terça-feira, 7 de outubro de 2014

CRUZEIRO É NOTIFICADO DA PUNIÇÃO

Cruzeiro e rival foram notificados oficialmente, nesta segunda-feira, sobre a perda de um mando de campo e multa de R$ 50 mil, para cada equipe, pelos incidentes no clássico disputado, no dia 21 de setembro, pela vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro. A punição foi imposta aos dois rivais mineiros em julgamento da Primeira Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), realizado na quarta-feira da semana passada.  Os dois times tem até quinta-feira para apresentar o recurso. Por questão de prazo, a CBF alterou o local da partida entre rival e Chapecoense para Ipatinga, no dia 18 de outubro, às 21h (de Brasília). A assessoria do segundo maior time de Vespasiano (primeiro é o VEC) informa que o caso está com o departamento jurídico do clube, que analisa a possibilidade de pedir o efeito suspensivo e trazer o jogo novamente para o Independência. Em entrevista à Rádio Itatiaia, o advogado do Cruzeiro, Teotônio Chermont, promete recorrer da decisão.

- Até quinta-feira faremos o recurso dentro do prazo e iremos pedir ainda o efeito suspensivo, tanto em relação à multa quanto a perda do mando de campo. Há bastante fundamento, até por entendimento do próprio tribunal, em vários outros casos, não faz sentido o clube ter de pagar uma multa para depois se reformar a decisão, e (o clube) não terá esse dinheiro reembolsado. Com relação à multa, tem que ser aguardar o trânsito em julgado, da mesma maneira com relação ao mando de campo. Se ele cumprir a perda de um mando de campo e depois reformar a decisão, não vai ter efeito. Acredito que seria sensato o deferimento do efeito suspensivo - afirmou Chermont.

Caso não consiga reverter a punição, o Cruzeiro deve pagar a perda do mando na partida contra o Palmeiras, válida pela trigésima rodada do Campeonato Brasileiro, marcada para o dia 22 de outubro. Até o momento, no site da CBF, o local do jogo está indefinido. Depois de enfrentar o Corinthians, na próxima quarta-feira, às 22h, em Belo Horizonte, o Cruzeiro vai encarar três equipes fora de casa: Flamengo, dia 12, no Maracanã; e Vitória, no dia 19, em Salvador, ambos pelo Brasileirão; e o ABC, em Natal, do dia 15, no confronto de volta pelas quartas de final da Copa do Brasil.
COMENTÁRIO
Diante da tragédia que poderia ter sido esse julgamento, o Cruzeiro, no meu modo de ver, saiu no lucro. Não porque realmente seja culpado, mas pela mão pesada do Tribunal, que poderia ter ocorrido. Eu não recorreria da decisão e mais: já marcava a partida contra o Palmeiras para Varginha.

Um comentário:

cleiton Gama disse...

http://espn.uol.com.br/noticia/445394_cruzeiro-acusa-falta-de-resposta-da-cbf-de-atrapalhar-ate-em-renovacao-de-atletas

Tem que falar isso é em entrevista pra ganhar maior repercussão isso que a cblixo ta fazendo é inaceitavel quase 1 mes que o cruzeiro tentando regularizar o lateral e a cblixo não da nem uma resposta, duvido se fosse um dos queridinhos dela esse lixo de ''confederação'' demoraria tanto.