sexta-feira, 11 de julho de 2014

NEÍLTON PRECISA DE UM TRABALHO À PARTE

Uma das recentes contratações do Cruzeiro, o jovem atacante Neilton chegou ao clube cercado por expectativas que envolveu toda a novela em sua transferência para a Toca da Raposa. O torcedor, no entanto, que quiser ver o jovem atacante em campo terá que esperar mais um tempo para o atleta recuperar a melhor condição física.

Depois de três semanas nos Estados Unidos junto com o atacante, o técnico Marcelo Oliveira admitiu que o jovem ainda não tem condições de jogo. Isso porque Neilton ficou praticamente o primeiro semestre inteiro sem atuar e demonstrou uma defasagem física em relação aos companheiros.

O jogador chegou a entrar em campo no primeiro amistoso contra o Miami Dade, no fim da segunda etapa, mas depois não atuou mais. Ele só teve a oportunidade de atuar novamente em um jogo-treino contra o sub-23 do Houston Dínamo, quando novamente ficou em campo apenas por alguns minutos.

Embora não tenha tido a oportunidade de observar mais o atacante de 20 anos durante as partidas, o técnico Marcelo Oliveira gostou do desempenho do jogador durante os treinamentos e viu na jovem promessa revelada pelas categorias de base do Santos uma técnica refinada.

"Tive um contato nessa viagem de 20 dias com Neilton e percebi um jogador extremamente criativo, técnico, e, pelo fato de ter ficado parado, ele precisa fazer um trabalho físico mais intenso, para ganhar força e massa muscular, porque ele tem toques e jogadas muito inteligentes", afirmou o treinador celeste.

Apesar de não ter feito uma previsão, Marcelo Oliveira garantiu que esse trabalho específico de preparação física não deverá ser demorado. O certo é que o jogador dificilmente será relacionado para a partida contra o Vitória e as primeiras partidas do Brasileirão. "Vai ter que fazer um trabalho específico, não muito longo, mas terá que passar por isso para começar a participar dos jogos", ressaltou.

Se pelo lado físico Neilton ainda não está no ideal, o técnico garante que o jogador demonstrou rápida adaptação e está bem entrosado com os companheiros, assim como ocorreu com Marquinhos e Manoel, que também chegaram recentemente. Para o treinador a viagem aos Estados Unidos contribuiu para o grupo acolher os novos reforços.

"Essa saída (viagem aos Estados Unidos) colaborou com isso, porque vimos o entrosamento, uma brincadeira depois do jantar, os jogadores batendo papo. Tanto o Manoel, o Marquinhos e o Neilton são bons jogadores, já jogaram e aproveitaram bem. O Neilton que teve menos oportunidade porque estava um tempo parado", afirmou.

Mesmo que ainda não esteja no melhor condicionamento físico, Neilton treinou normalmente com os demais companheiros no primeiro dia de trabalhos na Toca da Raposa II. O jogador participou durante toda a atividade e mostrou boa desenvoltura ao longo do treino.

Um comentário:

¶Azul•H(«MG»)¶® disse...

Faça o seu trabalho direitinho,sem queimar etapas e na hora H,apresente o excelente futebol que você possui Neilton. Como bom mineiro que é,vá comendo pelas beiradas. Capacidade você tem,basta acreditar em si. O CRUZEIRO,é a maior vitrine do futebol da America do Sul,portanto,se um dia desejar jogar na europa...