres do Cruzeiro e do jeito que o país ta na merda acho dificil conseguir um patrocinio pagando o que o Cruzeiro ta pedindo a caixa por exemplo ja tentou baixar o valor acertado.