segunda-feira, 26 de maio de 2014

NO DUELO DE SEIS PONTOS, DEU CRUZEIRO

BLOG SITE CRUZEIRO ONLINE

O Cruzeiro voltou à liderança do Brasileiro, ao bater o Internacional, no Sul, por 3 a 1, de virada. Com boa atuação, principalmente no segundo tempo, quando Willian e Moreno apareceram mais, a Raposa venceu com propriedade e poderia até ter feito mais gols. No duelo de seis pontos, deu Raposa. O Inter estacionou nos 12 pontos enquanto o Cruzeiro chegou aos 16.

O time da casa abriu o placar no primeiro tempo com Wellington. O Cruzeiro virou com gols de Ricardo Goulart, Willian e Marcelo Moreno. O boliviano marcou seu quinto gol em cinco jogos e alcançou a artilharia do campeonato.

Disputado, o jogo foi ficando cada vez mais nas mãos do Cruzeiro. O Inter atacava muito pelo lado esquerdo da Raposa e por ali criava suas principais jogadas.Tanto que assim saiu o primeiro gol. Com o tempo, no entanto, o  Cruzeiro equilibrou e o gol de cabeça de Ricardo Goulart, praticamente um "gol espírita" parece ter mexido um pouco com o time Colorado.

Com as alterações no segundo tempo, o Cruzeiro se impôs, foi mais time e desempatou, com Willian e Marcelo Moreno. Marcelo Oliveira viu bem o jogo e mexeu bem na equipe.

2 comentários:

RUTILHO disse...

Time grande não tem essa de jogar com o freio de mão puxado. Simples, joga-se com o que se tem de melhor. Ataque com Everton, Goulart, Dagoberto/Willian, Moreno/Borges, pronto, sem invenções. São 3 jogos sem o JB, falso centro avante, e 8 gols foram marcados. Espero que Marcelo Oliveira mantenha esse ataque.

cleiton Gama disse...

Eu entendo que o JB é um jogador lento pra ser titular desse time.Mas por a culpa toda sobre ele não faz sentido,o unico jogador que não estava jogando mal antes desses 3 jogos era o Dagoberto e o Fabio.Agora com o Goulart e o MM voltando a jogar um bom futebol o time subiu de produção,hoje o JB não é um jogador que vai entrar pra decidir o jogo mas é um reserva que vai entrar e deixar o time com a 'mesma' qualidade.Deixar o Jb fora do jogo pra colocar o tinga é foda