sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

JOGADOR VALORIZADO


Eleito melhor jogador do Campeonato Brasileiro por duas vezes consecutivas e nome lembrado por Dunga na seleção brasileira, Everton Ribeiro sofreu uma valorização no Cruzeiro e pode render um montante muito acima dos R$ 4 milhões gastos pelo clube em janeiro do ano passado, quando ele deixou o Coritiba para defender o clube mineiro.

Dono de 60% dos direitos econômicos do craque, a diretoria do Cruzeiro fixou um valor para liberá-lo: 10 milhões de euros (cerca de R$ 30 milhões) pelo percentual que detém do meia-atacante, de acordo com o presidente Gilvan de Pinho Tavares.

O mandatário chegou a recusar seis milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões) por sua fatia no jogador. O montante exigido pelo Cruzeiro para liberar o seu principal jogador é equivalente a 7,5 vezes ao desembolsado para tirá-lo do Couto Pereira, no início de 2013.

"A gente sabe que, conforme passam as temporadas, e como a gente está jogando em alto nível, interesse de clubes aparece. Seleção também ajuda muito. No momento certo vão aparecer coisas boas e a gente dará continuidade na carreira", afirmou Everton Ribeiro.

"Encaro com naturalidade. É fruto de um trabalho, não só individual, mas com os companheiros, diretoria, comissão técnica. É um título que divido com todos e sou mais um felizardo por ganhar novamente", acrescentou.

Quem estiver interessado em contar com Everton Ribeiro terá que desembolsar um valor próximo de 10 milhões de euros por 60% de seus direitos econômicos.

LINK ORIGINAL

Um comentário:

¶Azul•H(«MG»)¶® disse...

10 milhões de euros,dependendo da cara do "cliente!" Para o banco BMG, reduto de pateticanos são 30 milhões de euros. Vai encarar frangas rosadas?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk