terça-feira, 10 de maio de 2022

Sócios passam de 51k

51.186 sócios! Essa torcida é demais!

quarta-feira, 4 de maio de 2022

Quase 50k

 A torcida do Cruzeiro, aos poucos, está chegando próxima à marca de 50 mil sócios do futebol. Com apenas 10k quando Ronaldo assumiu, em dezembro o sócio do Cruzeiro passou da barreira dos 49k nessa semana, prometendo chegar à marca estipulada pelo dono do clube em breve. Seja sócio, clicando aqui.

Ronaldo, no início do ano, pediu ao torcedor que virasse sócio e ajudasse o clube na reconstrução. A fama, a história e a credibilidade do empresário foram determinantes para que o clube saísse de míseros 10k para 49k em quatro meses, algo que Sérgio Rodrigues jamais conseguiria, assim como os presidentes anteriores. Apesar de o Cruzeiro já ter tido, num passado não tão distante, mais de 50k, muito se devia à empolgação do torcedor com o time, não com a credibilidade do dirigente. Aliás, nenhum até aqui havia chegado e dado a atenção que o programa deveria, tornando-o como meta de sustentação do clube. Tanto que o Cruzeiro se tornou quase insolvente após uma série de catástrofes internas, culminadas com a gestão de Wagner Pires e cia.

Bastidores

O Cruzeiro tem conversado com alguns executivos para assumirem a diretoria de marketing do clube. Lênin Franco, ex-Bahia, é um dos nomes falados.

JOAO VITOR VIANA

segunda-feira, 28 de março de 2022

Semana decisiva no Cruzeiro

O Cruzeiro terá uma semana muito importante, de definições, trabalhos nos bastidores, acertos, política e expectativas. Isso porque hoje há o sorteio da terceira fase da Copa do Brasil, quando o Cruzeiro saberá seu adversário em duas datas, diferentemente das primeiras duas etapas, que foram em jogo único e fora de casa. Além disso, o clube acerta últimos detalhes para contar com o volante Neto Moura. O volante, ex-Mirassol, é aguardado em Belo Horizonte para realizar exames médicos e assinar contrato de empréstimo até o fim da Série B do Campeonato Brasileiro. 

Junto a isso, o clube discute como será a final. A reunião desta segunda-feira definiu os detalhes. Depois de cinco anos, o Mineirão vai estar dividido entre atleticanos e cruzeirenses neste sábado (2), na grande final do Campeonato Mineiro. Nesta segunda-feira (28), às 10h, aconteceu uma reunião no Gigante da Pampulha com o objetivo de alinhar os últimos detalhes da operação necessária para a realização do evento. 

E junto a uma série de situações internas, o Cruzeiro também trabalha a narrativa para o dia 4, quando haverá a reunião com o Conselho Deliberativo sobre a venda da SAF. O prazo máximo para Ronaldo adquirir o clube é dia 18 de abril. Contudo, havendo alinhamento de ideias, pode ser que isso aconteça antes.

Outra novidade que pode aparecer é o anúncio de reforços para o ataque. Rafael Silva finaliza exames. Caio Dantas não vem mais. Vai precisar de cerca de dois meses para se recuperar de lesão. O Cruzeiro vai atrás de um centroavante.

Por: João Vitor Viana

segunda-feira, 21 de março de 2022

Nos bastidores, ataque é prioridade



O Cruzeiro, antes mesmo de ser comprado, de fato, por Ronaldo, deverá anunciar duas contratações para o setor ofensivo. Os atacantes Caio Dantas e Rafael Silva são os nomes que a equipe do Fenômeno deverá anunciar. Um deles, essa semana. Dantas, que estava no Água Santa, é aguardado essa semana em BH.

Dantas foi o artilheiro da Série B em 2020. Assim, o Cruzeiro terá os artilheiros das últimas duas edições no seu elenco. Rafael Silva também tem bons números. O jogador, de 29 anos, estava no futebol asiático, onde marcou 32 gols em 42 partidas. É jogador de lado do campo, disputando, assim, posição com Waguininho. Já Caio, viria para ser o reserva imediato de Edu, podendo, também, jogar junto ao camisa 99 celeste.

Na avaliação do grupo que gerencia o clube celeste, o setor ofensivo era o mais carente. Outras posições também poderão ser reforçadas, inclusive a lateral-direita. Gabriel Dias se machucou e não teve uma sequência ainda. De acordo com Paulo Pezzolano, ele faz parte dos planos. No entanto, a inatividade do jogador pode fazer o comandante celeste mudar os planos.

Por: João Vitor Viana

sexta-feira, 18 de março de 2022

40k e mais uma categoria de sócio! Cruzeiro lança o sócio internacional

Agora, quem mora fora do Brasil e quer ajudar o Cruzeiro em sua reconstrução, poderá. Isso porque Ronaldo anunciou, nesta sexta-feira (18/3), o programa de sócio para quem mora no exterior.

O link é esse: https://t.co/J61PfcqsxB

Seja sócio!




 

terça-feira, 15 de março de 2022

Querem soltar Barrabás?




Um assunto tem sido bem debatido nas redes sociais e vem causando até uma certa indignação: Ronaldo, segundo a Itatiaia, teria pedido as Tocas I e II como garantia para a compra da SAF. Isso fez com quem alguns torcedores, atrás de seus computadores, com a coragem que só a internet dá, começassem a crucificação de Ronaldo. Dentre as denominações estavam: oportunista e interesseiro. Outros fomentavam a ideia que "Ronaldo estaria querendo dar um golpe, querendo vender o clube para um chinês". Calma aí, pessoal!

Em primeiro lugar, o cruzeirense não está em posição de negociar. É até difícil de pensar como estaria o time, na altura do campeonato, sem Ronaldo e com Sérgio Rodrigues no comando. Estaríamos sem dinheiro, com a folha salarial inchada, com salários atrasados, processos nas costas e, possivelmente, teríamos perdido um ou outro jovem talento. E olha que esse ano temos dois jogadores diferenciados: Daniel Jr. e Vitor Roque.

Se o Ronaldo exigisse as Tocas I e II como parte da compra, por mim, teria que ceder. Se exigisse o prédio administrativo, o clube campestre, tudo que o Cruzeiro tem, deveria ceder. Por que? Porque o cara está pondo o dinheiro dele no Cruzeiro, salvando o clube, livrando-o de pessoas que afundaram o time, inclusive alguns que estavam perto dele no jogo contra o Pouso Alegre. O Cruzeiro, sem Ronaldo, seria um barco não à deriva, mas naufragado, esperando apenas o último acorde da banda do Titanic.

Então, cruzeirense de verdade, acorde para a vida! Ronaldo pedir como garantia é tão somente ter a posse dos imóveis para alguma eventualidade que venha a acontecer. Pessoal ama especular isso ou aquilo. Mas vamos por os pés no chão? Quem, em sã consciência, pegaria um time devendo R$ 1 bilhão? "Ah, mas ele tem dinheiro, é dinheiro de pinga isso aí que ele investiu!". No comércio, há oportunidades. Ronaldo viu a dele e o Cruzeiro viu a sua. Só virando SAF o Cruzeiro terá sua redenção, só com uma gestão eficiente e competente terá suas dívidas pagas em até 10 anos.

Não há o que se discutir. Ou é o Cruzeiro nas mãos de Ronaldo ou nas mãos de Sérgio Rodrigues. Sério que vão preferir crucificar aquele que se mostrou solícito em nos ajudar e nos guiar ao sucesso e libertar Barrabás? Sei que a história é cíclica, mas não quero rever essa escolha esdrúxula.

E mais: isso é o que a Itatiaia disse! Atualmente, em que SSR não solta mais as notícias para alguns repórteres, adoram uma celeuma, ainda mais quando o Cruzeiro está se mostrando no caminho certo. Querem o pânico? Querem jogar a torcida contra Ronaldo? Querem que o programa de sócios caia, que a diretoria saia, que a comissão técnica não fique e que o caos volte a se instalar? Aí você vai concordar em não dar como garantia dois imóveis, um deficitário anualmente e o outro, o CT oficial. Deixem o homem trabalhar! 

E mais: quanto mais tirarem imóveis das mãos de SSR, melhor. Afinal, olha só o que ele fez com o prédio administrativo! Alugou, por dez anos, a preço de banana. As gavetas de SSR fedem cada vez mais. E Ronaldo tá que limpa. Se ele tiver mesmo pedido em garantia os imóveis, ceda, Cruzeiro! Queremos subir em 2022! Chega de Série B!

Por: João Vitor Viana

segunda-feira, 7 de março de 2022

Arbitragem lamentável nos últimos 13 minutos... 13...

Até quando veremos o Cruzeiro ser prejudicado pela arbitragem com conivência e torcida da Federação Mineira? Até quando não serão investigados os dirigentes dessa podridão que se instalou dentro da Federação, que nada faz para melhorar e, ainda por cima, passa pano para "erros" de arbitragem? Será que a Globo também está envolvida, pois assim não corre risco de perder a transmissão da final? Perguntas que não teremos, tão cedo, uma resposta. Autoridades caladas e quem manda continua nadando de braçada. Quando não vai na técnica, vai no apito. Simples assim.

Jogo parelho, com o Cruzeiro jogando bem. Isso incomoda muita gente. E na primeira oportunidade, pênalti. Lance fulcral para desestabilizar o time e mudar o jogo. O segundo gol foi consequência desse erro. E olha que se originou de uma falta de ataque do Cruzeiro que também não houve! Não foi pênalti, por mais que digam que "no calor do jogo ele marcou". Infelizmente a arbitragem terceiriza para o VAR até peido de jogador. E quando não há, fica essa lambança, para não dizer má fé.

No mínimo é uma incompetência imensa. Foi assim contra o América e, agora, contra o rival. Parece que há algo de pano de fundo que não seja só incompetência. Mas não quero acreditar nisso. O maior dos problemas é que não consigo duvidar. Erros muito recorrentes. Falta de qualificação ou de caráter. Aí que não tenho a resposta. 

Mais de 30 pênaltis em pouco mais de um ano para um time. Coincidência? Talvez. Mas estranho. 

sexta-feira, 4 de março de 2022

Adidas lança camisa oficial do Cruzeiro para a temporada 2022

 A camisa do Cruzeiro foi lançada nesta sexta-feira. A expectativa era que ela já fosse usada no clássico, contra o rival, domingo, às 18h, no Mineirão. Contudo, o mando de campo é do rival. everá haver uma festa ou cerimônia para apresentação do novo uniforme, o que poderá ser dia 13, contra o Pouso Alegre, no Independência, às 16h30.

Ronaldo, em BH, estará presente ao Mineirão.

Veja o vídeo abaixo:



terça-feira, 1 de março de 2022

Thiago assina por quatro anos e meio



O atacante Thiago está em fase de finalização de exames com o Ludogorets, da Bulgária, clube pelo qual vai assinar contrato por quatro temporadas e meia, até metade de 2026. Pelo jogador, o Cruzeiro receberá US$ 700 mil, mantendo 25% dos direitos do jogador, a ser diviido com o clube formador dele, o Verê.

"Com três gols em oito jogos nesta temporada, Thiago vinha chamando atenção no Cruzeiro. No ano passado, o Cruzeiro pediu R$ 7 milhões ao clube búlgaro para avançar em uma negociação. Entretanto, ela não foi para frente", lembrou o site Globo Esporte.

NAÇÃO 5 ESTRELAS (Em parceria)

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2022

Ronaldo em BH



Ronaldo Fenômeno deverá estar presente à partida entre o Cruzeiro e o rival, marcada para 6 de março, no Mineirão. Atualmente na Espanha, ele retorna ao Brasil ainda esse mês e tem a ideia de acompanhar a partida contra o Atlético presencialmente. Seria a segunda vez que Ronaldo de fará presente, se tudo se confirmar. Ele esteve no Independência, na estreia contra a URT. E seria a primeira vez no Mineirão.

Acompanhando de perto todo o processo de transição que está sendo feito no clube, em diálogo constante com Gabriel Lima e Paulo André, homens de confiança dele e que também o ajudam na administração do Valladolid, da Espanha, Ronaldo tem revezado a gestão do Cruzeiro com seus outros compromissos profissionais. Assim, acompanha a Raposa à distância. De vez em quando solta algumas novidades, uma delas, da modernização da Toca da Raposa II que, segundo ele, estava "abandonadinha".

Os detalhes da venda de ingressos para o clássico do Mineirão ainda não foram divulgados, em função da distância para o jogo. Mas os duelos entre Cruzeiro e Atlético têm sido com 90% de torcedores do clube mandante. Sendo assim, a Raposa deverá ter cerca de 6 mil ingressos à disposição para a partida, uma vez que o mando de campo, esse ano, é do rival. O mando entre os clubes altera de ano a ano, tradicionalmente. Mas fica a dica: não será surpresa se o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, dias antes, decretar torcida única. Não é de hoje que ele baseia suas decisões de acordo com sua preferência clubística e sequer justifica o que é decidido na Prefeitura. Até porque a imprensa sequer questiona. O fato de ter retirado a obrigação do teste negativo de covid no dia do jogo do Cruzeiro, alterou completamente a presença de público no estádio. Já para o jogo entre o time dele e o América, o público deverá ser maior por conta disso.

Por: João Vitor Viana 

Cruzeiro com meninada em Tombos




O Cruzeiro vai entrar em campo bem modificado diante do Tombense, neste sábado, no estádio Almeidão. O técnico Paulo Pezzolano, que continua cumprindo isolamento por causa de covid-19, irá analisar os atletas que jogaram pouco nesse início de Campeonato Mineiro, do qual a Raposa é líder, após cinco rodadas. Com cinco jogos em 14 dias, a comissão decidiu preservar muitos atletas e observar outros, no contínuo revezamento que vem sendo feito no clube. Pezzolano já utilizou mais de 25 jogadores nesse início de temporada.

As informações são da rádio Itatiaia.

Os atletas relacionados serão formados por muitos atletas que estiveram na Copa São Paulo de Futebol Júnior esse ano. Uma das novidades é o atacante Alex Matos, que foi convocado para estar na delegação. Outros atletas, que inclusive treinam junto aos profissionais na Toca II, também estarão no grupo que viaja.

Não será estranho ver entre os titulares, o zagueiro Paulo, o lateral Geovane Jesus, o volante Ageu e o meia Daniel. 

Por: João Vitor Viana

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2022

Vitória na insistência




Num jogo ruim, chato, previsível, sem variações e sem capacidade de furar a retranca e o antijogo do Democrata, que abusou de simular lesões e parar o jogo, o Cruzeiro, por fim, acabou premiado com um gol nos últimos lances. Um ótimo cruzamento de Eduardo Brock achou a cabeça do artilheiro Edu, explodindo a torcida presente. Os 12311 torcedores vibraram muito, quase que ressoando todo o ódio causado pela postura do Democrata em campo. Uma vergonha e um acinte ao esporte e a quem pagou ingresso.

O mais inacreditável é ver membro da comissão técnica do time de Valadares falar que o "Cruzeiro ganhou roubado, porque não ganha no campo". Quanta cara de pau! Num determinado momento do segundo tempo, o jogo ficou parado por quase 10 minutos, entre lesões, reclamações, substituições. Se considerar toda etapa final, a partida ficou paralisada mais de 25 minutos. E pasmem: o Democrata reclamou dos acréscimos. Foram apenas 9 minutos, quando deveria ser, no mínimo, 15. A Fifa recomenda 60 minutos de bola rolando. Em Cruzeiro x Democrata, se ela rolou 40, foi muito.

O Cruzeiro entrou em campo com uma outra formação, em mais um teste, mudando seis jogadores em relação à partida contra a Caldense e a formação, ali, não funcionou. Três volantes, sendo Pedro Castro o responsável por se aproximar dos extremos Bidu e Waguininho não deu certo. Pedro tem bom passe, mas precisa jogar mais recuado. Assim, o time perdeu criatividade e insistiu, demais, em bolas alçadas na área, o que facilitou tanto para a zaga adversária, quando para a própria cera feita. Afinal, em vários momentos de disputas aéreas, o Democrata fingia lesão em possíveis contatos, a maioria simulada.

No intervalo Varini pôs em campo Daniel Jr. e João Paulo, o que melhorou a movimentação. Mas o Democrata, que já buscava não jogar e cozinhava o jogo no primeiro tempo, começou a fazer na cara dura, para elevar o ódio do torcedor ao grau máximo. Uma vergonha! Isso causou estresse nos atletas e pelas repetidas ações de simulação - que o árbitro, por sinal, foi conivente - alguns cartões foram aplicados. Machado acabou sendo a peça que mais apareceu na segunda etapa. Com praticamente 11 atletas dentro da área, restava o chute de longa distância. Em quatro oportunidades, Machado deu o seu bicudo. Numa, passou perto da trave, em outra, defendida no susto pelo goleiro. As demais foram chutes á la futebol americano.

Mas diante de um cenário horroroso, de poucas oportunidades, o Cruzeiro achou o gol, no final. Eduardo Brock - que jogou quase como um ala no segundo tempo devido ao desinteresse do adversário em atacar - achou Edu entre os zagueiros. O atacante cabeceou para o chão. A bola bateu e subiu, tocando ainda no goleiro adversário antes de entrar. No futebol não há justiça, mas se alguém merecia vencer, foi o Cruzeiro, não porque jogou bem, longe disso. Mas pela postura vergonhosa, vil, ridícula e cretina do Democrata, o empate seria um prêmio ao antijogo. Que os próximos jogos sejam melhores, que os times conquistem os pontos e os gols sem catimba. 

Análise positiva

O Cruzeiro vai encontrar muitos times na Série B que vão optar pelo mesmo esquema: não querer jogar. O Democrata buscou neutralizar o Cruzeiro através do excesso de simulações, buscando atrapalhar o psicológico e tentando, talvez, uma bola. Mas nada que não precisasse. O 0-0 seria a meta. Diante desse cenário, o Cruzeiro precisará saber como lidar com essas situações. Para furar retranca, é preciso jogador habilidoso, que acha espaço onde praticamente não há. Outro ponto importante é saber lidar com o psicológico. O nível de estresse ficou no "megaultrablaster". Então... é ficar mais cascudo com tudo isso

Por: João Vitor Viana

terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

Ronaldo vai fechar novas parcerias até o final do mês!




O Cruzeiro deverá anunciar, até o final do mês de fevereiro, novas parcerias, incluindo patrocínios. Em uma live, o futuro proprietário do Cruzeiro - ainda não o é, pois assinou tão somente uma carta de intenção de compra - afirmou que segmentou a camisa do clube e que novos parceiros estão querendo fazer parte desse projeto.

Ronaldo tem muita mídia e em tempos de atletas, formatou várias parcerias, as mais conhecidas com a Nike e Ambev. Não seria estranho haver uma mudança,  inclusive no patrocinador. E como o Cruzeiro vai lançar sua camisa em março, possivelmente os novos patrocinadores já constarão no lançamento do novo uniforme.

Ronaldo tem relações estreitas com o banco Santander, além de ter se reunido, recentemente, com o proprietário da Arezzo, Alexandre Birman. Outros empresários milionários também já foram vistos junto a ele, inclusive na estreia do Campeonato Mineiro, contra a URT. Outros têm frequentado o hotel onde Ronaldo fica quando vem a Belo Horizonte. O saguão do hotel, de vez em quando, vira sala de reuniões e transitam, ali, empresários dos mais variados ramos. Não seria, também, novidade com algum site de apostas. Ronaldo é conhecido no meio por ser um apreciador do Poker e outros jogos.

Na live, Ronaldo disse: "Estamos tentando trazer novos patrocinadores. Estamos negociando novas cotas das camisas e bem próximo de chegar. Estamos nos 'finalmentes'. Tem muita gente bacana querendo entrar no projeto do Cruzeiro e estamos vendo as melhores opções".

Por: João Vitor Viana

terça-feira, 1 de fevereiro de 2022

Cruzeiro tem quatro jogos remanejados. A começar pela partida contra o América

A Federação Mineira de Futebol (FMF) divulgou em suas mídias sociais os novos horários para os jogos do Cruzeiro. Em caixa alta, como se estivesse gritando, escreveu no Twitter: "Reavaliação dos horários de jogos do Cruzeiro - Campeonato Mineiro Sicoob 2022 - Módulo I". Contudo, no documento que já rodou todos WhatsApps, está claro que isso só aconteceu porque o Cruzeiro já negociou, para 2023, que a Globo transmitisse os jogos, com "exclusividade". Ou seja, todo o cenário tosco criado tanto pela emissora quanto pela Federação foi um teatro com o fim de ameaçar e forçar um cenário para o próximo ano, já que o Cruzeiro vendeu os direitos para a Sempre Editora apenas para 2022.

O problema criado se deu por uma ação do então presidente do Cruzeiro, Sérgio Rodrigues, que sem ter competência para fazer novas receitas e cansado de ser um pedinte para Pedro Lourenço, vendeu os direitos da temporada para o primeiro que apareceu. Criou toda uma celeuma desnecessária e acabou deixando o Cruzeiro amarrado a uma situação, servindo de bode espiatório. Com a represália, que contou com a anuência da FMF, a Globo obrigou o Cruzeiro a assinar para o ano que vem. E para evitar mais problemas, a equipe de Ronaldo topou. 

Assim sendo, quatro jogos do clube foram remanejados, caindo por terra aquela frase ridícula do senhor presidente da FMF, Adriano Aro, que "para alterar o jogo do Cruzeiro era preciso alterar outros, por conta de descanso e questões físicas". Uma balela que ninguém engoliu, a não ser os mesmos bobos que apoiam essa familia na FMF há mais de 60 anos.






sexta-feira, 28 de janeiro de 2022

30 mil sócios e jogo com América em horário nobre



A FMF pirraçou, o seu presidente, Adriano Aro, deu entrevistas que ninguém entendeu, tiveram a audácia de retirar o Cruzeiro do site da Federação, mas, ao que parece, os bastidores ficaram agitados de um tempo para cá e Ronaldo conseguiu mudar a postura truculenta, tanto de quem comanda a Federação (Rede Globo), como a própria FMF.

Na tarde desta quinta-feira (27), ficou definido que a partida entre Cruzeiro e América, marcada previamente para o horário esdrúxulo das 17h30, será às 21h30 do mesmo dia, um horário que vai permitir ao torcedor, com calma, estar no local, cumprindo, obviamente, as medidas de segurança por conta da pandemia. Ainda que haja limitação de público, a tendência é que toda a capacidade prevista para o jogo, cerca de 20 mil pessoas, seja ocupada. Isso se deve em razão do jogo, do desempenho na primeira partida do ano, contra a URT e também por causa do aumento de sócios, que também nesta quinta-feira, bateu 30 mil. Desde que foi anunciada a assinatura do termo de compra para Ronaldo, há pouco mais de um mês, o número de sócios triplicou. A tendência é que atinja outras marcas em breve. A meta é de 50 mil. Isso vai depender de uma série de circunstâncias, que já expusemos aqui. A carta de Ronaldo ao torcedor, continua valendo.

Domingo

O próximo jogo do Cruzeiro é contra o Athletic, em São João Del Rei, às 11h, do próximo domingo. O goleiro Rafael e o zagueiro Sidnei, inscritos no BID,, podem estrear. O volante Nonoca, que ficou de fora do primeiro jogo, com dores na perna, já treinou com bola e está apto aa jogar também. Ambas as equipes venceram na estreia, sendo que o Athletic bateu o Uberlândia, fora de casa, por 1 a 0.

Por: João Vitor Viana

quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Mais um zagueiro na Toca



O Cruzeiro deverá anunciar, em breve, a contratação do zagueiro Oliveira, de 25 anos e que pertence ao Atlético-GO. Nos próximos dias ele chega à Toca da Raposa, onde realiza exames e assina contrato. A confirmação da negociação veio através do próprio presidente do Dragão, Adson Oliveira, revelada ao site Globo Esporte.

"Ele manifestou interesse em sair. O jogador tem um ano de contrato. Nós vamos fazer mais um ano, que aí ele aceita. Daqui a pouco iríamos perder o jogador, ele iria ficar aqui emburrado, e eu não quero isso", explicou o dirigente. "Evidente que se o jogador tiver dois ou três anos de contrato, eu vou ter uma postura diferente, vou defender o clube. Mas cada caso é um caso, e eu entendo, porque o jogador só tem um ano de contrato. Ele manifestou vontade de jogar em outra equipe, e vamos ver se ele tem a razão. Ele vai lá, arrebenta, traz dinheiro para o Atlético-GO, segue a vida dele", completou.

Em 2021, Oliveira disputou 31 jogos, não sendo titular absoluto e atuando, também, como volante. Com 1,87m, teve nome aprovado pela comissão técnica do clube e também pelos analistas de desempenho e mercado. Possivelmente chega para a vaga de Eduardo Brock, que tem contrato até o final do Campeonato Mineiro e não deverá permanecer. 

Por: João Vitor Viana

Cruzeiro faz boa estreia e supera retranca e catimba da URT



Quem foi ao estádio ou viu pelo streaming, sobre a partida, gostou do que viu. Um time vibrante, protagonista, com bons valores individuais, com futebol coletivo e interativo com os presentes. Perfeito? Óbvio que não. Falhas individuais aconteceram, o preparo não é o ideal, o adversário era frágil e um certo preciosismo acabou tomando conta em alguns lances, o que não pode ser uma tônica. De toda forma, um jogo bom de se ver, avaliar, tirar como lição e usar como ponto de partida. O placar de 3 a 0 foi pouco pelo volume de jogo do Cruzeiro e pelos primeiros 30 minutos da URT, baseado em catimba, desinteresse, simulações e tentativas de artimanhas para parar o jogo a todo o tempo. 

Com alguns desfalques - Rafael e Sidnei só entraram no BID da CBF nesta quarta-feira, prontos, portanto, para domingo -, o Cruzeiro teve que escalar o jovem Denivys no gol, contou com algumas estreias e caras do ano passado também foram ao campo. Remanescentes de 2021, Rômulo, Brock, Giovanni, Marco Antônio e Tiago. Estreias de Mateus Silva, Denivys, João Paulo e Waguininho e reestreias de Machado e Rafael Santos. No primeiro tempo, destaques para João Paulo, Rafael Santos e Waguininho, sendo o primeiro, um jogador que muito agradou. Waguininho poderia ter saído dos primeiros 45min como o melhor em campo se não tivesse vacilado em dois lances capitais, que poderiam ter sido transformados em gols. Já na segunda etapa, um bom jogo de Willian Oliveira, que entrou bem no meio, e Edu, pedido pela torcida em alguns momentos - inclusive um pouco antes de Tiago abrir o marcador. Edu, aliás, mostrou faro de gol e só não fez mais porque o goleiro adversário impediu.

Sobre Pezzolano, o treinador afirmou que vai rodar bastante o grupo, dando oportunidades a todos. Notou-se isso hoje. Disse, ainda, que joga ofensivo. Também foi possível ver isso. Mas, diferentemente do ano passado, quem viu o jogo, notou uma vibração diferente, de atletas que parecem unidos, que são colaboradores um do outro, que incentivam em campo e orientam, principalmente os mais velhos quanto aos mais novos. Isso foi possivel de ser visto numa bela defesa de Denivys, quando foi cumprimentado por Edu, Rômulo e o jovem Geovane.

Empatia

Quem mostrou-se bem com a torcida foi o atacante Edu. Autor do terceiro gol (Thiago e Machado fizeram os outros), foi para a galera, comemorando junto com aqueles que o pediram em campo ainda no primeiro tempo. Um episódio diferente foi a volta do time para o segundo tempo. A torcida chamou Edu e falou: "Entra". Ele respondeu: "O professor precisa me chamar".  Edu entrou aos 7min do segundo tempo e marcou o gol da vitória.

Análise

O jogo teve um time dominante e um que veio para empatar. Por 30min, a URT conseguiu cozinhar o jogo, retardar, simular falta, exagerar no tempo caido. Foi tomar gol e ninguém mais machucou, ainda que algumas entradas fossem bem mais duras. Tentaram catimbar. Se jogassem de peito aberto, seria de cinco ou mais. E olha que o Cruzeiro não fez sequer um amistoso em sua pré-temporada! Isso quer dizer que o torcedor pode esperar desse time encarando todos de igual para igual? Tudo muito cedo para ser avaliado. Inclusive o desempenho individual dos atletas. Machado mesmo foi um jogador que teve boa atuação, apesar de alguns erros em passe. Fez um bonito gol, jogando sem inventar e aparecendo bem para o jogo. Mateus Silva foi seguro; Rafael Santos bem ofensivo e Edu, um matador. Thiago começou bem mal, perdeu lances bobos, mas fez um gol de puro oportunismo. Vejamos os próximos jogos. O cartão de visitas teve a presença e os aplausos de Ronaldo, que saiu feliz com o que viu e certo que muito ainda há a evoluir, dentro e fora das quatro linhas.

Presenças no estádio

Estiveram no estádio os jogadores Nonoca, Rafael e Bidu. O volante sentiu dores e foi poupado. Rafael não estava apto para o jogo, assim como o lateral, contratado ontem. Todos poderão estar disponíveis para domingo, quando o Cruzeiro pega o Athletic, em São João Del Rei, às 11h. Ambos iniciaram o Mineiro com o pé direito. Enquanto o Cruzeiro bateu a URT, o Athletic venceu o Uberlândia, fora de casa.

Por: João Vitor Viana 

terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Dia D! Nomes precisam estar no BID!



Se o Cruzeiro quer ter ao menos uma parte dos atletas contratados à disposição para o jogo desta quarta-feira, às 17h, no Independência, contra a URT, precisará correr. Isso porque para que tal condição aconteça, o nome dos atletas deve constar no Boletim Informativo Diário (BID) até às 19h desta terça-feira. Pelo regulamento, o jogador tem que estar no sistema até o dia anterior à partida. Na manhã desta terça, o site da CBF apresentou instabilidade e o link para o BID muitas vezes ficou fora do ar.

É uma contagem regressiva, como foi postado aqui. O principal fator impeditivo era o transfer ban, que foi pago nesta segunda-feira (24). Agora, o Cruzeiro precisa da liberação da Fifa e inscrever os atletas na CBF. Precisará de habilidade, conversa, penetração na entidade e, além disso, sorte do sistema não sair do ar. O principal ponto de partida é o documento da Fifa e a notificação à CBF. Depois disso, pernas para que de quero! É ficar de olho no BID e ver quem estará apto para a estreia no Mineiro.

Carta

Na noite de ontem, o sócio do futebol recebeu, por e-mail, um comunicado, assinado por Ronaldo, falando da necessidade de estar próximo ao clube. A carta, contudo, pode ser endereçada a todos os cruzeirenses. Se cada sócio chamar mais um e se cada cruzeirense se mobilizar em prol de outra, a meta de 50 mil sócios chegará mais rapidamente. Na manhã desta terça-feira, o número passou dos 28k. A adesão acelerou após o pagamento do transfer ban, mas ainda está em um patamar bem abaixo do que é necessário. Com 50k, o Cruzeiro poderá, por um bom tempo, colocar algumas coisas em ordem, acertar atrasados, negociar dívidas, pagar salários em dia e mostrar credibilidade ao mercado. Seja sócio!

Por: João Vitor Viana

Primeiro jogo, primeiros desfalques



A torcida do Cruzeiro, nesta quarta-feira, contra a URT, às 17h, no Independência, pelo Campeonato Mineiro, não verá ao menos dois reforços contratados para a temporada 2022. O zagueiro Maicon e o volante Pedro Bicalho testaram positivo para Covid-19 e já foram postos em isolamento. Além deles, o lateral Matheus Pereira e o volante Adriano também estão fora pelo mesmo motivo. O cumprimento protocolar de afastamento já iniciou e mesmo com o nome sendo publicado no BID, os atletas terão que ficar 10 dias sem fazer exercícios, o que prejudicará a volta deles ao time. Pedro Castro e Maicon, inclusive, iniciaram as atividades coletivas no time titular.

O Cruzeiro aguarda para hoje a liberação da Fifa e a regularização de seus 11 reforços anunciados até aqui na temporada. O prazo é até às 19h de hoje (25/1).

Por: João Vitor Viana

segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

Cruzeiro encaminha acerto com lateral Bidu



Um jogador que ninguém esperava, até pela posição que joga, está a caminho da Toca da Raposa II. O lateral-esquerdo Matheus Bidu, de 22 anos, melhor da posição na Série B de 2021, pretendido pelo Santos, é aguardado no Cruzeiro ainda hoje para realização de exames médicos e assinatura de contrato. A informação foi dada pelo site Cruzeiro Sports e confirmada pela Itatiaia.

Bidu chega com pompa de titular. Indícios de uma saída de Matheus Pereira? Sim. Mas seria mero chute falar disso. Contudo, com Matheus e Rafael para a função e, considerando que Pezzolano deseja trabalhar com 28 atletas, seriam opções demais para o mesmo setor. Que sejam feitas as melhores escolhas.

Bidu é um jogador que tem como forte o apoio e o chute de longa distância. Técnico, bate bem na bola e finaliza como poucos. Uma boa revelação do Guarani. O atleta já vinha sendo monitorado pelo Cruzeiro antes mesmo de Ronaldo chegar.

As expectativas são pelas informações quanto à contratação, já que ele tem contrato com o Bugre até junho de 2023. A multa para rescisão é de R$ 10 milhões. 

Por: João Vitor Viana

Contagem regressiva para o transfer ban



A segunda-feira do Cruzeiro será movimentada e promete novidades. Isso porque o clube trabalha contra o tempo para ter atletas disponíveis para a estreia, nesta quarta-feira (26/1), contra a URT, no Independência. Com 11 caras novas anunciadas oficialmente, nenhum ainda foi registrado devido ao transfer ban. Enquanto a situação permanecer, Paulo Pezzolano não pode contar com os reforços. Atualmente apenas 15 jogadores estão devidamente regularizados, sendo dois goleiros, ambos do sub-20.

É contagem regressiva. Pelo regulamento, para estar apto a jogar um campeonato, o atleta precisa estar até 19h do dia anterior no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. 

Os trâmites levam tempo  precisam de documento oficial. O fuso horário também é um problema nesse caso.

Ronaldo encontra-se em BH e fica até quarta-feira. Isso deverá acelerar o processo.

Por: João Vitor Viana

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Enxugamento de folha e gestão sustentável: o Cruzeiro, de Ronaldo



Quando uma gestão é ruim, a posterior, ou seja, a que a sucede, terá muito trabalho. O Cruzeiro veio de 10 anos de gestões catastróficas, a começar pelo final da gestão Perrella, Gilvan, Wagner e Sérgio. Tudo muito ruim, que acabou virando uma bola de neve terrível e quase levou o clube à falência, numa completa destruição administrativa e financeira. A situação, agora, tornou-se sustentável e responsável.

Diante disso, decisões nada populares precisaram e precisam ser tomadas. A contragosto de muitos torcedores, Fábio acabou deixando a equipe, inclusive durante um momento que chegou a se questionar o tipo de gestão que tivera assumido o Cruzeiro. Águas passadas. Contudo, a maioria dos torcedores apoiou a maior parte das decisões da nova gestão, do "Núcleo Ronaldo", com dispensas de atletas e contratações de outros. Ao todo, chegaram 12, sendo 10 oficialmente anunciados. Gabriel Brazão e Gabriel Dias ainda estão em fase final de finalização da parte burocrática. O goleiro, inclusive, já foi aprovado em todos os exames e dependia apenas da chegada de sua documentação, o que se deu na noite de ontem (21/1).

Se alguns chegam, outros saem. Vinicius Popó, que tinha contrato até 2024, foi dispensado. Quem vai seguir o mesmo caminho são os goleiros Lucas França, com contrato até 2023 e Vinicius; os zagueiros Ramon e Gustavo Rissi; o volante Henrique; e o atacante Airton. Já haviam deixado a equipe a maior parte do elenco do ano passado, inclusive o goleiro Fábio, além do atacante Laércio, que nunca jogou no profissional do clube, e o lateral Alan Ruschel.

Por: João Vitor Viana

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

O goleiro chegou!



O goleiro que irá substituir tem nome e sobrenome. Rafael Cabral, de 31 anos, desembarcou neste domingo, em Confins, e nesta segunda faz exames no clube e assina contrato. 

O jogador tem passagens por Santos, Napoli, Sampdoria e Reading-ING, onde estava até sábado. Como estava em ritmo de jogo e no meio de temporada, está com ritmo de jogos e treinos.

Nesta segunda o Reading publicou, em seu Twitter, que o contrato do goleiro havia sido rescindido e desejou boa sorte a Rafael.

Em entrevista à imprensa assim que chegou, Rafael declarou que faltava acertar alguns detalhes e que "dando tudo certo, seria uma honra vestir a camisa do Cruzeiro".

De saída

O lateral Cáceres está de malas prontas para o América. O jogador não aceitou redução salarial e não jogará no Cruzeiro mais.

Por: João Vitor Viana

Tarde de futebol na Copa SP



Desportivo Brasil e Cruzeiro entram em campo nesta segunda-feira, às 15h (de Brasília), no estádio Ernesto Rocco (foto), em Porto Feliz, em jogo válido pelas oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Quem vencer, passa às quartas. O jogo é eliminatório e, se permanecer empatado, será decidido nos pênaltis.

O Desportivo Brasil chegou nas oitavas de final após eliminar o Iape-MA, nos pênaltis. Em cinco jogos na Copinha, o time do interior paulista tem três vitórias, um empate e uma derrota. O Cruzeiro tem 100% de aproveitamento nos cinco jogos até aqui na competição. A Raposa marcou 13 gols e tem a melhor defesa com nenhum gol sofrido. Na terceira fase, o Cruzeiro eliminou o Retrô. A partida foi marcada por provocação extracampo, mas terminou com vitória celeste por 2 a 0.

O vencedor da partida desta tarde irá enfrentar nas quartas de final o classificado do confronto entre São Paulo e Vasco, que também se enfrentam nesta segunda-feira, às 20h, em São Caetano do Sul.

Por: João Vitor Viana

sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Calor absurdo, além do horário indecente!




Além de todos os problemas causados pelo horário determinado para os jogos do Cruzeiro no Campeonato Mineiro, que impacta negativamente em receitas para o clube, outro problema, pouco discutido, virá à tona em breve: a temperatura. Com jogos 17h, 17h30 durante a semana e 11h em finais de semana, a temperatura em Belo Horizonte ou no interior tende a prejudicar, também, os presentes e atletas. Isso causará, ainda, um desgaste maior físico neles, potencializando problemas de saúde e lesões.

Estando em meio a um verão chuvoso, a estação também se destaca pelas altas temperaturas. Cidades mineiras como Governador Valadares, Patos de Minas, São João Del Rei, Tombos são algumas cidades conhecidas pela temperatura. Ou seja, mais um problema que a fisiologia celeste terá que lidar, se os horários não mudarem.

Até por isso, o Cruzeiro vai buscar dialogar com a FMF em breve, inclusive buscando alteração na estreia, adiantada para terça-feira, às 17h, no Mineirão. É sabido que um jogo no Mineirão, hoje, com menos de 7 mil pagantes, é deficitário. Nesse horário dificilmente dará um público bom, diante de uma partida às 20h, por exemplo. O Cruzeiro tem feito uma jogada de marketing para bombar o sócio, oferecendo dois ingressos gratuitos ao torcedor nas primeiras duas rodadas. A questão é: ingresso para 17h ninguém merece! Horário ruim para presença, para acompanhar pela internet e num calor de verão belo-horizontino.

 

1ª rodada: Cruzeiro x URT - 17h

2ª rodada: Athletic x Cruzeiro - 11h

3ª rodada: Cruzeiro x América - 17h30

4ª rodada: Caldense x Cruzeiro - 16h30

5ª rodada: Cruzeiro x Democrata - GV - 18h

6ª rodada: Tombense x Cruzeiro - 19h

7ª rodada: Cruzeiro x Uberlândia - 18h

8ª rodada: Cruzeiro x Villa Nova - 11h

9ª rodada: Atlético-MG x Cruzeiro - 19h

10ª rodada: Cruzeiro x Pouso Alegre - 20h30

11ª rodada: Patrocinense x Cruzeiro - 16h30

 

CONFIRA TAMBÉM:

-> Horários absurdos marcam Campeonato Mineiro para o Cruzeiro

-> Conversa? Através do diálogo, Cruzeiro busca mudar horários com FMF

-> Rafael é o goleiro que Ronaldo quer para lugar de Fábio

Por: João Vitor Viana

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Vitória na Copinha e lateral dos profissionais se despedindo. Confira!




O lateral Cáceres está de saída do Cruzeiro. Fora dos planos de Luxemburgo no ano passado, o jogador chegou a ser reserva de Norberto, jogador que foi dispensado por deficiência técnica. Com a nova política de gastos, o jogador foi procurado e não se mostrou, em nenhum momento, propenso a diminuir o salário. Talvez esteja machucado pelo ano que passou e pelo baixo aproveitamento. Sendo assim, um abraço!

Por outro lado, nota-se, na Copa São Paulo de Futebol Júnior, bons valores, que deverão ser aproveitados por Paulo Pezzolano no time principal do Cruzeiro. O goleiro Denivys, o lateral Geovane, os zagueiros Matheus Vieira e Paulo, o volante Ageu, o meia Daniel e os atacantes Alex Matos e Victor Diniz são os destaques. No banco ainda estão Vitor Roque, Vitinho e Weverton. Roque vem se recuperando dos efeitos da Covid e tem sido opção por isso. Ficou 10 dias sem treinar, fazendo o devido distanciamento social.

Em campo, o Cruzeiro bateu o Bragantino, enfrentando, na próxima fase, o Retrô, time que já derrotou na primeira fase. Com gol de Alex Matos, o Cruzeiro bateu o Massa Bruta por 1 a 0. 

Por: João Vitor Viana

Jogo político e politicagem para prejudicar o Cruzeiro. Isso é o que a FMF e a Globo fazem. Que o Ronaldo mude isso!

 O Cruzeiro deverá procurar, em breve, a FMF a fim de achar um denominador comum para a tragédia que foi a liberação dos horários de jogos do Cruzeiro. Uma vez que o Cruzeiro não aceitou negociar com a Globo, vendendo os direitos, de forma exclusiva, para a Sempre Editora, de Vitório Medioli, a 



FMF, junto com o Grupo Globo, de forma política e atrevida, fizeram boicote ao Cruzeiro. Antes velada, agora a torcida é descarada. Contudo, o Cruzeiro vai conversar para tentar minimizar os impactos.

Como publicamos, o Cruzeiro vai jogar TODA A PRIMEIRA FASE, em horários nada sugestivos. Segundo uma matéria do portal UOL, muito se deve á crise política entre a família Aro, que preside a Federação Mineira, com Vitório Medioli, que também é prefeito de Betim. Essa balbúrdia toda também se deve por essa razão.

Além disso, há uma cláusula contratual que dá à Globo o direito de transmissão em horários nobres. O que pode se discutir é essa cláusula ou, se não abusiva, o que parece ser, se há a possibilidade de jogar em horário nobre, mas em dias diversos, como segunda ou sexta-feira. Afinal, nesses dias a senhora Globo não passa jogos do Campeonato Mineiro. E é melhor ver um jogo no estádio segunda à noite do que terça-feira à tarde.

O Cruzeiro, assim, ainda não se posicionou de forma oficial e deverá aproveitar a estadia de Ronaldo em Belo Horizonte para, talvez, ir à Federação buscar uma solução que seja, ao menos, mitigatória quanto a isso.

Pela venda dos direitos à Sempre Editora, dona do jornal O Tempo, o Cruzeiro recebeu R$ 5 milhões.

FMF está de brincadeira!



Parece brincadeira, mas os horários divulgados para os jogos do Cruzeiro na primeira fase do Campeonato Mineiro são bizarros. Estreia às 17h em dia de semana, jogo às 20h30 num domingo. Enquanto isso, partidas do arquirrival sempre em horários sóbrios, privilegiando o torcedor e garantindo a presença em maior escala. A pergunta que fica: de quem é a culpa?

Há quem diga que quem comanda isso é o próprio clube e a rede transmissora. O Cruzeiro não assinou com a Globo, preferindo vender os direitos para o jornal O Tempo. O Cruzeiro foi procurado, mas não esclareceu a situação. O jornal também não se pronunciou.

Na internet, um site esportivo afirma, categoricamente, que Globo e FMF determinaram os horários das partidas. Outra pergunta: como a Globo, que nem contrato com o Cruzeiro tem, pode ter poder para ditar os horários dos jogos do Cruzeiro? O que acontece nos bastidores da FMF, novamente nas mãos da família de Elmer Guilherme, que deixou um histórico lastimável desde que saiu de lá?

Quem vai assumir esse filho feio?

Segundo o repórter Samuel Venâncio, o Cruzeiro já procurou a FMF para alterar esses horários, completamente incompatíveis com a normalidade e um assassinato ao sócio do futebol. Quem vai conseguir ir ao estádio numa terça-feira, 17h? Nem assistir pela TV é possível!

Seria favorecimento descarado? Parece!

1ª rodada: Cruzeiro x URT - 17h

2ª rodada: Athletic x Cruzeiro - 11h

3ª rodada: Cruzeiro x América - 17h30

4ª rodada: Caldense x Cruzeiro - 16h30

5ª rodada: Cruzeiro x Democrata - GV - 18h

6ª rodada: Tombense x Cruzeiro - 19h

7ª rodada: Cruzeiro x Uberlândia - 18h

8ª rodada: Cruzeiro x Villa Nova - 11h

9ª rodada: Atlético-MG x Cruzeiro - 19h

10ª rodada: Cruzeiro x Pouso Alegre - 20h30

11ª rodada: Patrocinense x Cruzeiro - 16h30

Por: João Vitor Viana

terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Primeira coletiva e arestas aparadas


Ronaldo Fenômeno esteve na Toca da Raposa II na manhã desta terça-feira e concedeu entrevista aos jornalistas. Ele falou dos planos a médio, longo e curto prazos, afirmou que encontrou o clube em situação diversa da que acreditava e que vai honrar os compromissos assumidos.

Ronaldo ainda afirmou estar motivado em seguir com uma gestão eficiente e sustentável, agradeceu ao torcedor e aos jogadores pelo apoio e que espera que o clube cumpra o planejamento traçado. O principal objetivo: subir para a Série A em 2022.

Confira abaixo os principais trechos da entrevista de Ronaldo:

Fábio

"Entendemos a importância dele para o clube. Fizemos uma oferta dentro daquilo que entendíamos justo, mas infelizmente não conseguimos o acordo. Sempre será ídolo e deixou marcada a sua história, mas precisamos virar essa página Nenhum atleta é maior que o Cruzeiro". 

Objetivo principal

"O que vamos buscar é sanear o clube. Encontrar esse equilíbrio de receita e custo. É o nosso primeiro desafio. Logicamente, num cenário dá antecipadas receitas, temos que buscar novas fontes. Isso não quer dizer que não vamos ter uma equipe competitiva. Junto com o Pedro Martins, Paulo André e Paulo Pezzolano vamos encontrar atletas que se encaixem na realidade do clube e vamos buscar voltar à Primeira Divisão, nosso principal objetivo. Nosso principal objetivo é voltar à elite. Teremos uma equipe competitiva. É nossa obrigação buscar isso. Um clube dessa grandeza precisa estar na elite".

Cenário do clube

"Ainda estamos no processo de análise. Temos uma oferta de compra, no qual estamos ainda abrindo todas as gavetas. Posso adiantar que a situação é dura, é difícil e que vamos precisar de um período longo, de um a dois anos, para encontrar um certo equilíbrio. De toda forma estou muito animado, sou entusiasta a fazer um time competitivo para subir esse ano".

"Ainda estamos descobrindo o tamanho do buraco que existe no clube. As necessidades vão aparecer, mas de imediato temos algumas dívidas que não podem ser ignoradas e que cumpriremos (transfer ban). Para 2022 e 2023 totalizam R$ 140 milhões, que vamos tentar negociar e parcelar. Não há um planejamento de aporte financeiro ainda. Estamos criando um padrão de gestão, eficiente e sustentável. Não gastaremos nenhum centavo a mais que arrecadamos. Vou cumprir meus compromissos e quando tivermos esse cronograma vamos falar e deixar isso mais claro a todos".

Pode não assumir o clube?

"Tecnicamente sim (sair do clube). Mas está longe da minha cabeça desistir do projeto. No momento estamos em processo de análise do clube, entender os credores. Mas o meu desejo é continuar e ficar aqui até fazer o clube voltar a ser grande novamente".

"É lógico que nosso objetivo é fazer o clube dispute grandes títulos e que seja protagonista no Brasil e na América do Sul. É o que esperamos a médio e longo prazo. Mas a curto prazo é de voltar à Série A. Para isso precisamos reduzir custos, fazer um novo padrão de gestão, transmitindo isso a atletas e funcionários, e a partir de uma gestão eficiente e sustentável seguir no projeto de chegar ao nossos objetivos maiores".

Dívidas

"Não tenho a programação do transfer ban. São R$ 140 milhões em 2022 e 2023. Para o fim de janeiro temos que pagar R$ 23 milhões, com o restante até o final do ano. Vamos cumprir com todas as dívidas que nos correspondem. 

Goleiro

"Estamos trabalhando com muitos nomes para o gol. Encontraremos nomes à altura do clube".

Realidade financeira do Cruzeiro

"Iniciamos o planejamento e vemos R$ 90 milhões de receita sendo R$ 60 milhões já gastos. Fizemos um plano para o que queremos para a área esportiva, em termos de direcionamento. Conseguimos, com esforço, renegociar os contratos, que entenderam essa situação do clube e decidiram permanecer. Hoje abaixamos o orçamento para R$ 35 milhões. Haverá cortes, de ações impopulares, para que o clube volte a ser o que era. A dívida é muito pior que eu imaginava. Mas vamos traçar novos planos, ações de marketing e vamos conseguir honrar essas questões".

Recado ao torcedor

"Nosso principal pilar é nosso torcedor. É preciso que vá ao estádio, seja sócio. Encontramos o clube com apenas 10 mil sócios e é algo que precisamos melhorar. Já chegamos a 15 mil, mas o torcedor também espera nossa reação, que já começou. A gestão eficiente vai ter resultado, mas contamos com o torcedor para que possamos dar essa virada juntos. O torcedor é nossa grande fortaleza. No início pode ser que encontremos dificuldades, mas que nos dê esse voto de confiança".

Por: João Vitor Viana

sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Quem substituir Fábio pegará um rojão imenso. Não é mera passada de bastão, até porque Fábio já saiu...




Ninguém, em nenhum lugar, é insubstituível. Mas quando alguém toma o lugar de alguém, seja por qual razão for, há, imediatamente, a questão da comparação ao anterior. É assim em qualquer empresa, em qualquer local. No Cruzeiro, não será diferente com o goleiro que assumir a titularidade do clube, em lugar de Fábio.

Com 12 títulos oficiais em 17 temporadas de Cruzeiro, Fábio não é só o maior goleiro da história do clube, com 976 jogos, como, para muitos, o maior jogador. Assim sendo, aquele que vier para substituí-lo, o que popularmente é conhecido por "passagem de bastão", dessa vez, será uma "pegada de rojão".

Principalmente pelas manifestações da torcida nesta quarta-feira em Belo Horizonte. A torcida celeste manifestou em frente a Toca da Raposa II e também na Praça 7 de Setembro.

Na última terça-feira, o goleiro Fábio foi informado que não continuaria no Cruzeiro. O clube, até o momento, limitou-se em emitir nota no site do clube e nada mais. Aliás, pouco foi explicado nas letras e parágrafos redigidos. Muitos torcedores continuam esperando por esclarecimentos e porque houve tamanha frieza para com alguém de tamanha envergadura e importância histórica no Cruzeiro.

Fábio é um gigante e quem o substituir terá que ser tão forte quanto. A pressão será enorme. Mas quem o substituir, terá que trilhar seu próprio caminho. Historicamente, o Cruzeiro viveu momentos ruins depois que perdeu goleiros ícones. Foi assim com Raul e Dida, por exemplo. Com Raul, um pouco menos, já que foi substituído por Luiz Antônio, contratado anteriormente á saída do goleiro titular. Jà DIda, história que ninguém até hoje também explicou, foi substituído por uma série de goleiros, como Rodrigo Posso, Ronaldo, André e, posteriormente, Jefferson, Todos ganharam títulos, mas um título cada um, o que mostra que teve problemas para substituir o ícone anterior. Gomes, em 2003, também foi um problema até encontrar um novo goleiro, que assumiria o gol com segurança. Quem acabou agarrando essa oportunidade foi o próprio Fábio, em 2005. A questão agora é que não é apenas substituir um goleiro. É substituir o maior goleiro da história do Cruzeiro.

Por: João Vitor Viana