quarta-feira, 22 de abril de 2015

SEM BRILHO TÉCNICO, VAI NA RAÇA

POR: RAPOSO SENSATO

O Cruzeiro venceu.

Ufa!

Alívio!

Estamos nas oitavas esperando o adversário.

Quem será?

Tanto faz.

Ontem, a técnica não foi grande.

Mas a raça teve seu espaço.

Willian, o personagem disso.

Willians, o símbolo disso.

Dois leões, dedicados ao time e com esforço reconhecido pela torcida.

Henrique também lutou bastante.

O brilho técnico ficou para o fim, quando Gabriel teve a chance de mostrar um pouco do que sabe.

Muita gente crucifica o grupo celeste.

Não o acho fraco.

Acho inchado.

Mas com um ou dois jogadores, ele se arredonda.

E esse time, motivado, é chato de encarar.

Basta Marcelo sair da sua costumeira tranquilidade e pedir sangue nos olhos.

Ontem, muitos jogadores mostraram isso.

E é isso que a torcida quer ver.

6 comentários:

Felipe Ferreira disse...

Cara pra mim o melhor em campo se chama Gabriel Xavier. Meu que jogadas são aquelas que esse garoto faz. Esse boy e um craque. Acredito que depois do Arrascaeta só dá Gabriel. E tanto Arrascaeta como Gabriel tem que jogar juntos. Assim como foi feito no time anterior com Ricardo Goulart e Everton Ribeiro. Se ele colocar Arrascaeta, Gabriel, e Allysom jogando juntos. Falo com plena convicção 2015 será o ano do papa títulos com a exeção do mineiro que já foi eliminado. Agora como joga o Gabriel Xavier ele passou por três ontem tentou meter a bola no ângulo que jogador e esse bem o estilo Everton Ribeiro. Acorda Marcelo Gabriel Xavier tem que ser titular.

Cruzeiro Online disse...

Gabriel tem um estilo parecido ao Everton Ribeiro, só que mais veloz.

welington vieira goulart Goulart disse...

Ele tem mais técnica do que o arrascaeta!!!

luciano disse...

Valeu a vitória de ontem mas não devemos nos iludir com esse time do Cruzeiro. Ainda falta muita coisa, dentro do próprio elenco é possível montar um time forte, basta o Marcelo oliveira parar de inventar e se achar o dono da verdade. Como torcedor tenho a sensação de que sempre nosso técnico deixa uma "brecha" para o patético ganhar os clássicos, nestes dois últimos foi a escalação do Fabiano na lateral (completamente sem ritmo de jogo) aquela substituição do Arrascaeta e aquela mais bizarra ainda de colocar o Mena e ficar com dois laterais esquerdos sendo que haviam melhores opções no banco.
Ele precisa motivar os jogadores para jogar contra os galináceos de Vespasiano, só vejo elogios e respeito exagerado nas entrevistas do nosso treinador quando se refere ao lado penoso da lagoa. Enquanto o Levi culpe fala que pro gaylo decidir no mineirão é a mesma coisa que decidir em casa nosso treinador só sabe exaltar as qualidades do time pateticano!

rodrigo gontijo disse...

Tenho achado meus companheiros torcedores extremamente críticos, mas só para o lado negativo. O time tem sim sido combativo, tem dado trabalho para os adadversários. As duas principais derrotas do Cruzeiro esse ano tiveram o dedo da arbitragem, seja no gol impedido do Huracan, seja na falta no Damião. Ontem o time mereceu elogios, então vamos elogia. Parabéns Cruzeiro.

JUNIOR LIMA disse...

Tem tudo para dar certo, basta o retranqueiro mudar de atitudes, não importa que time ele torce, mas se esta no maior de Minas, tem que ser profissional e colocar em campo o que tem de melhor. Gabriel Xavier é titular absoluto, sem sombra de dúvidas e não é so eu que penso dessa forma...