terça-feira, 31 de julho de 2012

COMEMORAR TÍTULO DE DÉCADAS ATRÁS É PARA OS FRACOS

POR: MARCÃO ANTI-GALO

Lendo sites esportivos vi que estavam comemorando título de 36 anos. Cruzeirense não comemora título passado, pensa nos que virão. Quem vive de passado é museu, ou somente um time: nosso rival.

Eles sim comemoram um título, apenas o único título importante que conquistaram. E fazem isso há 41 anos. Todo ano dizem a mesma coisa: ano que vem será nosso! Não, não será. Gastem o que quiserem que a zica está aí. E uma hora vai atordoar o time, que descerá a ladeira.

Mas não estou aqui para falar do rival. Até porque o rival não merece menção. Do lado de lá mais está para Mensalão, a começar pelo patrocinador e o dono do patrocinador, que foi denunciado no esquema. Vamos falar de Cruzeiro, de título. Mas dos que estão por vir.

Essa de comemorar título do passado não rola, como dizem os jovens. Não rola mesmo! E quem escreveu isso em seus sites, escreveu errado. Cruzeiro não comemora. No máximo relembra. Se comemorássemos todas nossas conquistas teria que ter uma festa por dia. E não temos tempo para isso.

FORMAÇÃO DEVE SE REPETIR CONTRA A PONTE

Depois de quatro jogos, Wallyson voltou a ser utilizado pelo técnico Celso Roth nesse domingo. Atuação do atacante na vitória sobre o Palmeiras, por 2 a 1, satisfez o treinador, que já fala em repetir a escalação na partida contra a Ponte Preta, no próximo domingo, no Independência.

No triunfo sobre o Palmeiras, Roth adotou nova formação tática. Montillo atuou pelo lado esquerdo, enquanto Tinga ficou mais centralizado e Wallyson jogou pela direita. Os três estiveram à frente da dupla de volantes, formada por Leandro Guerreiro e Charles.

“Grande ponto do Montillo é que, centralizado, todo mundo marca individualmente, pela capacidade de drible que ele tem. Pelo lado, sabíamos que causaria dúvida na marcação. Quando tiramos o jogador para uma função tática de marcar a passagem do lateral e sair num espaço vazio, isso desmonta qualquer esquema. O treinador pode armar qualquer esquema, mas a vitória pessoal desmonta tudo. Junto com velocidade do Wallyson, presença do Borges, e chegada do Tinga, o time se complementou, encaixou. Vamos ver se repetimos no próximo final de semana”, destacou Roth.

Antes de atuar contra o Palmeiras, Wallyson havia sido aproveitado pela última vez na derrota para o Internacional, por 2 a 1, em Porto Alegre. Ele sequer foi relacionado para os jogos seguintes, contra Grêmio, Portuguesa, Flamengo e Corinthians.

Novamente titular, Wallyson recebeu elogios de Roth. “O Wallyson nos dá uma alternativa que sempre vi nele e eu não conseguia ver nos treinamentos. Ele tem um perfil para a posição que nos deixa satisfeitos. Tive essa experiência no Internacional com o Taison. O Wallyson ainda é mais alto, tem velocidade, e, tecnicamente, encaixa no sistema e faz gol. Ele tem tudo para se firmar. Depende dele. Espero que ele consiga manter o nível de apresentação. Aí fica mais fácil, o treinador enxerga e põe para jogar”, ressaltou o treinador.

Quer reascender
Wallyson passou quatro rodadas do Campeonato Brasileiro sem sequer ser relacionado pelo técnico Celso Roth. Nesse domingo, ele recebeu nova oportunidade com o treinador e foi titular na vitória sobre o Palmeiras, por 2 a 1, no Independência. O atacante vislumbra agora reascender no Cruzeiro.

“O tempo que passei fora da equipe não me fez abaixar a cabeça. Todo mundo da Toca sabe o trabalho que fiz enquanto estive fora da equipe, respeitando os companheiros. Nunca desisti e vou lutar até o fim para dar a volta por cima”, afirmou.

O último jogo de Wallyson havia sido na derrota para o Internacional, por 2 a 1, em Porto Alegre. Na sequência do Brasileirão, ele esteve ausente inclusive do banco de reservas contra Grêmio, Portuguesa, Flamengo e Corinthians.

Em todo o Campeonato Brasileiro, Wallyson foi aproveitado por Celso Roth em cinco rodadas. Porém, ele foi titular apenas nas vitórias sobre Figueirense e Palmeiras, em dois jogos disputados no Independência.

Garçon eficiente

Contestado e irregular em 2012, Wallyson ainda busca recuperar a titularidade absoluta no ataque cruzeirense. Mas, apesar de ainda não ter conseguido o mesmo destaque do ano passado, o atacante já coleciona bons números este ano.

Das 23 ‘chances’ de Wallyson em 2012, somente 10 foram como titular, a última delas contra o Palmeiras, na vitória por 2 a 1, no domingo. Um levantamento realizado pelo Superesportes apontou que, embora o velocista tenha marcado poucos gols (cinco), ele já é o ‘garçom’ mais eficiente da equipe.

Wallyson deu seis passes diretos para gol nesta temporada. No último fim de semana, foi dele a assistência para o segundo gol de Borges – o primeiro foi de pênalti, sofrido por Montillo. É do argentino o posto de maior assistente do clube no ano em números absolutos. Foram sete passes diretos para gol, em 28 jogos disputados, todos como titular.

Em 2011, ano em que foi artilheiro da Copa Libertadores da América, com sete gols, Wallyson fraturou o tornozelo em agosto e ficou sem atuar até o fim do ano. Até ficar inativo, o atacante era o artilheiro do Cruzeiro na temporada, com 17 gols. Na época, Montillo tinha 15. O argentino, porém, era mais eficiente nas assistências, com 14 passes para gols, enquanto Wallyson era o segundo melhor garçom do grupo, com nove.

Melhores assistentes do Cruzeiro em 2012:
Montillo – 7 assistências em 28 jogos, todos como titular
Wallyson – 6 assistências em 23 jogos, 13 como titular
Walter – 3 assistências em 10 jogos, 7 como titular

Melhores assistentes do Cruzeiro em 2011, até a lesão de Wallyson:
Montillo – 14
Wallyson – 9
Roger – 8

Artilheiros do Cruzeiro em 2011, até a lesão de Wallyson:

Wallyson – 17
Montillo – 15
Thiago Ribeiro – 12

VOCÊ SABIA? ROTH UTILIZOU 20 JOGADORES EM DOIS JOGOS!

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

Entre desfalques e opções técnicas, a escalação do Cruzeiro alterou bastante nas duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Em busca da formação ideal, o técnico Celso Roth utilizou 20 jogadores nas partidas contra Corinthians e Palmeiras.

RAPIDINHAS DE TERÇA

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

QUATRO PODEM VOLTAR CONTRA A PONTE
O técnico Celso Roth poderá ter à disposição quatro ‘reforços’ para a partida contra a Ponte Preta, no próximo domingo, às 18h30, no Independência. O zagueiro Leo e o volante Sandro Silva cumpriram suspensão na vitória sobre o Palmeiras e retornam.

AMARAL NÃO VAI MAIS PARA O NÁUTICO. DESTINO: BOTAFOGO
Dado como reforço certo pela diretoria do Náutico, o volante Amaral cancelou seu acordo com o Timbu e deve assinar contrato com o Botafogo. Segundo o vice-presidente do alvirrubro, Toninho Monteiro, a divulgação do negócio acabou atrapalhando a vinda do jogador. “No final da semana, a notícia foi publicada e quando isso acontece, outros clubes, que também procuram novos reforços, acionam os diretores e conseguem fazer propostas melhores, já que eles têm melhor condição financeira do que a gente”, disse o dirigente. O empresário do atleta, Fábio Mello, garantiu que a ida do jogador ao Botafogo depende apenas da negociação entre o clube carioca e o Cruzeiro, time que detém os direitos financeiros do jogador. “O Amaral tem interesse em ir ao Botafogo e já encaminhamos a proposta até o Cruzeiro. A negociação está sendo conduzida diretamente pelos clubes e podemos ter uma definição ainda nesta semana", disse o agente.

DE OLHO NA ARTILHARIA
Jogando pelo Santos, Borges foi o artilheiro do Brasileirão de 2011, com 23 gols marcados. Motivado por ter balançado as redes por duas vezes na vitória do Cruzeiro sobre o Palmeiras, por 2 a 1, o atacante já almeja entrar na briga pelo posto de maior goleador do Campeonato Brasileiro novamente. Borges avalia que ainda estava distante da forma ideal antes de marcar os dois gols da vitória sobre o Palmeiras. “Estava com o freio de mão puxado, mas já são três gols, e agora é trabalhar. Se derem brecha, chego de novo. Agora o freio de mão está solto, estava meio preso. Vou continuar trabalhando com pés no chão, humildade. Vou procurar me posicionar bem porque, se derem brecha, vou chegar de novo”, destacou.


segunda-feira, 30 de julho de 2012

VALEM OS TRÊS PONTOS

POR: JOÃO VITOR VIANA

Voltei ao estádio Independência ontem. Juntamente com os amigos Marcão Anti-Galo, Raposo Sensato e Professor Celestino assisti a uma partida nervosa, tensa, que alternou bons e maus momentos. O Cruzeiro jogou bem, dominou o meio em noite inspirada de Tinga, que atribuo a melhor apresentação pelo Cruzeiro até hoje. Mas o Cruzeiro vacilou em momentos-chave. Como na hora que fez o pênalti, infantil por sinal, em Maikon Leite. Depois disso, foram 15 minutos de sufoco. Felipão tentou a todo instante empatar, vencer, tudo. Ainda bem que não conseguiu. Valeram os três pontos.

O que não valeu foi a falta de respeito para comigo no estádio. Sempre acessei os portões do Independência e do Mineirão e, quando não trabalhando, movia-me pelo estádio até o portão do torcedor. Preferia ver a partida junto do público, em pé, sem comodidade mesmo. E sempre foi possível, devido à educação e respeito dos profissionais no estádio. Ontem foi diferente. Não deixaram mudar de setor e na completa falta de respeito, ainda falaram absurdos, o que mostra o total despreparo dos funcionários da FMF. O estádio não estava cheio e eu estava lá como torcedor. Não custava nada liberar a passagem. Afinal, filiados à AMCE sempre tiveram trãnsito livre no estádio e hoje isso não foi possível. Perdi os primeiros 15 minutos de jogo por intransigência dos imbecis que trabalharam na partida. Bastava dizer que imprensa deveria entrar e sair pelo local credenciado e estava tudo certo. Mas não. Uns deixaram, outros não. Uns nem sabiam onde ficava determinado portão. Um cone com informações era mais útil para mim ontem. Mas vamos falar do Cruzeiro. A FMF me deu nojo ontem e sempre me dará. É gerenciada por incompetentes e os funcionários são analfabetos funcionais.

Voltando ao jogo, que é o mais importante, valeram os três pontos. Estamos próximos ao G-4. A rodada foi perfeita. Logicamente seria ainda mais se o Flu tivesse "carcado" o Galo. Roubado, não foi possível. Mas vamos que vamos. Vem a Ponte por aí. Estaremos lá novamente. Agora com a camisa do Blog Site. E vamos apoiar novamente. Seja em que setor for.

BOLA CHEIA E BOLA MURCHA

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

BOLA CHEIA
Para o volante Tinga, que finalmente jogou muito bem; para Borges, pelos dois gols; para Diego Renan, que se dedicou e jogou com vontade; para Thiago Carvalho, pela constância; para Ceará, pelo bom futebol.



 
BOLA MURCHA

Para Wallyson, que perdeu a chance de fazer 3 a 0 e definir o jogo; para Celso Roth, que não modificou o time de forma correta e quase pagou por isso; para a defesa celeste culpada pelo pênalti infantil no segundo tempo; e para Anselmo Ramon, que não consegue ser um pivô e que mais arma contra-ataques que ajuda.

FRASE PÓS-JOGO: ROTH USA VIDEO MOTIVACIONAL PARA BATER PORCO

"(Uma lição que) pode ser aplicada em qualquer circunstância da vida. Quem já viu sabe do que estou falando. Para nós, foi porque os profissionais do futebol, os jogadores têm uma vida até ilusória, saem de um patamar e chegam ao ápice sem escala. Às vezes, até sem tempo de amadurecimento. Isso leva a eles esquecer certas coisas, porque são cobrados a todo momento. Eles competem com adversário, entre eles no clube, e na vida. Nós profissionais do futebol somos cobrados a toda hora. Vamos abastecer, tomar café, jantar e os torcedores estão cobrando a todo hora. De vez em quando, o jogador se coloca num pedestal e, às vezes, esquece de certas coisas importantes na vida, que à situação que têm, o privilégio de serem da elite de um país campeão mundial. Isso, às vezes, passa em branco e é bom voltar ao chão. Eles viram o vídeo e, se revelaram, é porque tocou. Quando toca, é importante"

Celso Roth, técnico do Cruzeiro

REPERCUSSÃO DA VITÓRIA CELESTE - CRUZEIRO 2 X 1 PALMEIRAS

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

Em seu quinto jogo pelo Cruzeiro, Borges alcançou sua melhor atuação. Neste domingo, o atacante marcou os dois gols da vitória do time celeste sobre o Palmeiras, por 2 a 1, no Independência. Barcos descontou para a equipe alviverde. O triunfo foi construído com um pênalti em falta fora da área e uma finalização certeira de Borges. Agora a equipe comandada por Celso Roth soma 23 pontos, um a menos que o Grêmio, quarto colocado do Brasileirão. O Palmeiras, por sua vez, voltou à zona de rebaixamento, com 10 pontos, na 18ª colocação. (SUPERESPORTES)

Em sua melhor atuação no estádio Independência no Brasileiro, o Cruzeiro venceu o Palmeiras por 2 a 1, neste domingo, em Belo Horizonte. Os gols celestes foram marcados por Borges, o primeiro após pênalti duvidoso, em que os alviverdes reclamaram, com razão, de falta fora da área. Barcos descontou. Com a vitória, o time mineiro, com 23 pontos, colou no G-4 e está em quinto lugar, e empurrou o Palmeiras de volta à zona de rebaixamento, em 18º. (GLOBOESPORTE)

Com dois gols de Borges, o primeiro em cobrança de pênalti muito contestado pelo adversário, o Cruzeiro recuperou-se no Brasileiro, ao vencer o Palmeiras, por 2 a 1, na noite deste domingo, no Independência, impondo ao rival a segunda derrota consecutiva na competição. No minuto final, o alviverde ainda teve gol anulado, marcado por Artur. Com os três pontos, o time celeste chegou a 23 pontos e assumiu a quinta colocação, a apenas um ponto do Grêmio, que fecha o G4. O Palmeiras, que não vence há três jogos, ficou em situação ainda mais difícil com a derrota para o Cruzeiro. No momento, é o 17º colocado, abrindo a zona de rebaixamento. O time palmeirense, que já reclamava da marcação do pênalti a favor do Cruzeiro, na reta final dos 45 minutos iniciais, protestou mais ainda com a anulação do gol de Artur, sob alegação de impedimento. Depois de estar perdendo por 2 a 0, também por meio de penalidade máxima, o time visitante fez o seu gol, com Barcos, aos 23 min do segundo tempo e teve chances do empate até o final. (UOL)

domingo, 29 de julho de 2012

VITÓRIA NO SUFOCO

Cruzeiro vence mas passa aperto no final. Jogo poderia ser muito mais fácil

POR: JOÃO VITOR VIANA

O Cruzeiro voltou a vencer em casa e ficou a apenas um ponto do G-4. Isso porque a rodada foi perfeita para a Raposa. Todos acima empataram, o que beneficou a aproximação do time azul. O Cruzeiro bateu esta noite o Palmeiras, campeão da Copa do Brasil recentemente e confirmou a ascenção na tabela. Está muito próximo do grupo de elite e tem tudo para entrar já na próxima rodada, quando pega a Ponte Preta, também no Independência.

O jogo poderia ser muito mais fácil do que foi. No primeiro tempo, domínio do Cruzeiro, mas com pouca objetividade. Poucas defesas do goleiro palmeirense. De bom, apenas o lance do pênalti, que segundo alguns meios de comunicação, não ocorreu, sendo uma mera falta fora da área. Mas foi o lance que resultou no primeiro gol de Borges na partida. Bateu bem, no canto esquerdo de Bruno: 1 a 0.

No segundo tempo o Cruzeiro melhorou sua marcação e deu trabalho pelas alas. Chegou com perigo em alguma situações. Uma delas saiu o terceiro gol, que em passe de Wallyson, Borges pôs para dentro: 2 a 0. Wallyson poderia ter finalizado a partida minutos depois, mas desperiçou uma chance incrível. Tinga também quase marcou, mas Bruno fez grande defesa.

Quem marcou mesmo foi o Palmeiras, com Barcos, de pênalti. Em bobeira da zaga, Maikon Leite acabou derrubado. Convertido, o Palmeiras saiu para o jogo. Chegou a marcar mais um gol, aos 47min, mas o bandeira marcou impedimento. Para a nossa sorte, saímos vencedores.

Acredito que o Cruzeiro poderia ter vencido com folga o jogo de hoje. O Palmeiras não tem nada de mais, estava desfalcado de Valdivia e Marcos Assunção, o que é 70% do time. Tínhamos obrigação de vencer. Acredito que Celso Roth mexeu mal no time e por pouco o que era certo não ficou no empate. É bom Roth rever seus conceitos. Tirar Wallyson para por Willian Magrão foi um erro muito grande, o que possibilitou o Palmeiras crescer no jogo e quase empatar uma partida perdida.

PRÉ-JOGO - CRUZEIRO X PALMEIRAS

A derrota para o Corinthians, por 2 a 0, na última rodada, interrompeu uma série de duas vitórias e ainda deixou o Cruzeiro a quatro pontos da zona de classificação para a Copa Libertadores. Neste domingo, a equipe comandada por Celso Roth tenta aproveitar o apoio de sua torcida no Independência para encurtar a distância do G-4. O time celeste enfrenta o Palmeiras a partir de 18h30.

Para vencer o campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro terá de superar problemas no sistema defensivo. São três as dúvidas de Celso Roth no setor: o lateral-direito Ceará, que sente dores na coxa direita; o zagueiro Rafael Donato, com uma fratura no nariz, e o zagueiro Mateus, ainda gripado.

Caso Mateus e Rafael Donato fiquem fora da partida, Celso Roth terá como opções para a zaga Victorino e Thiago Carvalho. O defensor Leo, titular do setor, cumprirá suspensão, assim como o volante Sandro Silva. Em contrapartida, Charles retorna ao time.

Roth pode alterar ainda o ataque. Na preparação para enfrentar o Palmeiras, o treinador testou nova dupla de ataque em uma atividade tática. Ao lado de Borges atuou Wallyson, que voltou a ser relacionado depois de quatro jogos. O treinador admitiu, inclusive, que poderá aproveitá-lo neste domingo.

A preocupação de Celso Roth está centrada na vontade demonstrada pelo time adversário. “O Palmeiras defende muito, tem muita entrega. Já deu sinais que o resultado negativo (derrota para o Bahia, por 2 a 0) fez a luz de alerta acender, e vem forte para fazer jogo com Cruzeiro. Sabemos da qualidade do Palmeiras, campeão da Copa do Brasil, mas temos nossos objetivos e vamos tentar fazer o melhor”, observou.

Porém, o Cruzeiro encontrará um Palmeiras repleto de desfalques. Valdívia, Marcos Assunção e Wesley estão contundidos, enquanto Juninho cumprirá suspensão. Com dez pontos somados, a equipe comandada por Felipão tenta se distanciar da zona de rebaixamento.

Cruzeiro x Palmeiras


Cruzeiro

Fábio; Ceará (Diego Renan), Mateus (Thiago Carvalho), Rafael Donato (Victorino) e Diego Renan (Marcelo Oliveira); Leandro Guerreiro, Charles, Willian Magrão (Tinga) e Montillo; Wellington Paulista (Wallyson) e Borges
Técnico: Celso Roth

Palmeiras
Bruno; Artur (Cicinho), Wellington, Leandro Amaro e Fernandinho; Henrique, Márcio Araújo, João Vítor e Daniel Carvalho; Mazinho e Obina
Técnico: Luiz Felipe Scolari

Motivo: 13ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Independência, em Belo Horizonte
Data: 29 de julho (domingo), às 18h30
Árbitro: Fabrício Neves Correa
Assistentes: Roberto Braatz e José Eduardo Calza 

FONTE: SUPERESPORTES


JOGANDO BEM E BONITO...

Pressionado pela falta de um “futebol bonito” do Cruzeiro e pela falta de regularidade, o técnico Celso Roth admite que seu time ainda precisa melhorar no Campeonato Brasileiro. Antes disso, no entanto, o treinador considera que o objetivo da equipe tem de ser somar pontos, para não se distanciar das primeiras colocações na competição.

“O Cruzeiro precisa ainda convencer, mas em determinados momentos estamos fazendo partidas razoáveis, mas não conseguimos bons resultados. Isso não é o que queremos, queremos o Cruzeiro somando pontos e, se possível, convencendo. E nós ainda não conseguimos isso”, disse o treinador.

O time celeste conseguiu sequência de quatro vitórias no começo da competição (sobre Botafogo, Sport, Figueirense e Vasco), em que colocaram a equipe na liderança. Porém, o time não manteve o mesmo ritmo e perdeu as três partidas seguintes, para São Paulo, Internacional e Grêmio.

O Cruzeiro recuperou-se, derrotando Portuguesa e Flamengo, mas voltou a ser derrotado na última rodada diante do Corinthians. “Tive uma conversa com jogadores, em que salientei a importância que precisamos mais e mais de ganhar pontos. Assim é a nossa vida, mesmo estando em cima, o Cruzeiro precisa mais de pontos”, observou.

Na sexta colocação com 20 pontos, a equipe celeste busca a recuperação diante do Palmeiras, neste domingo, às 18h30, no Independência. Para o goleiro Fábio, a equipe está ainda irregular, mas em algumas partidas não teve “sorte”. “Sempre queremos que tudo dê certo. Infelizmente, tem dias que não dá para desempenhar um bom futebol e sai derrotado. Em outros, o time joga melhor, consegue se sobressair, mas não consegue fazer o gol”, destacou.

FONTE: UOL


RAPIDINHAS DE DOMINGO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

"ESTAMOS AQUÉM DO QUE PODEMOS", DIZ ROTH
O aproveitamento do Cruzeiro de 55% nas 12 rodadas iniciais do Campeonato Brasileiro não satisfaz o técnico Celso Roth. Embora a equipe tenha permanecido entre os primeiro colocados até este momento, o treinador cobra que seus comandados levem o time a melhor rendimento. “Está boa (a campanha), mas não como a gente quer e à altura do Cruzeiro. O Cruzeiro tem de ser mais do que isso. Cobrei justamente isso. Precisamos mais, e mais. E assim é nossa vida”, analisou o técnico cruzeirense.

"PARA MELHORAR, PRECISAMOS DE SEQUÊNCIA", DIZ BORGES
Depois de o Cruzeiro ser derrotado pelo Corinthians, o técnico Celso Roth admitiu que a parceria formada por Borges e Wellington Paulista ainda está aquém do esperado. Eles atuaram juntos nos últimos quatro jogos pelo Brasileirão, e Borges afirma que mais partidas serão fundamentais para que o rendimento da dupla cresça. “Não é dificuldade, é questão de sequência para que você possa se entrosar ao novo esquema de jogo. Futebol, às vezes, a sequência só acontece com os resultados positivos”, observou o atacante. “Joguei com o Wellington em 2005, no Paraná, e conseguimos atuar bem. A questão é ter o entrosamento para melhorar”, acrescentou.

DOIS JOGOS PARA ENTRAR NO G-4
O Cruzeiro inicia a 13ª rodada do Campeonato Brasileiro a quatro pontos do quarto colocado, Grêmio. Assim, vencer o Palmeiras, neste domingo, não basta para que a equipe celeste retorne ao grupo de classificação para a Copa Libertadores. O trunfo do time de Celso Roth para voltar ao G-4 está na sequência do Campeonato Brasileiro. Depois de receber o Palmeiras, o Cruzeiro jogará novamente no Independência. Na 14ª rodada, o compromisso do time celeste será diante da Ponte Preta. Dessa forma, a Raposa tenta aproveitar os dois jogos seguidos em casa para se aproximar dos primeiros colocados do Brasileirão.

sábado, 28 de julho de 2012

INDEPENDÊNCIA NÃO PODE SER A MORTE

POR: PROFESSOR CELESTINO

Desde que voltou a jogar em Belo Horizonte o Cruzeiro não consegue se impor. Passou perrengue com várias equipes e "conquistou" coleções de derrotas. Não soube se impor diante do São Paulo, do Grêmio... e agora temos o Palmeiras. Depois de duas vitórias seguidas voltamos a perder. E agora voltamos a jogar em casa. Como será que o time irá se comportar jogando em seus domínios?

O Independência não pode ser a morte, mas a glória. Historicamente o Cruzeiro é um time que em casa é temido. Ultimamente - e isso falo desde o ano passado - , ninguém tem nos respeitado. Os adversários vêm aqui e levam os três pontos. O Cruzeiro fica chupando o dedo e o G-4 vai ficando longe. Nos meus 62 anos de vida já vi muita coisa, mas nada que se compare ao Cruzeiro não ser um time lutador em sua casa, diante da sua torcida.

Já estive no Mineirão com mais de 100 mil pessoas. O Cruzeiro se inflamava e ia no tom da torcida. Juntos sempre fomos mais fortes. Amanhã, contra o Palmeiras, não teremos os mesmos 100 mil, mas talvez 16, 18 mil pessoas que possam de igual maneira empurrar o time para a vitória. É imprescindível que clube e torcedor andem juntos para que o sucesso volte. Nós estamos acostumados a ganhar títulos importantes e já faz um bom tempo, nove anos, que isso não acontece.

Amanhã estarei no campo, vibrando com esse time que amo há 62 anos. E aqui aproveito para fazer um pedido ao torcedor: tenho visto na televisão as enormes filas que as pessoas ficam para comprar ingresso. Peço ao torcedor que evite essas filas sendo um sócio. Nada melhor que ter garantido o seu ingresso para os jogos do Cruzeiro sem o menor esforço. Eu sou sócio e não me arrependo. Vamos chegar aos 20 mil sócios e deixar os cambistas chupando o dedo.

Amanhã tem jogão e vamos todos juntos, com o Cruzeiro, rumo a vitória.

METAS DIFERENTES ENTRE CRUZEIRO E PALMEIRAS

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

Apesar de ocuparem colocações distintas, Cruzeiro e Palmeiras buscam a reabilitação, neste domingo. Ambos perderam seus jogos no meio da semana, por 2 a 0, para Corinthians e Bahia, respectivamente. Outro ponto coincidente é que esses tropeços interromperam campanhas de recuperação.

O resultado negativo como mandante, deixou o Palmeiras muito perto da zona de perigo. Felipão admite que o risco de queda atormenta. Já o Cruzeiro, quer fazer valer o fator casa, o que ainda não é uma realidade no Independência.

O Cruzeiro não tem se dado muito bem no Independência. É hora de mudar essa escrita. Time que quer alcançar o sucesso deve fazer o dever de casa.

Mesmo o adversário sendo o atual campeão da Copa do Brasil, podemos vencer. O Bahia, que era lanterna, foi a São Paulo e despachou o Porco. Temos a tarefa e a obrigação de fazer o mesmo dentro de nossos domínios.

AMARAL VAI PARA O NÁUTICO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

O volante Amaral foi emprestado para o Náutico, nesta sexta-feira, e assinará contrato com o Timbu até o fim da temporada. O atleta viajou para Recife nessa quinta à noite para acertar detalhes do vínculo com o novo clube. Amaral não treinou nesta sexta, na Toca da Raposa II, e a assessoria de imprensa celeste já confirmou o empréstimo. Quando contratou o jogador, no início deste ano, o Cruzeiro adquiriu 60% dos seus direitos econômicos.

O contrato do volante com o clube estrelado vai até 31/12/2013. Até hoje, ele disputou 15 partidas com a camisa do Cruzeiro e não marcou nenhum gol  favor, somente um contra.

É mais um que deixa a Toca trazido pelo "padrinho" Mancini. O quinto, por sinal. Já saíram Walter, Fábio Lopes, Rudnei e Jackson.

ENFIM UMA CHANCE PARA WALLYSON?

Desde que Celso Roth chegou à Toca da Raposa, Wallyson perdeu espaço na disputa por uma vaga no ataque do Cruzeiro. Porém, depois de quatro jogos sem sequer relacionado pelo treinador, ele pode receber nova oportunidade contra o Palmeiras, neste domingo, às 18h30, no Independência.

Nesta sexta-feira, Roth comandou treinamento tático em que Wallyson foi aproveitado ao lado de Borges na equipe titular. Embora estivesse voltado apenas para atividade de finalização, Wellington Paulista deve seguir na equipe diante do Palmeiras.

“Fiz um trabalho com cuidado, e colocamos o Wallyson. Ele foi bem, é opção de velocidade. Conto com ele, porque tem característica importante, faz tabela com velocidade, chega muito. Mas, depois da lesão, não recuperou o ritmo. Hoje (sexta-feira), resolvemos dar uma oportunidade. Existe a possibilidade de aproveitamento do Wallyson no jogo. Não fazemos treinamento por acaso”, destacou Celso Roth.

Wallyson não joga desde a oitava rodada do Brasileirão. Ele foi aproveitado no segundo tempo da derrota para o Internacional, por 2 a 1, em Porto Alegre. Na sequência, ele ficou ausente das relações de Roth para as partidas contra Grêmio, Portuguesa, Flamengo e Corinthians.

FONTE: SUPERESPORTES

RAPIDINHAS DE SÁBADO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

VICTORINO COM CHANCES PARA AMANHÃ
A chance que o uruguaio Maurício Victorino tanto queria no Cruzeiro pode vir neste domingo, contra o Palmeiras, no Independência. Isso porque o zagueiro Mateus está gripado e é dúvida para o duelo. Rafael Donato, por sua vez, deve fazer uma cirurgia plástica no nariz e também não está garantido na partida. "ateus está gripado e não treinou. É dúvida porque é reincidência de gripe. Vamos decidir amanhã. O Rafael Donato amanhã vai fazer cirurgia plástica e talvez fique melhor que ele já está. Amanhã faremos o treinamento que deve definir a equipe" disse o técnico Celso Roth. A ssessoria de imprensa celeste explicou que é possível que Donato nem seja submetido à cirurgia. Ele será avaliado por um médico para saber se há necessidade do procedimento cirúrgico.

CAMPANHA INCONSTANTE, MAS COM BOM APROVEITAMENTO
Sob o comando de Celso Roth, o Cruzeiro convive com a inconstância no Campeonato Brasileiro. Sem conseguir emplacar uma sequência de resultados positivos, a equipe celeste tenta manter proximidade em relação ao G-4. Porém, uma série de classificações cruzeirenses para a Copa Libertadores mostra que o retorno ao torneio continental é um sonho viável. Entre 2007 e 2010, o Cruzeiro contou com boas campanhas no Brasileirão para conquistar uma vaga na Libertadores do ano seguinte. A sequência de quatro participações na principal competição do continente é a maior já alcançada pela Raposa. Atualmente, o time celeste soma 20 pontos. Em 2007 e 2010, depois de 12 partidas disputadas no Brasileirão, a Raposa contabilizava 19. Já na edição de 2009, a campanha cruzeirense era muito inferior à atual. Agora com 55% de aproveitamento, a equipe celeste é a sexta colocada do Campeonato Brasileiro. O time de Celso Roth está a quatro pontos do Grêmio, quarto colocado. Uma tentativa de aproximação do G-4 acontecerá neste domingo, quando o Cruzeiro enfrentará o Palmeiras, no Independência.

CEARÁ AINDA É DÚVIDA
Dos males, o menor. Saiu nesta sexta-feira o resultado do exame do lateral-direito Ceará, que deixou a partida contra o Corinthians com fortes dores na coxa direita. O resultado não apontou nenhuma lesão no local. Apesar disso, Ceará foi poupado da atividade tática desta sexta-feira, para se recuperar completamente das dores. Como ainda não participou de nenhum treino depois do jogo da quarta-feira, o lateral é dúvida para encarar o Palmeiras, neste domingo, às 18h30, no Independência.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

VIDEO: PERRELLA É ENTREVISTADO POR KAJURU

video
ZEZÉ PERRELLA CONVERSA COM JORGE KAJURU SOBRE DIVERSOS ASSUNTOS E FALA DE SEU ÚLTIMO MANDATO. DE BRASILIA, ONDE É SENADOR, DIZ QUE NUNCA MAIS VOLTARÁ. VIDEO VALE A PENA SER ASSISTIDO E COMENTADO.

VIDEO: ESPORTE INTERATIVO

AGENTE COMEÇA LEILÃO POR POLGA

Pentacampeão, de 33 anos, acertou transferência para o São José-RS para servir de trampolim para algum clube da Série A

POR: JOÃO VITOR VIANA

O zagueiro pentacampeão Anderson Polga, que nas últimas nove temporadas esteve no Sporting-POR, está de volta ao Brasil. Com uma manobra política, conseguiu acertar com o São José-RS enquanto estuda propostas de clubes da Série A. O acerto com o clube gaúcho se deu para que não se perdesse o tempo da transferência externa e até o dia 6 de setembro ele poderá ir para algum clube brasileiro.

O jogador foi pretendido pelo Cruzeiro em 2010, mas com mais um ano e meio de contrato a cumprir em Portugal, recusou voltar na época. Em conversa com os amigos do site Observatório do Esporte, o agente do atleta, agora, tem outro discurso. Disse, inclusive, que seria uma honra jogar em Minas Gerais, praticamente oferecendo o jogador para o Cruzeiro e o rival.

Contudo, Gilmar Veloz afirmou ainda que estuda uma proposta do futebol alemão. Ou seja, deu a entender que haverá um leilão e quem pagar mais, leva. Para o Cruzeiro, acredito que não seja o jogador, até pela idade e pelo setor que joga. Hoje o Cruzeiro precisa de um lateral e um atacante. Além disso, claro, precisa dispensar alguns atletas que estão mamando nas tetas do clube e não têm a menor utilidade. Falo isso principalmente no setor de meio-campo, onde há mais jogadores para poucas vagas. Na minha forma de ver, há pelo menos seis ou sete jogadores que poderiam sair do clube hoje, desafogando a folha salarial e permitindo, ainda, que o clube trouxesse dois jogadores diferenciados, como, por exemplo, Kléber, do Internacional e Dagoberto (sei que é impossível, mas somente a fim de citação).

Na minha opinião, Anderson Polga pode ir para qualquer lugar, menos para o Cruzeiro. É hoje um jogador em fim de carreira e que ainda é caro e não corresponderia tecnicamente. Se quiser leiloar, Veloz, que leiloe com qualquer time, não com a Raposa mais linda do mundo.


FRASE DO DIA: FÁBIO NÃO QUER VER O TIME PERDENDO O CONTROLE NOVAMENTE

"Sabemos que não depende apenas de um setor. A gente depende do grupo e de todos os setores. Então, tem que fazer essa marcação desde o nosso atacante, recompondo, fazendo o meio de campo marcar mais forte e os jogadores da defesa resolvendo com os jogadores de ataque do adversário”, argumentou o jogador. Quando a coisa não dá certo, quebrando a nossa forma de jogar, tudo fica fora do controle. É isso que não podemos deixar repetir no próximo jogo, porque senão vai sempre jogador fazendo um dois. Por isso que a gente tem que fazer o que é pedido pelo Celso para não desandar".

Fábio, goleiro e capitão do Cruzeiro

VOCÊ SABIA? FÁBIO E MONTILLO SÃO OS ÚNICOS 100% NO BRASILEIRÃO!

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

Além de sofrer com lesões e suspensões, o Cruzeiro convive no Brasileirão com a reformulação da equipe durante o campeonato. Os desfalques e as estreias de jogadores contratados recentemente levam a equipe comandada por Celso Roth a ter apenas dois jogadores com 100% de presença: Fábio e Montillo. O goleiro e o meia são os únicos cruzeirenses a terem disputado todas as 12 rodadas do Brasileirão. Em toda a competição, o técnico Celso Roth já recorreu a 26 jogadores.

RAPIDINHAS DE SEXTA

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

CEARÁ DEVE DESFALCAR O TIME DIANTE DO PALMEIRAS
Não bastasse perder o zagueiro Leo e o volante Sandro Silva por suspensão, o técnico Celso Roth ainda deve ter outro desfalque importante diante do Palmeiras, neste domingo, às 18h30, no Independência. Trata-se do lateral-direito Ceará. Ele foi substituído aos 17 minutos do segundo tempo para a entrada de Marcelo Oliveira. No fim da partida, Roth explicou que a alteração se deveu a uma lesão de Ceará. Com dores na coxa direita, Ceará passou por exame na tarde desta quinta-feira para avaliar a gravidade da lesão. Enquanto aguarda o resultado da ressonância magnética, o lateral-direito segue como dúvida para o jogo do Cruzeiro diante do Palmeiras, neste domingo, às 18h30, no Independência.

ROTH ADMITE QUE ATAQUE ESTÁ AQUÉM
Desde que Borges chegou ao Cruzeiro, ele forma dupla de ataque titular com Wellington Paulista. A parceria atuou nos últimos quatro jogos da equipe celeste pelo Campeonato Brasileiro e, por enquanto, não tem alcançado aquilo que o técnico Celso Roth esperava. “Os dois têm que trabalhar. E o Borges veio justamente num ponto em que não conseguimos trabalhar, porque você tem de jogar. Trabalhar que quero dizer é treinar. Nós colocamos os jogadores, mas, na realidade, a produção está aquém daquilo que queríamos, obviamente”, analisou o treinador. Borges e Wellington Paulista iniciaram parceria em derrota do Cruzeiro para o Grêmio, por 3 a 1. Na sequência, eles estiveram lado a lado em duas vitórias, sobre Portuguesa, por 2 a 0, e Flamengo, por 1 a 0.

COBRANÇAS NO PÊNALTI INFANTIL DE SANDRO SILVA
Apesar de não querer responsabilizar Sandro Silva pela derrota de 2 a 0 para o Corinthians, já que o volante cometeu pênalti que originou o primeiro gol paulista, o técnico Celso Roth classificou a atitude como infantil e disse que levar o gol dessa maneira “desequilibrou” o Cruzeiro. Para o goleiro Fábio, o lance “era simples de ter resolvido”. “Erramos infantilmente no gol, e o gol é desequilíbrio. O Corinthians teve o domínio, fizemos substituição do Fabinho, mas o time não conseguiu chegar ao gol. O Sandro é um jogador mais marcador, o Corinthians tinha a passagem do Paulinho. Estava funcionando até aquele momento, estava equilibrado. Mas aí acabamos levando gol”, comentou o treinador. “Tivemos falta de tranquilidade na hora do pênalti. Em um lance que era simples de ser resolvido, infelizmente o Sandro deu carrinho, o Jorge Henrique foi mais rápido e sofreu a falta. Aí, você jogando fora de casa, com domínio do Corinthians, ainda sofre pênalti, isso desanda todo o esquema que estava planejado”, completou Fábio.






quinta-feira, 26 de julho de 2012

ONDE ESTÃO LUCAS SILVA, ÉLBER E WALLYSON?

POR: RAPOSO SENSATO

O jogo de ontem, como frisou aqui quem cobriu a partida, doeu nos olhos. Nas mídias sociais, várias indagações, as quais também as faço: onde estão Wallyson, Lucas Silva e Élber. Isso porque colocaria ai no meio o zagueiro Rafael Donato, que me disseram, se lesionou. Mas que seja, onde estão os outros três citados? Será que Wallyson não produziria nada nessa partida? Se ele for tão pior assim que Wellignton Paulista, como li no Twitter, ele tem "que mudar de profissão". Se Lucas Silva não jogar melhor que Willian Magrão ou Sandro Silva, também. E o Élber? Pois é. Celso Roth embirrou com o menino. Só porque não jogou bem na única vez que entrou, nunca mais vai colocá-lo? Será que o cara, para ficar no time, além de craque tem que fazer mágica? Talvez sim. No Cruzeiro é assim: uns podem errar mais que os outros. Com uns há paciência, com outros falta.

O jogo de ontem poderia ser para os três que aqui eu citei. Não entendi as alterações de Celso Roth. Depois do pênalti desqualificante, também tiraria Sandro Silva do jogo. Afinal, em um lance ele não só concedeu pênalti ao adversário como ainda levou cartão e está fora da partida contra o Palmeiras. Já colocaria Lucas Silva, para ir ambientando ao time para o próximo jogo.Sim, Lucas, não Tinga, que não me agrada nem um pouco por sinal.

Celso pôs Fabinho. Nossa, que trágico. Não viu a cor da bola e ficou mais no chão que a própria bola. Mereceu sair do jogo. Mas não devia nem ter entrado! Entrou Souza, que na minha opinião, não tem culpa de nada, mas não era jogo para ele também. Era para por um jogador de velocidade. O Cruzeiro não tem atacante velocista? Tem. Dois. Wallyson e Elber. Até agora Celso não entendeu como utilizar alguns atletas e precipitadamente tem queimado alguns. Árias nem a campo foi. Élber só uma vez. Lucas só uma vez. Wallyson parou de ir. Assim fica difícil, senhor Roth!

JOGO MARCADO POR MUITOS ERROS, PRINCIPALMENTE DO TREINADOR

POR: MARCÃO ANTI-GALO

Tenho em minha convicção que o Cruzeiro tem um bom treinador. Sim, não é 100% acertivo, como ninguém é, mas é um cara que trabalha. Contudo, ontem foi muito mal. Mexeu e escalou mal o time. Tirou da zaga aquele que dá medo nos atacantes e nas defesas adversárias: Rafael Donato. O Cruzeior não ganhou nenhuma bola pelo alto no campo adversário. Os atacantes foram inoperantes e o meio, nada criativo.

O jogo começou até melhor para nós, que tínhamos mais posse de bola. Mas não fomos objetivos. Leandro Guerreiro quase fez um gol sem querer, que podia ter entrado, viu? Como podia! Mas não entrou e acabamos vendo a lambança de Sandro Silva, que deu um carrinho criminoso no jogador do Corinthians. Dessa vez o pênalti existiu e foi batido com categoria. Atrás do marcador, o Cruzeiro pouco ousou. Não perturbou o goleiro Cássio e esteve apátco até o final do jogo.

Não adiantou nada a conversa no intervalo. Roth não consegiu modificar a postura do time nem motivar o time. Voltou do mesmo jeito que foi: mal. As substituições não fizeram efeito e somente aumentou a desconnfiança do torcedor. O Cruzeiro tem um time instável e ontem mostrou isso novamente. O Cruzeiro precisa se equilibrar. Ainda sente com a falta de opções no elenco. Mas é isso até o final do ano... Pode chegar mais um ou dois, mas na essência é o que temos. E teremos que saber lidar com isso. E fazer valer nossa qualidade. Ontem não fizemos. Espero que contra o Palmeiras estemos melhor para poder sair gritando do estádio com uma posição melhor na tabela. Ontem foi triste. Bola para frente.

BOLA CHEIA E BOLA MURCHA

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE




BOLA CHEIA

Nem é pelo fato de ter jogado bem, mas por não terem sido ridículos que coloco aqui Fábio, Diego Renan, Ceará, Marcelo Oliveira e Leandro Guerreiro. Foram razoáveis, muito melhor que o restante da equipe. Nota entre 5 e 6 aos citados aqui.







BOLA MURCHA
Leo, Mateus, Sandro Silva, Montillo, Wellington Paulista, Fabinho, Souza, Celso Roth e Willian Magrão. A zaga esteve nervosa. Não sei porque Rafael Donato não jogou. O meio esteve confuso. Não entendi a entrada de Fabinho nem de Souza. Quem entrou, entrou pior do que aquele que saiu. Celso Roth foi infeliz em tudo que fez ontem. Escalou mal, orientou mal e substituiu mal. Assim como 90% do time, foi péssimo. Nota apaixo de três para todos os citados aqui.

FRASE PÓS-JOGO: FÁBIO CRITICA O TIME

"Não jogou nada. Não jogamos, o Corinthians fez acontecer e mérito deles que saíram com a vitória. Deixamos, e acontece isso aí"

Fábio, goleiro e capitão do Cruzeiro

REPERCUSSÃO DO JOGO - CORINTHIANS 2 X 0 CRUZEIRO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

Além de interromper sequência de duas vitórias no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro afastou-se um pouco mais do grupo de acesso à Libertadores ao ser derrotado pelo Corinthians, por 2 a 0, nesta quarta-feira, no Pacaembu. O time celeste está agora a quatro pontos do cobiçado G4. O Cruzeiro, que iniciou a 12ª rodada a um ponto do quarto colocado, agora não conseguirá entrar no G4 mesmo se vencer o Palmeiras, domingo, no Independência. Com a vitória sobre o Fluminense por 1 a 0, nesta quarta-feira, o Grêmio foi a 24 pontos, contra 20 do time celeste, que caiu para o sexto lugar. (UOL)

O Cruzeiro errou muitos passes, foi envolvido pelo Corinthians e acabou saindo derrotado do Pacaembu, nesta quarta-feira, por 2 a 0. O primeiro gol foi marcado por Chicão, de pênalti cometido por Sandro Silva. O volante tentou driblar dentro da área, perdeu a bola e aplicou um carrinho em Jorge Henrique. O segundo foi anotado por Paulinho, nos acréscimos da etapa final. Com a derrota, o clube celeste caiu para a sexta colocação, ultrapassado pelo Internacional, que ganhou do Figueirense por 1 a 0. Com a vitória do Grêmio sobre o Fluminense, o Cruzeiro ficou a quatro pontos do Tricolor gaúcho, primeiro time do G-4. (SUPERESPORTES)

Os mais de 30 mil torcedores que compareceram ao Estádio do Pacaembu na noite desta quarta-feira não se decepcionaram. O Corinthians derrotou o Cruzeiro por 2 a 0, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, e chegou ao quarto jogo de invencibilidade. Chicão, em cobrança de pênalti, e Paulinho marcaram os gols do triunfo corintiano. (TERRA)



quarta-feira, 25 de julho de 2012

VITÓRIA FICOU PARA O CORINTHIANS. 2 A 0 PARA A GAMBAZADA!

Em pênalti infantil de Sandro Silva e gol no final, Cruzeiro perde para o clube paulista e fica na sexta posição

POR: JOÃO VITOR VIANA

Um jogo ruim, muito ruim. Jogo para ir para um bar e aproveitar a cerveja e o tira-gosto, porque a partida em si foi péssima. 2 a 0 para o Corinthians, que não assustou durante todo o jogo, assim como o Cruzeiro, mas que aproveitou as chances que surgiram. A primeira, em um pênalti ridículo e claro, cometido por Sandro Silva. A segunda, em chute de longe de Paulinho, que encontrou o ângulo esquerdo de Fábio.

Foi uma partida fraca tecnicamente. O Cruzeiro foi mal escalado e Celso Roth caprichou nos erros durante o jogo. Cada mudança, um pífio resultado. O time todo esteve mal. Salvo Fábio, Ceará e Leandro Guerreiro apenas. Não por terem jogado bem, mas por não terem sido horríveis como o restante. Montillo esteve abaixo da crítica, Leo, então, péssimo dos péssimos.

Fico perguntando: o que deu na cabeça do Roth para tirar Rafael Donato do time? Com ele em campo, o Cruzeiro não havia levado gol nos últimos dois jogos. Hoje levou dois. Mateus e Leo bateram cabeça o tempo todo, o meio não fuincionou e o ataque não existiu. Uma das piores partidas de Wellington Paulista pelo Cruzeiro e a pior de Borges até agora. Ataque foi mais que cardíaco.

No próximo jogo o Blog Site Cruzeiro Online estará no Independência. Esperamos melhor sorte. Hoje o Cruzeiro foi ridículo, do zagueiro ao treinador. Veremos se diante do Palmeiras, que está próximo da lanterna, a gente consegue vencer. Hoje foi triste e o jogo ainda mais. Doeu nos olhos de quem gosta de um futebol bem jogado.

CRUZEIRO PELO MUNDO: TORCEDORA EM PARIS COM O MANTO SAGRADO!

VIVIANE GONÇALVES TAMBÉM É UMA TORCEDORA QUE TEM ORGULHO DE SER CRUZEIRENSE. EM PARIS, FEZ QUESTÃO DE SER FOTOGRAFADA USANDO O MANTO SAGRADO. ISSO AÍ, VIVIANE!

Se você quer ter sua foto tambem publicada em nosso Blog Site, mande um e-mail com a foto anexada, informando nome e local onde a foto foi tirada. Teremos prazer em divulgar para você! blog.cruzeiro@gmail.com

MERCADO DA BOLA: VICTORINO DE SAÍDA E MONTILLO MAIS FIRME DO QUE NUNCA

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

O Mercado da Bola ainda vai render até o final de agosto, quando as janelas europeias fecham por completo. Até lá, especulações irão rondar a Toca da Raposa, que tem alguns atletas que têm mercado, como Montillo e Victorino. Os dois, aliás, são de quem falaremos aqui hoje.

Contratado por US$ 2 milhões em 2011, o zagueiro uruguaio Mauricio Victorino perdeu espaço no elenco cruzeirense nos últimos meses. O defensor sequer tem sido relacionado pelo técnico Celso Roth. As oportunidades escassas suscitaram na torcida a possibilidade de saída do zagueiro. Para a partida contra o Corinthians, nem relacionado Victorino foi. Em entrevista ao site Superesportes, o agente do jogador afirmou que ocorreram sondagens apenas, mas que o atleta não deseja deixar Belo Horizonte. "Não existe nada concreto, existem muitas sondagens. Mas, sequer conversamos com a diretoria do Cruzeiro sobre isso, pois o Victorino não quer sair. E, para sair, teria que ser algo bom para todas as partes, pois o Cruzeiro detém 100% dos direitos econômicos e tem contrato até 2015", disse Irigoitia. "Se o Cruzeiro perdesse o jogador, tentaria repor e a janela internacional já fechou para contratar atletas, então essa reposição seria difícil. O Victorino também não tem interesse em sair", completou.

Sobre Montillo, Irigoitia, que também fala pelo meia, afirmou que a torcida pode ficar tranquila. Disse que Montillo está adaptado ao Cruzeiro e pretende cumprir o contrato com o clube até dezembro de 2015. Além disso, a multa rescisória do argentino gira em torno de 80 milhões de euros, valores comparáveis a grandes astros do futebol europeu. Até agora, somente o Al-Gharafa, do Catar, fez uma proposta de 9 milhões de euros por Montillo, recusada pelo jogador e pelo clube celeste. "Montillo não recebeu nenhuma proposta concreta nesta janela, somente uma do Catar, há uns dois meses. Nem o clube quis vender, nem o Walter quis sair. Ele está muito bem no Cruzeiro, muito adaptado a Belo Horizonte, a família gosta da cidade, ele não pretende sair do Cruzeiro", frisou.

Contudo, se não houver negociação por agora, poderão ocorrer em janeiro. Segundo apuramos, Victorino é um nome forte a deixar o clube uma vez que, não sendo titular e ainda, em sendo estrangeiro, pode dar lugar a outro atleta de fora, que possa vir e assumir a titularidade no clube.


ROTH ESPERA POR PEDREIRA DIANTE DO CORINTHIANS

O Cruzeiro vai encarar o Corinthians, campeão da Taça Libertadores nesta quarta-feira, em São Paulo. O jogo, válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, pode colocar a Raposa novamente no G4 da competição. Para isso, o Cruzeiro tem que torcer para que o Grêmio não vença o Fluminense, no Olímpico.

O técnico Celso Roth elogia o Corinthians e acredita que o adversário entrará focado na partida.
- O Corinthians vem fazendo um campeonato de recuperação. É difícil. Ganhar a Libertadores é complicado, a gente sabe como é. Ganha na quarta e se não ganhar domingo é vaiado. Certamente, será um grande jogo, mesmo com os problemas do Corinthians.

Para o comandante cruzeirense, uma vitória nesta quarta-feira dará mais moral para o time mineiro seguir sua caminhada neste Brasileirão, já que bater o Corinthians em São Paulo é sempre complicado.

- Independente da Libertadores, ganhar em São Paulo, Rio ou Porto Alegre sempre dá confiança maior para qualquer equipe. Espero que Cruzeiro esteja mais equilibrado. Algumas coisas que não funcionaram, e alguns erros que aconteceram, espero que não se repita.

Corinthians e Cruzeiro medem forças a partir das 21h50m (de Brasília) desta quarta-feira, no Pacaembu, em São Paulo.

FONTE: GLOBOESPORTE

RAPIDINHAS DE QUARTA

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

EXPECTATIVA É TER BORGER EM CAMPO HOJE
Embora Borges não tenha participado do treinamento desta terça-feira, o técnico Celso Roth tem expectativa positiva quanto à escalação do atacante contra o Corinthians, nesta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu. Borges foi submetido a exame que não constatou lesão em seu joelho esquerdo. Assim, Celso Roth confirmou que ele estará na relação de jogadores que viajam para a capital paulista na tarde desta terça-feira.

O MASCARADO AZUL!
O zagueiro Rafael Donato deve enfrentar o Corinthians, nesta quarta-feira, no Pacaembu, com uma máscara. Nessa terça, o defensor testou a proteção em treinamento realizado na Toca da Raposa II. Donato sofreu uma pancada no rosto na vitória do Cruzeiro sobre o Flamengo, por 1 a 0, no domingo passado. Segundo a assessoria de comunicação do clube, o zagueiro não fraturou o nariz. Porém, nesta terça, ele ainda apresentava grande inchaço próximo ao olho direito. Apesar da lesão na face, Rafael Donato não utilizou a máscara durante todo o treinamento desta terça-feira.

PRÓXIMO ADVERSÁRIO É EXEMPPLO!
Para o técnico Celso Roth, a reação do Cruzeiro, que obteve duas vitórias seguidas e encerrou sequência de três derrotas, se deve ao fato de o time celeste ter voltado a marcar forte os adversários. Segundo o treinador, o Corinthians, atual campeão brasileiro e da Copa Libertadores, só conseguiu êxito “porque defende muito”. “O Cruzeiro tem de saber que hoje precisa defender, tem de ter defesa forte. Voltamos a vencer porque nosso time melhorou a defesa, voltou a marcar, ficar fechado, o que não apresentamos nos três jogos que fomos derrotados. Hoje o futebol é pegado, marcado, disputado, o Corinthians mostra isso”, observou Celso Roth.

DO LADO DE LÁ...
O técnico Tite escalará o que tem de melhor no Corinthians para enfrentar o Cruzeiro, nesta quarta-feira, no Pacaembu, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O zagueiro Chicão e o volante Paulinho, que desfalcaram o treino da última segunda-feira, trabalharam normalmente nesta terça e foram confirmados para a partida. Recuperados de dores musculares, Chicão e Paulinho participaram do rachão desta terça e não sentiram nada. Com isso, o zagueiro Wallace e o volante Edenilson, que treinaram segunda como titulares, voltam para o banco e ficam como opções.

terça-feira, 24 de julho de 2012

CRUZEIRO PELO MUNDO: BANDEIRA DO CRUZEIRO EM NOVA YORK!

Marillyn Silva, em Nova York. É o orgulho de ser Cruzeiro em toda a parte do mundo!

Quer ter sua foto com algo do Cruzeiro, seja em que parte do mundo for divulgada, no Blog? Mande para nós! blog.cruzeiro@gmail.com

TINGA À DISPOSIÇÃO... RISCO DE DERROTA À VISTA!

POR: MARCÃO ANTI-GALO

Lá vem ele de novo! Celso Roth adiantou que não irá escalar Sandro Silva, que fez boa estreia e já tem a confiança da torcida. Sem Charles, suspenso, pode ser que Tinga reapareça na equipe. Pelo amor de Deus! As estatísticas não mentem! 

Há tempos venho falando dessa estatística pessoal do editor desse blog. Com Tinga em campo, o Cruzeiro não vira, sequer empata se já estiver atrás do marcador. Com Tinga em campo, o Cruzeiro toma gol e, no máximo, diminui. Colocá-lo diante do Corinthians é reescrever a estatística. Se não quiserm por o Lucas Silva, que para mim tinha que ter vez nessa equipe ao lado de Magrão e Guerreiro, que ponha um terceiro zagueiro. Tudo, menos Tinga!

Reintero que não persigo o jogador, que admiro a pessoa, mas em campo não tem sido bom para nós tê-lo do nosso lado.  As estatísticas de João Vitor Viana podem ser conferidas AQUI.

Confio no time do Cruzeiro para amanhã, caso Borges jogue e Tinga não comece a partida. Confio no conjunto, mas como já disseram aqui, um empate não seria um resultado ruim para nós. Mas para cima deles, Zeroooo!

LEO E BORGES SEGUEM COMO DÚVIDAS PARA A PARTIDA DIANTE DO CORINTHIANS

O Cruzeiro se reapresentou na tarde desta segunda-feira após a vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, nesse domingo. O time celeste mal terá tempo de treinar, pois já viaja nesta terça para São Paulo, onde enfrentará o Corinthians, na quarta-feira, no Pacaembu. A expectativa no time azul fica por conta da situação do zagueiro Leo e do atacante Borges. Por enquanto, os dois seguem como dúvida para o jogo contra o Timão.

Léo sente dores na coxa direita, o que já o tirou do jogo contra o rubro-negro carioca. Ele treinou à parte nesta segunda-feira, uma atividade física no gramado. Já Borges deixou o jogo contra o Flamengo após uma torção no joelho esquerdo. Ele passou por exames na tarde desta segunda, mas os resultados ainda não foram divulgados pelo clube.

Treino
Nesta segunda-feira, enquanto os titulares diante do Flamengo ficaram na academia, o restante dos jogadores fizeram uma atividade com bola em campo reduzido. As novidades foram a presença de Tinga e Souza, desfalques no último jogo. O volante estava gripado, enquanto o meia sentia dores musculares.

Diante do Corinthians, o Cruzeiro não terá Charles, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. No entanto, Diego Renan volta ao time.

FONTE: GLOBOESPORTE

RAPIDINHAS DE TERÇA

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

SANDRO SILVA DEVE SER BANCO AMANHÃ
Embora ainda não tenha antecipado o substituto de Charles, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Celso Roth descartou a possibilidade de escalar o recém-contratado Sandro Silva como titular diante do Corinthians, quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Celso Roth aprovou a atuação de Sandro Silva, que substituiu Charles aos 25min do segundo tempo da vitória celeste sobre o Flamengo, por 1 a 0, nesse domingo, no Independência. “Se não estivesse em condição boa, não estaria nem no banco. Mas, para iniciar, precisa um pouquinho mais. Mas hoje (domingo) já foi um pouquinho mais. Se fosse menino, a gente até entenderia, mas o Sandro não é, é um jogador experiente”, observou o treinador, depois da partida de domingo. Espero só que ele não me venha com Tinga de novo...

LOBBY DE ROTH AOS JOGADORES
Nesse domingo, Celso Roth não utilizou Tinga na vitória do Cruzeiro sobre o Flamengo, por 1 a 0, no Independência. Ao analisar o desgaste de seu comandado, que desfalcou a equipe por conta de uma gripe, o treinador cruzeirense defendeu que os jogadores de futebol fossem mais bem pagos. Roth argumentou que os jogadores têm de atuar em alto nível com curto prazo para recuperação. Depois de superar o Flamengo, nesse domingo, o Cruzeiro volta a campo nesta quarta-feira, diante do Corinthians, no Pacaembu. Mais grana, Roth? Coitado de nós, jornalistas, que somos fadados ao baixo salário sempre! Me ajuda aí!

EX-CRUZEIRO RESCINDE COM SPORT
A diretoria do Sport oficializou no início da tarde desta segunda-feira a rescisão de contrato do volante Marquinhos Paraná, após reunião entre diretores do clube, o atleta e seus empresários. O acordo aconteceu de forma amigável, depois que o próprio jogador manifestou vontade de deixar a equipe pernambucana. Contratado pelo Leão no início da temporada, Paraná realizou 18 jogos pelo clube e marcou um gol, mas não correspondeu às expectativas. Se nem para o Sport ele serve, imagine para o Cruzeiro...

segunda-feira, 23 de julho de 2012

CRUZEIRO: REALIDADE DEVE SER ENCARADA COM SINCERIDADE E GARRA

POR: RAPOSO SENSATO

Mais uma vitória, sofrida, com raça, com sorte, com vontade, mas com três pontos garantidos. 20 pontos conquistados e uma realidade diferente. Que seja à base do futebol de resultado, com mais transpiração que com inspiração, mas que o resultado seja o que queremos: a vitória.

Nossa realidade é uma: a de estar entre os primeiros. Não podemos deixar de jogar como estamos: encarando o jogo como uma final, defendendo com qualidade e buscando a vitória na raça e determinação. Querer mudar o estilo fechadinho para um estilo mais aberto é querer dar ao adversário a chance de nos vencer. Fizemos isso em algumas oportunidades e nenhum ponto foi conquistado. Hora de manter o jogo fechado, criando pelas alas e explorando os atacantes. Assim não iremos descer do nosso posto, que é a parte de cima da tabela.

Diante do Flamengo, corremos muito. Felicito Leandro Guerreiro pela garra no meio e Ceará pela técnica mostrada no momento-chave da partida. Bons jogadores que ajudaram na vitória de ontem. Esperamos que continuem em alto nível pois é no alto da tabela que queremos estar no final do torneio, bem diferente do ano passado, quando vivemos um momento atípico que é bom nem de recordar.

Vencemos mais uma e vamos ter pela frente uma outra pedreira. Vem o Corinthians por aí. E será em São Paulo, num jogo complicado. Vamos torcer para o nosso bom momento continuar. Acredito que o importante será pontuar no próximo jogo. O que não podemos é perder. Em respeito ao campeão da Libertadores, vencer lá será complicado. Mas se há times menos qualificados que vão lá e encaram o Corinthians de igual para igual, quem sabe não conquistamos até mesmo a vitória? Sonhar não custa nada. Será difícil, mas não impossível. Vamos lá, Cruzeiroooo!

BOLA CHEIA E BOLA MURCHA

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE



BOLA CHEIA
Para Leandro Guerreiro, Willian Magrão, Ceará, Charles e Sandro Silva, que jogaram bem e ajudaram o Cruzeiro a vencer a partida. Destaco ainda a boa participação do goleiro Fábio, que fez defesas importantes e que também garantiram a vantagem celeste e os três pontos ao final dos 90 minutos.






BOLA MURCHA
Para a torcida do Cruzeiro que foi ao estádio para brigar em vez de torcer. Para você, que se julga torcedor e credita ao jogo a possibilidade de transformar as ruas num ringue, nosso repúdio.

FRASE PÓS-JOGO: CEARÁ DESTACA SUPERAÇÃO

"A gente sabia que seria difícil, que seria necessário muita superação física, acima de tudo. Tivemos ausência de três jogadores que vinham jogando sempre e outros entraram ainda sem ritmo. O importante foi a superação física e mental. Fomos coroados com esses três pontos"

Ceará, lateral do Cruzeiro

SAIU NA MIDIA - REPERCUSSÃO DE CRUZEIRO 1 X 0 FLAMENGO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

Depois de duas derrotas no Independência (São Paulo, 3 a 2, e Grêmio, 3 a 1), o Cruzeiro reencontrou o torcedor precisando fazer o dever de casa. A equipe não apresentou o futebol que a torcida esperava, mas fez o suficiente para derrotar o Flamengo, por 1 a 0, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol do Cruzeiro foi marcado por Borges, aos 44 minutos do primeiro tempo. (SUPERESPORTES)

Com gol do atacante Borges, que não marcava havia mais de dois meses, o Cruzeiro venceu o Flamengo, por 1 a 0, neste domingo, no Independência, e conquistou a segunda vitória seguida e confirmou a reação no Campeonato Brasileiro. Já o Flamengo, que sofreu o segundo revés, segue pressionado e ainda deixou o técnico Joel Santana na berlinda. (UOL). 

Esteve longe de ser o melhor dos jogos do Cruzeiro ou o pior dos jogos do Flamengo. Mas fase é fase. Em uma tarde emblemática para a péssima maré rubro-negra, a Raposa contou com o oportunismo de Borges, seu novo centroavante, para vencer por 1 a 0 neste domingo, no estádio Independência. Os visitantes perderam gols inacreditáveis, especialmente com Vagner Love, que completou cinco partidas sem marcar - seu pior jejum no time. Foi uma partida equilibrada, de idas e vindas, ataques e respostas. O Flamengo teve 54% de posse de bola e finalizou 17 vezes (contra 12 do adversário). Quatro delas foram no mesmo lance, um dos mais incríveis da temporada no futebol brasileiro - e todas pararam no goleiro Fábio, ou nos zagueiros, ou no travessão. Mas não passou de um susto para o Cruzeiro. Com a vitória, o time de Celso Roth subiu para 20 pontos, na quarta colocação (ainda podendo cair para quinto). O Rubro-Negro, com 15, é o décimo. (GLOBOESPORTE)




domingo, 22 de julho de 2012

SOFRIDO, MAS COM VITÓRIA

Cruzeiro passa pelo Flamengo por 1 a 0, gol de Borges, e momentaneamente chega ao G-4

POR; JOÃO VITOR VIANA

Quem foi ao estádio ou viu na TV ou mesmo ouviu pelo rádio, sofreu. Isso porque o jogo não foi fácil. O meio-campo ditou o ritmo da partida e a bela apresentação dos volantes celestes possibilitou essa força no setor. Leandro Guerreiro e Charles jogaram muito. Ceará foi o melhor em campo e ajudou muito o ataque. Às vezes fez até função de jogador de meio. Mas foi como lateral que deixou Borges na cara do gol. Que cruzamento! E foi o lance que definiu o jogo.

O Flamengo nunca se abateu. Pressionado pela imprensa local e por seus torcedores devido ao momento ruim, não se entregou e valorizou a vitória do Cruzeiro. Destaco a boa forma demonstrada por Sandro Silva e Willian Magrão, que ajudaram o Cruzeiro a vencer.

Com um time mais equilibrado, o Cruzeiro chega ao segundo jogo sem sofrer gol. Mas ainda deve melhorar muito. Para a próxima partida Charles não joga. Levou o terceiro cartão amarelo. Sandro Silva deve começar jogando contra o Corinthians. 

O jogo de hoje valeu pela luta, pelos três pontos e por ter, ao menos, terminado momentaneamente entre os primeiros. Não podemos vacilar. Em casa, seja contra quem for, temos que mostrar quem somos e não podemos deslizar e perder a chance de subir na tabela. Temos que mostrar que o Cruzeiro é um time que deve ser respeitado e que somos um time grande, capaz de chegar e de disputar as primeiras posições.

Briga fora do estádio
Mais uma vez a torcida do Cruzeiro deu aula do que não fazer antes da partida. Logicamente não generalizando, mas torcedores da Máfia Azul e da Pavilhão Independente voltaram a se engalfinhar antes do jogo, dando trabalho à polícia e colocando em risco o próprio torcedor, que nada tem a ver com isso. Nós lamentamos profundamente o episódio e cobramos da diretoria do clube que puna tais torcidas, que mais parecem marginais que vão a campo disfarçados e querem somente brigar e prejudicar as pessoas. Estádio é lugar de lazer e se quer brigar, que brigue longe de pessoas inocentes, que vão ao estádio para se divertir.

PRÉ-JOGO: CRUZEIRO X FLAMENGO

POR: JOÃO VITOR VIANA

Fora das quatro linhas, os dois times tentaram Riquelme. Após não conseguirem contratá-lo, tentam navegar em águas mais tranquilos e afastar as cobranças da torcida. Apesar da vitória sobre a Portuguesa, por 2 a 0, na última quarta, o time mineiro precisa fazer o dever de casa para amenizar bronca dos torcedores após duas derrotas seguidas no Independência.


Após o ‘não’ de Riquelme e com Joel Santana na corda bamba, o Flamengo enfrenta forte pressão da torcida depois da atuação ruim na derrota para o Corinthians, por 3 a 0. O Cruzeiro também tentou contratar o argentino, mas não houve acordo.

Será um jogo bom para que o Cruzeiro possa se afirmar frente à sua torcida. Vencendo, possivelmente causará a queda de Joel Santana, que está tão firme no cargo assim como o prego no angú.

O Cruzeiro necessita da vitória. Tem desfalques mas a equipe, individuamente, é superior ao Flamengo. Mas tem que fazer com que isso influencie o conjunto. Vencer em casa é fundamental para tentarmos terminar essa rodada no G-4.



RAPIDINHAS DE DOMINGO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

PROMESSA QUASE FOI DISPENSADA!
Depois de ficar a um passo do Real Madrid, no começo deste ano, ao ser aprovado em teste no clube merengue, o jovem Luís Henrique dos Santos, de 13 anos, apelidado de Pety, que desde março mora na Toca da Raposa I, enfrentou problemas de adaptação no início e quase foi dispensado pelo Cruzeiro. O agente do atleta, que adotou caminho parecido com o experimentado por Neymar em sua adolescência, informou que uma possível transferência para a Espanha não está descartada. Sem receber um convite formal do Real Madrid, Pety apresentou-se ao Cruzeiro em 5 de março e fixou residência em Belo Horizonte, sem os familiares, que o visitam semanalmente. Coordenador das categorias de base do clube mineiro, o ex-goleiro Raul Plasmann, conta que o habilidoso alagoano teve dificuldades no começo. “É um menino bom demais, um menino do grupo. Mas ele chegou aqui achando que ele era o Pelé, não que ele fosse mascarado, mas ele achou que seria o melhor. Mas ele se assustou, porque de repente ele encontrou dificuldade. Tive a impressão que ele não iria emplacar, que teríamos que dispensá-lo”, disse o ex-goleiro celeste, que preferiu esperar mais um pouco.

MUDANÇAS CONSTANTES QUE PREJUDICAM
Sem Diego Renan, suspenso por causa do terceiro cartão amarelo, o técnico Celso Roth terá que improvisar mais uma vez na lateral esquerda na partida com o Flamengo, neste domingo, às 16h, no Independência, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. As mudanças no setor defensivo explicam a queda de rendimento do setor defensivo do Cruzeiro, um dos trunfos da equipe celeste no começo da competição. Nas seis primeiras rodadas da competição, o time mineiro sofreu apenas três gols. Nas três partidas seguintes, a defesa celeste foi vazada oito vezes. Na última quarta-feira, o Cruzeiro passou em branco na vitória sobre a Portuguesa, por 2 a 0, no Canindé. Desde o início do Brasileiro, Celso Roth só repetiu a formação defensiva em apenas uma oportunidade. Curiosamente, quando o Cruzeiro saiu vitorioso e não tomou gols.

CHARLES DEVE REAPARECER NA EQUIPE TITULAR
O volante Charles é o mais cotado para jogar diante do Flamengo, hoje. Ele deverá ficar com a vaga de Tinga, que gripado, está fora. Leandro Guerreiro e Willian Magrão estão garantidos. Lucas Silva e Sandro Silva são os outros cotados para começarem a partida.