sexta-feira, 7 de novembro de 2014

NA PAUTA DO CRUZEIRO, SOMENTE DECISÕES

POR: RAPOSO SENSATO

Todo clube pensa em estar sempre disputando títulos.

Esse ano, o Cruzeiro não só pensa, mas está de fato.

Pela frente, uma série de decisões, seja pelo Brasileiro ou a finalíssima da Copa do Brasil.

O desejo de todos os clubes vivenciado pelo time que há dois anos está na ponta de cima entre os times brasileiros.

Os tempos mudaram desde a crise que passamos em 2011.

Tempos passados que, espero, não voltem nunca.

Cruzeiro é time de chegada, de respeito.

Nada de Série B!

E faltam menos de 30 dias para esse clube, tão determinado, encerrar suas atividades.

O primeiro desafio desse período será domingo.

Pela frente, na minha opinião, o pior time da Série A no momento.

Mas futebol não é ciência exata e teremos, a todo custo, que nos impor e vencer esse duelo.

Tropeçar está fora de cogitação.

Temos que pensar uma decisão de cada vez, "mudando o chip" a cada jogo.

Semana que vem começa a decisão da Copa do Brasil, que só encerra dia 26, no Mineirão.

Contudo, pensemos primeiro no Criciúma.

Que a torcida compareça a esta decisão.

Que a torcida compareça nessa reta final, em todas as decisões.

Não há jogos fáceis até o final do ano.

Há, sim, um comprometimento do time com sua torcida que não faltará raça e gana em busca da Tríplice Coroa.

Que haja, em contrapartida, um comprometimento da torcida com o time também.

Time e torcida devem andar juntos, sempre.

Somos Cruzeiro!

E estaremos com o Cruzeiro, mais do que nunca, juntos na missão de vencer as decisões desse ano.

Se na pauta do Cruzeiro há somente decisões, na da torcida também tem que haver.


7 comentários:

RUTILHO disse...

Pois bem, que apresente um futebol diferente daquele quando enfrentou o ABC. São 3 pontos valorosos a conquistar. E acho que o SP não ganha do VITÓRIA no Barradão.

Roncalli I disse...

Troca de chipe: Agora é Brasileirão série A, Criciuma tem que ser batido neste domingo. Depois pensem no Galim.

Unknown disse...

Até onde estou vendo, não há como o Cruzeiro combinar com o Kalil de abrir mão dos 10% dos ingressos, pois feito um "acordo de cavalheiros", o Kalil pode após o jogo de quarta, dizer que foi prejudicado pela arbitragem ou algo do tipo e justificar que por causa disso irá exigir os 10% a que tem direito.
Imagino que não seja possível acordar isso em palavras, a não ser que os ingressos sejam vendidos antes do jogo de quarta.
Por isso, acharia mais prudente o Cruzeiro não abrir mão dos 10%, pois caso faça o contrário, não haverá como obrigar o Kalil a fazer o mesmo após o primeiro jogo.

cleiton Gama disse...

O Cruzeiro tem tudo para criar uma hegemonia no futebol brasileiro.Basta continuar com o nivel de profissionais que estao la dentro hoje,investindo bem na base,trazendo jogadores que deem frutos como Everton e Goulart por exemplo,tendo um elenco,torcida apoiando, e principalmente diminuindo o valor das dividas para não chegar a numeros estratosféricos. Se o cruzeiro continuar nesse ritmo que esta hoje os titulos seram consequencia de um otimo trabalho realizado. #FechadoCom OCruzeiro.

Luiz Ricardo disse...

Cruzeiro tem que abrir mão desses 10%!

Já ficou comprovado que esses 10% sempre trazem prejuízos ao clube. E já cogitando o pior: vai que esses 10% fazem uma merda la no Independência, e o Cruzeiro perde o mando da final?

Cláudio Roncalli disse...

Vamos focar no Criciuma, para embalar de vez neste final de ano.

Cláudio Roncalli disse...

O Kaiu tá achando que levará vantagem contra o CRUZEIRO porque terá um jogo em casa e o outro em campo neutro, e nós um jogo na casa do adversário e outro em campo neutro. Não tá nem aí para a renda, já tá devendo até os cabelos mesmo. Agora deixar ele falar que nós somos clientes e não fregueses como ele falou no ultimo jogo não dá, os jogadores tem que saber que ele falou isto. Que sirva de incentivo.