domingo, 26 de outubro de 2014

EXPLICAÇÕES... VEJAM O QUE DISSERAM OS JOGADORES APÓS O CRUZEIRO "PERDER" DOIS PONTOS

O popular clichê “empate com sabor de derrota” voltou a assombrar os cruzeirenses neste sábado. A equipe celeste vencia o Figueirense por 1 a 0 até os 46 minutos do segundo tempo, quando sofreu o empate, depois de suportar uma pressão durante toda a etapa final.

No fim do jogo, os atletas deixaram o campo desolados, buscando explicações para a queda de rendimento do Cruzeiro no segundo turno e para o empate amargo com o Figueirense. O atacante boliviano Marcelo Moreno admitiu que o resultado ruim o fará refletir sobre o momento instável da Raposa.

“A gente não consegue ter a bola como a gente tinha nos jogos passados, durante o primeiro turno. Acontece. A gente veio para tentar ganhar, mas este empate com sabor de derrota vai deixar a gente pensativo no caminho de volta a BH”, analisou Moreno.

O volante Willian Farias, que entrou no segundo tempo, também lamentou o gol adversário, em jogada que começou com falha individual de Lucas Silva. “O jogo teoricamente estava controlado, mas o treinador deles colocou o time deles para frente. Vacilamos, houve uma falha individual, todos nós saímos prejudicados, mas a derrota é de todos e vamos para frente agora. Para mim, hoje nós perdemos dois pontos”.

O volante Nilton endossou o discurso de lamentação dos companheiros. “Às vezes é inexplicável. Um lance que acaba crucificando o que a gente vinha fazendo durante a partida. Tomando pressão e marcando durante os 90 minutos, em algum momento até displicente no último passe, mas o que importa é a gente estar ali tentando finalizar. Às vezes um detalhe da nossa equipe, a equipe adversária está sempre concluindo em gol”.

2 comentários:

cleiton Gama disse...

Nilton e sua ancora amarrada na cintura.

RUTILHO disse...

NILTON, VAI PERDER BARRIGA E BUNDA, CORRA MAIS(onde vc estava quando tomamos o gol?). Moreno pode sumir, vc recebe bolas e tropeça nela, cai sozinho e fica pedindo falta, some logo. Se o Borges tivesse a sua sequência já estaria na artilharia.