quinta-feira, 29 de maio de 2014

CORINTHIANS X CRUZEIRO - NOTAS DO JOGO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

O Cruzeiro pouco quis jogar, ontem, no Canindé, contra o Corinthians. O excesso de cautela e a falha individual de Fábio decretaram a derrota celeste. Poucos chutes a gol e uma postura mais defensiva, jogando pelo empate, o que o Cruzeiro não sabe fazer bem. Com excesso de respeito ao Corinthians e acreditando que o empate seria, desde o início, um bom resultado, acabou sendo uma tática errada.

AS NOTAS:

FÁBIO (3,0) - Falhou bisonhamente nas poucas vezes que o Corinthians chegou. Parecia estar desconcentrado, diferente do habitual.

CEARÁ (6,5) - Defensivamente foi bem, principalmente no primeiro tempo. Pouco avançou. Substituído por MAYKE (6,5), que manteve o nível

BRUNO RODRIGO (5,5) - Não foi o mesmo zagueiro firme de outrora. Quase entregou um gol para o Corinthians.

LEO (7,0) - Seguro, o melhor da defesa.

EGÍDIO (6,5) - Tentou chegar ao ataque, mas continua tendo dificuldade para marcar.

WILLIAN FARÍAS (7,5) - Muito bem na marcação. Chegou à frente também tentando o gol.

HENRIQUE (8,0) - O melhor do time. Marcou bem e deu consistência ao meio. Substituído por JULIO BAPTISTA (6,0) que não conseguiu armar o time.

EVERTON RIBEIRO (6,5) - Continua prendendo muito a bola. Precisa soltar mais a jogada, que acaba dando em nada.

RICARDO GOULART (7,0) - Excesso de vontade aliado à falta de um sistema tático fez com que ele mais corresse que produzisse. Na armação, foi o mais lúcido.

WILLIAN (6,5) - Muita vontade, mas pouca objetividade. Substituído por DAGOBERTO(6,0) que entrou já tarde.

BORGES (5,5) - Nitidamente fora de ritmo. Tentou algumas bolas, mas não conseguiu ser, sequer, uma ameaça ao gol de Valter.


MARCELO OLIVEIRA (5,0) - Demorou a alterar o time e não motivou o grupo suficientemente para que fizesse do Cruzeiro, um time com postura de campeão.




2 comentários:

cleiton Gama disse...

que milagre eu não vi ninguem falar que perdemos por causa do JB kkk,

Luiz Ricardo disse...

Temos que fazer justiça, colocar a culpa no cara quando ele merece. Ontem ele não teve influência nenhuma no resultado e pra mim, por sorte ele jogou pouco kkkk.