terça-feira, 7 de março de 2017

THIAGO NEVES MAIS 10

Escalação no vestiário, mais uma vez. Contra o Murici, em Alagoas, pelo primeiro jogo da terceira fase da Copa do Brasil, duas certezas: a primeira, a volta de Thiago Neves, que ficou no banco, mas acabou entrando no jogo diante do América-TO; a segunda, que o time terá alterações, entre duas a quatro, a fim de haver uma rotatividade no elenco, dando ritmo de jogo a alguns e descansos a outros, que vêm de uma sequência maior. Quem entra? Apenas Thiago Neves confirmado, uma vez que teve um pequeno descanso, quebrando a rotina de jogos de 90 minutos. Os demais, vai depender da estratégia traçada junto à comissão técnica.
O treinador Mano Menezes ainda não liberou os 11 que iniciam o jogo e, somente momentos antes, as novidades serão anunciadas. Após a vitória diante do América-TO, o técnico celeste anunciou que o calendário obriga essa rotina: "Três jogadores em casa jogo nós vamos rodando para que todos tenham condições físicas de suportar. Na quarta-feira (amanhã), provavelmente vamos levar isso em consideração em Murici. Queremos que os jogadores sejam todos utilizados e os que jogam mais jogos não se desgastem tanto".
A tendência é que um dos laterais seja poupado, já que ambos vêm de pancadas sofridas de forma local. Mayke e Fabrício, cotados, inclusive, para iniciar o jogo anterior, estão de sobreaviso. No meio, chances para um possível aproveitamento de Romero ou Hudson, uma vez que são jogadores mais brigadores e o estilo de jogo se adapta mais ao campo do Murici, muito criticado ultimamente, por sinal. No ataque, dificilmente Rafael Sóbis dará lugar a Ábila. No entanto, a entrada do argentino, pelo menos durante o jogo, deverá acontecer. Para o jogo desta quarta-feira, às 21h45, em Murici, o Cruzeiro vai, até agora, com Thiago Neves e mais 10.
Uma única derrota
O Cruzeiro, até hoje, disputou 13 partidas em Alagoas, ganhando 10, empatando duas vezes e perdendo uma. A derrota foi para o CSA, pelo Campeonato Brasileiro de 1979 (2 a 1). O Maior de Minas atuou no estado, além dos jogos pelo Campeonato Brasileiro, também na Copa do Brasil e Copa dos Campeões (2000 e 2001).

Notas da Toca!
Tem jornalista falando muito!
Em tempo de globalização, o que se fala em um lugar, é ouvido quase ao mesmo tempo em qualquer lugar do mundo. E, nesses dias, um comunicador de rádio de Belo Horizonte teria falado mal do Murici e do campo do time, menosprezando a equipe. O Cruzeiro, em nota, repudiou as declarações do comunicador, assim como seu conteúdo, uma vez que o Cruzeiro nunca solicitou veto a campo algum. Tem jornalista de Minas que, mesmo sendo cruzeirense, parece seguir a tônica da casa onde trabalha, que é de a por o Cruzeiro sempre para baixo. Uma vergonha! Fala muito sem pesquisar, fazendo fofoca em programa de rádio. Já diria o Tite: "Fala muito".
Treino, treino e treino!
Alisson tem se dedicado muito nos treinamentos para melhorar suas finalizações. O jogador, após atividades coletivas, tem aprimorado esse fundamento para ajudar o time quando estiver em campo. Até hoje, em 120 jogos, Alisson marcou 20 gols.
Falta só assinar!
Tudo acertado com a Caixa Econômica Federal por mais um ano. O contrato é até dezembro de 2017 e será nos mesmos moldes de 2016. Em breve, o contrato será publicado no Diário Oficial com o valor do acordo. Se foi mantido em relação ao ano passado, serão R$ 12,5 milhões anuais.

Um comentário:

Sônia de Paula Correa disse...

JOAO VICTOR VIANA.
Olha se continuarem todo dia a dizer que o ALISSOM, está assim, tá treinando, tá se dedicando, tá rezando, tá se benzendo,tá cobrando penalte,etc. eu vou é acreditar que ele é jogador de time pequeno.
Veja, se está fazendo isto tudo e não está adiantando, é sinal que a camisa celeste é muito pesada para ele, só pode. porque eu nao consigo ver este jogador fazer uma boa partida.
Entao eu chego a conclusão, que ele é jogador de time pequeno e que o Cruzeiro deveria era dar um jeito de negocia-lo pois por aqui ele não vai figurar.
Se naõ nasceu para ser protagonista, como jogar em time de ponta?
é o mesmo caso do ELBER, que até foi bem no SPORT, mas aqui conosco é uma tragédia.
Entao, quando eu vejo noticias assim dizendo que o Alissom fez isso,treinou aquilo, eu chego a conclusão que o caminho dele não é na Toca da Raposa.