quinta-feira, 23 de abril de 2015

UM NOVO CAMPEONATO COMEÇOU

POR: RAPOSO SENSATO

Agora nosso adversário é o São Paulo.

Um dos três possíveis, segundo a previsão do Blog.

Jogo duro.

Mas, agora, o campeonato é outro.

Tudo começa do zero.

Ninguém tem mais vantagem, a não ser de jogar a segunda em casa.

A vantagem, agora, tem que ser conseguida.

E na casa do adversário.

Como?

Fazendo gols.

A Libertadores privilegia quem é ofensivo fora de casa.

Passa quem é melhor no final, com maior saldo de gols ou vitórias

Ou quem, se empatado, foi mais ofensivo e fez gols na casa do adversário.

O primeiro jogo, em São Paulo, será determinante para a vida de Cruzeiro e São Paulo.

O São Paulo não poderá se arriscar tanto, pois pode tomar um gol e isso fazer diferença depois.

O Cruzeiro não poderá se expor muito, pois pode perder por uma diferença de gols difícil de reverter.

Agora o campeonato é outro.

O nível é outro.

A cobrança é outra.

O objetivo é outro.

2 comentários:

cruzeirotetra disse...

Libertadores e raça,determinação,vibração,vontade de vencer.e a torcida também é essencial.tenho criticado esse time q eu considero fraco pra competição,mas sou torcedor nas horas boas e tenho q ser nas horas ruins também.esse time tem mostrado pouca técnica,mas esta aprendendo a ter raça.nem sempre a técnica vence a liberta,vemos o caso do San lorenso ano passado,um time pouco técnico mas muito raçudo e cheio de vontade.eu era um dos 45 mil cruzeirenses daquele jogo e vi q e preciso mais q toque de bola e tabelinhas pra se vencer uma libertadores,precisamos da raça do willias,a vontade do Damião a técnica do arrascaeta, e a vibração de nos torcedores. #O TIME AGORA PRECISA DE NOS

RUTILHO disse...

Estou com você cruzeirotetra