segunda-feira, 18 de agosto de 2014

TORCIDA, VAMOS APOIAR!

POR: JOÃO VITOR VIANA

Torcedor, agora é a hora de apoiar o time. Ontem, no Mineirão, vi parte da torcida perseguir alguns atletas, em especial o armador Júlio Baptista. Não tiro a razão do torcedor, mas gostaria que ele fosse um parceiro nesse momento.

Explico: não sou um defensor dos atletas. Longe de mim. Acredito, inclusive, que o jogador deve ser cobrado por não estar mostrando qualidade. Mas não vejo agora como a hora para isso. Somos líderes e precisamos de todos unidos em busca do tetracampeonato.

Júlio Baptista foi importante no ano passado, quando chegou ao clube. É um jogador que trabalha forte e nunca fez "corpo-mole". Ao contrario, sempre procurou trabalhar em prol do time. Não reclama de ser reserva, mesmo com um histórico brilhante no futebol, com Copa do Mundo no currículo. Assim como os demais "reservas", aguarda o momento de entrar e mostrar serviço. E isso tem feito a diferença do time.

O Cruzeiro é um time unido por um ideal: o tetra. Há vaidade no grupo? Certamente. Mas isso é controlado por atletas experientes, como Tinga e Ceará, assim como também pela comissão técnica. Nenhum jogador gosta de ser reserva, mas todos, sem exceção, querem também deixar o seu nome marcado na história do clube.

Ontem, vi um Júlio Baptista que entrou sem confiança, que veio de contusão que o deixou de fora mais de um mês e que antes disso não vinha fazendo boas partidas. Mas vi também um jogador que não desiste e o gol que ele fez, com categoria, mostra justamente isso: que o cara é bom, é técnico e pode decidir.

Por isso, torcedor, vamos apoiá-lo, assim como todo o time. Não é hora de "Caça às Bruxas". Todos os times do Brasileiro gostariam de ter um time como o nosso, com um elenco como o nosso e de ter atletas como Julio Baptista em seu meio-campo. Temos o luxo de tê-lo no banco, assim como Dagoberto, Ceará, Marlone, Nilton, Manoel, Samudio, Borges, entre outros. Mas a realidade no Cruzeiro é diferente dos demais clubes. Os atletas estão aqui por um ideal e ser reserva no Cruzeiro, hoje, é melhor que ser titular em outros lugares.

Cabe ao torcedor deixá-los à vontade. E nada mais justo que apoiá-los. Atleta feliz, incentivado, é bom para o time, para a torcida e para nossa história.

3 comentários:

RUTILHO disse...

Critiquei o JB aqui mais pelo posicionamento. Ele não sabe jogar como centro avante camisa 9. O gol de ontem provou isto. Ele veio de trás, recebeu o passe já embalado dentro da área e fez o gol. Dessa forma acredito que pode ajudar.

¶Azul•H(«MG»)¶® disse...

Muito bem colocado João Vítor. Faço minhas ,as suas palavras.
Copa do Brasil,vem aí,campeonato brasileiro se afunilando,cartões,lesões,etc... O Elenco do CRUZEIRO é forte. Todos terão a sua oportunidade.

Luiz Ricardo disse...

Eu não vaiei o JB ontem por 2 motivos:
- Líder, ganhando 2x0 dentro de casa e jogando com tranquilidade.
- Enquanto qualquer jogador esta em campo, temos que apoiar, seja JB, Egidio, etc.

Sobre as críticas, eu continuo criticando o JB. Não temos que esperar perder pra reclamar! Copa do Brasil ta ai, e 1 erro pode ser fatal!