terça-feira, 18 de novembro de 2014

MATEMÁTICA PARA O TETRA!

O torcedor do Cruzeiro já faz as contas para celebrar a quarta taça do Campeonato Brasileiro. A matemática do título ficou ainda mais viva depois da vitória sobre o Santos, por 1 a 0, na Vila Belmiro. Com quatro pontos  acima do São Paulo e um jogo a menos na tabela, a Raposa tem várias hipóteses para conquistar o tetra nas rodadas finais.

A calculadora celeste terminará com saldo positivo para a taça em três situações: se o clube vencer dois dos últimos quatro jogos, se vencer um jogo e empatar outros três ou se vencer uma partida e o São Paulo tropeçar.

Poupado em parte do duelo contra o Peixe, Everton Ribeiro entrou na etapa final e revelou a ansiedade do grupo em confirmar o título de 2014, o segundo consecutivo do Cruzeiro.

“A gente espera que seja campeão o mais rápido possível. Teremos um jogo difícil na quinta-feira. O Grêmio está com um time muito forte, mas temos que concentrar para fazer um bom jogo e conseguirmos um grande resultado lá também”, disse.

O retrospecto contra os adversários no primeiro turno pode ser visto como mais um trunfo. O Cruzeiro somou 10 pontos diante de Grêmio, Goiás, Chapecoense e Fluminense. O clube venceu os três primeiros e empatou com o Tricolor no Maracanã.

O primeiro passo para concretizar a meta do título será nesta quinta-feira, em Porto Alegre, contra o Grêmio. Depois será a vez de receber o Goiás, no Mineirão. Por fim, o Cruzeiro visita a Chapecoense e joga em casa contra o Fluminense, na última rodada.

O São Paulo, vice-líder com 66 pontos, tem apenas três jogos a cumprir, pois antecipou a partida da 35ª rodada e empatou com o Internacional. O Tricolor joga diante do Santos (Arena Pantanal), Figueirense (Morumbi) e Sport (Arena Pernambuco).

MATEMÁTICA DA TAÇA
Vencer dois dos últimos quatro jogos
Vencer um jogo e empatar os outros três
Vencer um jogo e o São Paulo tropeçar em um

JOGOS QUE RESTAM AO CRUZEIRO:
Grêmio (fora)
Goiás (casa)
Chapecoense (fora)
Fluminense (casa)

JOGOS QUE RESTAM AO SÃO PAULO:
Santos (fora, mas em campo neutro)
Figueirense (casa)
Sport (fora)

Um comentário:

Pablo Quezada disse...

2O time do Cruzeiro deve entrar com um tratamento psicológico muito bem armado. Vejam o exemplo e a opinião do zagueiro Dante da Seleção Brasileira que perdeu de 7x1. Eles não souberam lhe dar com um tropeço. Se a cabeça estiver equilibrada, o resto o corpo resolve e se transformam em 22 jogadores. Tem que ir pra cima deles os 90minutos sem dar descanso nem pra olhar pro lado. Apertar até fazer 6x0. Vamos pra cima deles sem parar. Aqui no Mineirão vai ser Raposa com certeza. Vamos tremer o Mineirão pra deixar o Galo sem fôlego.