sexta-feira, 24 de abril de 2015

LEIGO, QUERO VER AS DESCULPAS DAQUI UNS DIAS

POR: JOÃO VITOR VIANA

Realmente o calendário brasileiro é uma coisa de louco. De repente ele tem jogos em menos de 60 horas. Outras, temos um intervalo gigante sem jogos nenhum. O que dizer disso? Que é uma bagunça e o futebol, mineiro e brasileiro é conduzido por um bando de incompetentes.

Será que posso falar mal do futebol mineiro e da CBF? Lá no Rio há punição para atletas e jogadores que falam mal do campeonato, que é RIDÍCULO! Me processem! Aqui em Minas em que posso ser réu? Talvez de uma notificação extrajudicial? FMF é conduzida mesmo por um atleticano que tripudiava em cima do Cruzeiro chamando a gente de "Maria" e sequer se retratou disso...

Bom, voltando ao assunto pertinente, falemos desse intervalo, desse hiato que há entre a eliminação do Mineiro e o início do Brasileiro, juntamente com a continuação da Libertadores. Bem, serão duas semanas até o próximo jogo. O Cruzeiro já voltou a treinar e terá as voltas de Alisson e Damião para o primeiro jogo, no Morumbi, dia 6. Bom, será que quando todos estiverem lá em campo, vão reclamar que o time não está com ritmo de jogo pelo intervalo grande de jogos? Já disseram que cansaram em quatro meses. Agora vão dizer isso? É só o que falta!

Sou leigo. Acredito que o corpo realmente sinta a sequência de jogos. Mas mitos acabam sendo criados a cada dia. Antigamente o atleta, se preciso fosse, jogava três jogos na semana e tava sempre pronto. E fazia isso bebendo Cachaça, frequentando zona boemia e fazendo festas. Hoje, com tudo certinho, testes daqui e dali e cheio de nhenhenhem, ouço e vejo mais mimimi que propriamente jogador querendo estar em campo.

A "fomeagem" da galera está dando espaço a um comportamento chato, semelhante ao daqueles que comandam o futebol, organizam o esporte, cuidam das arenas. Tudo muito chato, por sinal. Mas e aí? Será que veremos mais mimimi depois de um intervalo sem jogos? Deixo a resposta com os internautas.

4 comentários:

Tiago azul celeste disse...

Quero acreditar q naum, q o Cruzeiro vai treinar, se preparar, o treinador vai deixar de ser teimoso e escalar os melhores.

Assim seria possível nossa classificação, pq o São Paulo naum é nenhuma brastemp tbm, corria risco de naum se classificar, conseguiu pq na minha opinião o curintia facilitou.

No mais e esperar e ver o q MO consegue.

Sds cruzeirenses

cruzeirotetra disse...

Libertadores e raça,determinação,vibração,vontade de vencer.e a torcida também é essencial.tenho criticado esse time q eu considero fraco pra competição,mas sou torcedor nas horas boas e tenho q ser nas horas ruins também.esse time tem mostrado pouca técnica,mas esta aprendendo a ter raça.nem sempre a técnica vence a liberta,vemos o caso do San lorenso ano passado,um time pouco técnico mas muito raçudo e cheio de vontade.eu era um dos 45 mil cruzeirenses daquele jogo e vi q e preciso mais q toque de bola e tabelinhas pra se vencer uma libertadores,precisamos da raça do willias,a vontade do Damião a técnica do arrascaeta, e a vibração de nos torcedores. #O TIME AGORA PRECISA DE NOS

Jonas Mendonça disse...

Concordo Tiago. Também não vejo o São Paulo como bicho de sete cabeças. E também epero que o MO escale o que tem de melhor e não invente de recuar o time caso esteja com a vantagem, pois todas as vezes que ele fez isso, não tivemos sucesso. Mas uma coisa me preocupa. São apenas quatro meses e o Henrique diz: Se houvesse mais jogos, não sei o que seria de nós. Das duas uma; ou esse preparador físico é incompetente, ou os jogadores não têm vontade alguma de jogar. É claro que o calendário brasileiro é uma bagunça, mas na Europa também se joga meio e fim de semana. E por exemplo; Messi e C. Ronaldo não querem ficar de fora de nenhum jogo. Seja Granada, Levante, Atlético de Madri, Psg ou Bayern. Os caras querem sempre estar em campo. Serem os melhores. Será que os jogadores de lá também não sentem dores?

RUTILHO disse...

Correta a posição e questionamento do blog. Espero que a inteligência prevaleça. Essa folga veio em boa hora. Entrosar GX ao grupo, Allisson se fortalecendo, Damião e outros mais. Marcelo agora tem como preparar um time para entrar em campo ofensivamente e também defensivamente. Ou seja, um time combativo sem a bola sem ser retrancado. Podemos surpreender sim e será fundamental entrar com GX DE INÍCIO.