segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

"SOBRA ATACANTE, FALTA MEIO"


O Cruzeiro está próximo de oficializar a 11ª contratação para a temporada 2015. Henrique, que defendeu o Palmeiras no ano passado, é aguardado em Belo Horizonte nesta segunda-feira. A chegada de mais um atacante não satisfez Marcelo Oliveira. Embora tenha elogiado o vice-artilheiro do último Brasileirão, o treinador se queixou do excesso de atacantes no elenco e da falta de um armador.


“O Henrique é ótimo jogador, até estava na lista de jogadores que faz parte do trabalho do técnico. Só que ele vem numa posição que já temos outros três contratados (Leandro Damião, Joel e Riascos). Assim como estamos com quatro laterais-esquerdos e precisamos de um meia. Precisávamos de um zagueiro, veio o Paulo André, e fiquei muito feliz. O técnico tem de cuidar da gestão de grupo. Faz parte do nosso trabalho gerenciar pessoas. Vamos ter administrar isso”, afirmou Marcelo Oliveira.



Na última sexta-feira, o treinador se reuniu com o supervisor de futebol do Cruzeiro, Benecy Queiroz, para definir quais atletas não serão aproveitados em 2015. Com as chegadas de Paulo André e Henrique, o elenco profissional tem agora 38 jogadores, considerando quatro goleiros. Na Copa Libertadores, apenas 30 atletas podem ser inscritos.


Após o empate com a Caldense, por 1 a 1, neste domingo, Benecy Queiroz explicou a situação de Henrique. O atacante defendeu o Palmeiras por empréstimo no Brasileirão e tem direitos econômicos pertencentes ao Mirassol. “Estamos com conversação, iniciada pelo Valdir (Barbosa, gerente de futebol). Deve realmente realizar amanhã (segunda-feira) os trâmites finais. Esperamos que, já na quarta-feira, o Marcelo tenha esse jogador à disposição”, disse Benecy Queiroz, em entrevista à Rádio Itatiaia.



Henrique anotou 16 gols no último Campeonato Brasileiro, dois a menos que o artilheiro Fred. Como citou Marcelo Oliveira, ele é o quarto atacante contratado para 2015. Leandro Damião, Joel e Riascos já estrearam pela equipe celeste. Além desse quarteto, o Cruzeiro contratou o lateral-direito Fabiano, o zagueiro Paulo André, os laterais-esquerdos Mena e Pará, os volantes Seymour e Willians e o meia De Arrascaeta.



Em contrapartida aos 11 reforços, o Cruzeiro negociou cinco jogadores: o lateral-esquerdo Egídio, os volantes Nilton e Lucas Silva e os meias Everton Ribeiro e Ricardo Goulart. Após a última temporada, também deixaram a Toca da Raposa o lateral-esquerdo Samudio, o meia Marlone e os atacantes Marcelo Moreno e Borges. Já o também atacante Dagoberto está afastado do elenco.



Com tantas mudanças, Marcelo Oliveira admite dificuldades para que a equipe se entrose. “O grande desafio é o entrosamento do time. O time de futebol não se faz com A e B. Você precisa criar uma engrenagem. Para isso, precisamos ir ajustando. Embora tivesse vários atletas que já estavam aqui, eles não vinham jogando constantemente. Precisamos criar a estrutura, saber qual o time titular e manter. Temos de ter cuidado para não estar afoito para contratar, e contratar muito jogador para uma posição e deixar sem jogador que precisamos em uma função, como a de segundo meia”, destacou.


LINK ORIGINAL

9 comentários:

Jonas Mendonça disse...

O próprio Marcelo Oliveira pediu prudência à diretoria quanto as contratações, pois todos estão vendo onde o time mais carece de reforço. Algumas contratações no meu ponto de vista estão sendo feitas sem planejamento. Se aparecer um jogador acima da média com boa condição de negócio, sou a favor que se contrate. Mas ficar contratando por atacado sem resolver o problema do time, é coisa de Dimas Fonseca. Na hora de emprestar os jogadores que não estão nos planos, os times querem o jogador mas que o Cruzeiro pague os salários. Vejo a diretoria sem sintonia com o treinador. Acho que alguns garotos da base e o Neilton que veio de fora, merecem sim oportunidades, com a chegada de vários jogadores eles ficarão em segundo plano. O jogo de ontem foi um exemplo. O time tava mal, e quem saiu primeiro? O garoto da base. Enquanto o asno do Marquinhos permaneceu os 90 minutos. Neilton foi destaque contra a Democrata, e ontem não foi acionado pelo Técnico. Estarei semre com nosso gigante Cruzeiro. Se discordo de uma atitude ou outra do MO e da diretoria, é porque quero ver o Cruzeiro sempre no topo.

Celinho disse...

O cruzeiro precisa urgentemente de um meia, camisa 10, precisa trazer o Gedoz e o Gabriel Xavier, e liberar o Julio Batista, que não aguento mais esse preguiçoso com a camisa do cruzeiro. Abre o olho Gilvan.

Paulo disse...

quando o Arrascaeta tiver condições de jogo e se o Cruzeiro acertar com o Gabriel Xavier,e um segundo volante que pode ser o Bruno Paulista do Bahia ou o Jean do Fluminense,ai sim teremos um time para conquistar todos os títulos que disputar.

Weberson Luiz disse...

vende o time inteiro e nao contrata a altura so estao querendo jogadores de graca , o cruzeiro e grande ,a libertadores esta a porta e nao tem um esbolso de time , pelo visto ate aqui vamos sofre pra caramba esse ano

cleiton Gama disse...

Bruno Paulista joga demais vi muito jogos dele no bahia.

Paulo disse...

sim,Cleiton joga muito,se parece muito com o Lucas Silva.

Wendy haywanon disse...

Celinho perfeito igual ao que penso.manda julio bosta passear. E traz gedoz, gabriel xavier e jean. Fim de papo

Wendy haywanon disse...

Exato,paulo, mas o gedoz tem de vir.

Wendy haywanon disse...

Marcelo Oliveira tem de impor e pedir o gedoz. Que droga. O cara ta doido pra vir e nada. Vão pro inferno dimas e beneccy e seu gilvan.