segunda-feira, 31 de março de 2014

CRUZEIRO VENCE, SE GARANTE NA FINAL, MAS AGORA VOLTA AS ATENÇÕES PARA A LIBERTADORES

POR: MARCÃO ANTI-GALO

O Cruzeiro fez o suficiente para vencer. Ganhou por 2 a 1 e chegou a mais uma final, a ser disputada contra o nosso rival, já no próximo domingo, no Independência. Será jogo de partida única, uma vez que assim ficou estabelecido entre os clubes.

Na partida, o Cruzeiro, como dito, não fez uma partida espetacular. Mas foi tecnicamente superior e venceu com propriedade. Abriu o marcador, com Dagoberto, de pênalti; viu o zagueiro Matheus empatar em cobrança de falta; mas Bruno Rodrigo, após cruzamento de Willian, liquidou a fatura.

O jogo serviu como preparação para a "final" de quinta-feira, contra a La U, no Chile. O treinador, ontem, disse que aprovou a atuação celeste. "A gente precisava passar por este jogo produzindo bem, marcando forte, competindo muito, porque são situações que você vai vivenciar nos próximos jogos, decisivos, importantíssimos. Este jogo contra o Boa era importante, além da classificação, para a preparação da etapa que virá", analisou Marcelo Oliveira.

Contudo, ele revelou que a conversa com os jogadores depois da partida deste domingo já teve como tema a decisão contra La U. Se empatar ou perder, o Cruzeiro está fora da Copa Libertadores na primeira fase.  "Já conversamos na oração, pedimos para todo mundo se cuidar, se preparar bem, descansar, porque temos um jogo decisivo. Temos consciência que podemos chegar lá, ganhar e modificar essa situação na Libertadores”, disse o treinador.

Motivado pelo resultado e por aquilo que tem que fazer, o Cruzeiro, agora, pensa na La U. E a torcida vai junto, mesmo torcendo de longe, esperando por um bom resultado (a vitória) lá no Chile. Queremos chegar e se chegarmos, será difícil nos parar.

2 comentários:

RUTILHO disse...

Gostei do posicionamento do Lucas Silva jogando mais a frente na intermediária adversária. É ali que deve jogar. Samúdio defende bem e vai ao ataque com responsabilidade é o tipo do jogador "operário", dedicado. Não gostei do ataque, estamos sem o centro avante 9; Júlio não é isso tudo que dizem para a posição, Borges tá gordo e voltando fora de forma, Moreno machucado. Vinicius foi embora, sei não...

¶Azul•H(«MG»)¶® disse...

Se o nosso técnico fosse corajoso e audacioso,teria preparado o garoto MARCELO do juvenil,para o campeonato mineiro,quiçá libertadores. Esse garoto é outro fenômeno.Já falei sobre ele em outras oportunidades.Futuramente o melhor centroavante das américas.