sexta-feira, 31 de março de 2017

A IMPRENSA VAI TENTANDO...

A imprensa se incomoda com o Cruzeiro. Diria Adilson Batista: o Cruzeiro incomoda muita gente. E nessa toada, mais uma vez, a frangapress voltou suas ações para suas publicações e comentários em rádio e TV. Exaltam as mudanças que ocorreram no time titular do rival, destacando que “trata-se de um novo time” e que o Cruzeiro “não passa por seu melhor momento”.
Há quem esteja cravando que o rival é favorito. Mesmo sem ganhar do Cruzeiro há algum tempo. Mas isso tem uma razão: a forçação do nivelamento. Mesmo sendo um time com uma história infinitamente menor que a do Cruzeiro, e a Raposa não tem 100 anos ainda, a imprensa insiste em buscar aflorar as qualidades do próprio time e publicando os problemas no Cruzeiro, como se estivéssemos na lama. O jogo de amanhã, às 16h, no Mineirão, vai mostrar à imprensa, a verdade.
O pior disso tudo é que muito torcedor embarca nessas publicações de lixo da imprensa galinácea. Nas redes sociais, praticamente replicam aquilo que jornalistas inescrupulosos põe nos sites e nas folhas de jornais, que mais se assemelham a blogs pessoais. Mas tendo um veículo que veste a camisa, os pobres jornalistas, inclusive alguns cruzeirenses que conheço, sucumbem ao editorial local. É tipo aquela “ou faz o que eu quero, diz o que eu quero, ou vaza”. Então... temos que ver comentaristas esportivos deixando o clube do coração de lado e enaltecendo o alvirosa do outro lado da Lagoa.
Mas tudo bem. Nunca precisamos do apoio da imprensa mineira. Sempre construímos nossa história com nossos esforços em campo, com nossa técnica e qualidade, empurrados por uma torcida parceira, apaixonada e que vai onde o time estiver. E, amanhã, será a mesma toada: vamos para cima das frangas, em busca de uma manutenção de tabu e para que os jornalistas escrevam ou comentem, mesmo a contragosto, a derrota do time de suas empresas.
Na semana do jogo entre as equipes pela Primeira Liga, enalteceram as palavras do Mano Menezes, colocando uma frase como um “tom de provocação”. Agora, falam do novo time do rival. É... cada vez mais a imprensa faz o papel de torcedor, busca doutrinar leitores ou ouvintes. Mas o que fica... é a realidade. E quanto a isso, o rival vai ter que “comer muito feijão” para chegar perto daquilo que hoje o Cruzeiro é.

3 comentários:

Leonardo Pereira disse...

O patético mineiro ainda é time pequeno eu acho que eles tem inveja do Cruzeiro

Leonardo Pereira disse...

E o patético mineiro ta com esses jogadores caros aí mais é o time que mais deve no Brasil morre de inveja do Maior de minas

Revétria disse...

Todo pateticano é FDP,ou todo FDP é pateticano?