quinta-feira, 23 de outubro de 2014

FALA, TREINADOR!

O técnico Marcelo Oliveira justificou o empate do Cruzeiro com o Palmeiras por 1 a 1, nesta quarta-feira, no Mineirão. Para o treinador, a retranca adversária dificultou o trabalho da Raposa, que não conseguiu inaugurar o placar no primeiro tempo e acabou tendo que se abrir demais na etapa final. Com o time exposto, o rival encontrou espaços para fazer 1 a 0, mas o Cruzeiro encontrou forças para empatar nos acréscimos.

Marcelo Oliveira gostou da produção da equipe, mas lamentou a falta de eficiência na finalização. “O Palmeiras fez o que todos fizeram no Mineirão. Veio todo fechado, marcando os laterais. Nós tivemos 21 finalizações, contra seis do Palmeiras. Tivemos 63% de posse de bola, atacamos muito. Rondamos a área do Palmeiras o tempo todo, criamos umas três chances muito claras, infelizmente a bola não entrou”, analisou Marcelo.

"Em um jogo como este, é importante você fazer o primeiro gol, porque aí destrói essa possibilidade de ficarem o tempo todo atrás e você passa a ter mais campo para trabalhar. Quando mais estávamos atacando, levamos o gol de contra-ataque, felizmente conseguimos pelo menos um ponto, neste momento ele se torna importante”, completou o treinador.

Marcelo Oliveira também lamentou o calendário brasileiro. Com jogos duas vezes por semana, os clubes não têm tempo para treinar, apenas para se reabilitar fisicamente de uma partida para outra. Na visão do treinador cruzeirense, isso possibilita que equipes de qualidades técnicas diferentes se igualem em um confronto.

“Em relação ao Cruzeiro, o time que vai muito bem em duas temporadas, que está em primeiro lugar, firme nas duas competições, acaba sendo punido, os jogadores vão para Seleção, o Cruzeiro joga muito intenso, para frente, isso desgasta, tivemos hoje um pequeno problema com Alisson, esperamos que não seja grave. As equipes brasileiras estão no mesmo patamar físico, isso proporciona resultados surpreendentes. Se tivesse tempo para treinar, o time mais técnico e mais organizado faria diferença”, ratificou.

LINK ORIGINAL

2 comentários:

jose newton starling moreira disse...

Técnico incompetente. Ele não enxerga a ruindade de Moreno e Marquinho. 2 jogadores que não sabem dominar uma bola.

Cruzeiro Online disse...

O problema maior dele é que tem posto os mesmos atletas, que não tem funcionado. Com um elenco grande e qualificado, poderia tentar outras opções, inclusive com jovens recém promovidos, como Hugo e Judivan.