quinta-feira, 23 de outubro de 2014

MARCELO NÃO PODE CONTINUAR COM FRASES FEITAS

POR: MARCÃO ANTI-GALO

O técnico Marcelo Oliveira, depois do jogo, analisou o jogo como um comentarista. Não podia ter acontecido isso, não podia ter acontecido aquilo. Mas Marcelo, aconteceu. E muito porque o Cruzeiro não se portou como Cruzeiro. Bato o pé aqui sempre: em casa e mesmo fora, se o Cruzeiro não buscar se impor, pode acabar surpreendido. E aí será tarde demais. Ontem, por muito pouco, não foi. Ainda deu para buscar o empate. Mas por que o time não foi eficiente antes de levar o gol? O que Marcelo disse antes do jogo e no intervalo da partida? Para essas perguntas, tenho apenas uma resposta: antes do jogo a palestra foi melhor que depois dos 45min.

O time voltou bem pior no segundo tempo, nervoso, errando passes, disperso. O que você disse para o time, Marcelo? Analisar como comentarista após o jogo não adianta! Tem que agir como treinador durante o jogo! São sempre as mesmas mudanças, as mesmas jogadas. Onde está aquele Cruzeiro que encanta com jogadas desconcertantes, com criatividade, com tabelas, com envolvimento do adversário? Só vemos bola no lateral e cruzamento para a área! Quando não é o lateral é o Everton Ribeiro! Aliás, o gol do Palmeiras saiu de um cruzamento errado do camisa 17. Não adianta cobrar da defesa, dos laterais, se o meio facilita as jogadas dos adversários. Onde está o centroavante para fazer o papel de pivô? Poxa, ontem o Marcelo Moreno errou tudo que tinha e não tinha direito. Passe de meio metro... ele e a maioria do time por sinal, principalmente nos últimos 45min.

Se não tem tempo para treinar, Marcelo, converse. Faça o time se posicionar melhor. Não adianta reclamar porque não é só o Cruzeiro que está jogando partidas seguidas. Não é só o Cruzeiro com atletas na Seleção. Então, Marcelo, aja como treinador, não como comentaristas, com frases feitas, muitas sem sentido por sinal. 

Precisamos de um técnico líder, de jogadores que centrem o jogo, que chamem a responsabilidade. Onde está tudo isso? Sumiu? Faltam somente oito jogos. Vamos jogar com a alma, com a força e com a tradição do Cruzeiro. Estamos perto do Tetra, a sete pontos do segundo colocado. Cruzeiro, seja Cruzeiro nessa reta final como você foi em 2013 e boa parte desses cinco meses de liderança.

3 comentários:

cleiton Gama disse...

Na minha opnião o empate saiu no lucro para o Cruzeiro,aaaaah que saudade quando o cruzeiro jogava os 20 primeiros minutos alucinantes para tentar fazer o 1 gol logo.Assistindo o 1º tempo de ontem e vendo o Dede dando inicio as jogadas lançamentos bisonhos quando se tem Herinque , Lucas Silva Everton Ribeiro se escondendo na marcação adversaria isso me dava uma raiva tao grande.Esse cruzeiro do começo do segundo turno pra ca nao joga nem a metade do cruzeiro de 2013.

RUTILHO disse...

Discordo. O melhor jogador foi o goleiro palmeirense. 3 chutes do Everton, dois do Marquinhos, 2 do Moreno, 1 do Goulart e outros além do gol mal anulado do Egídio que não teve a intenção de usar a mão, foi acidental como afirmam os caras da globo. Falar que Marcelo O. é culpado, que o time não é o mesmo... O Palmeiras vem aqui, joga como time pequeno na retranca e seu goleiro pegou quase tudo. Apenas um acidente sem maiores consequências. Continuamos líderes, faltam 8 rodadas, SP segundo colocado 7 pontos atrás, Inter sumiu da tela. Mais 2 vitórias e o título está sacramentado.

Cruzeiro Online disse...

Analisando o cenário, não foi de todo mal. Mas o Cruzeiro poderia ter vencido. Tem mais time, mais elenco e errou muito. Se não fizer jogadas individuais, tabelas, cobrar faltas com eficiência, vai ser difícil. Odeio quando o time fica só jogando bola na área.