quinta-feira, 15 de maio de 2014

DERROTA TEM QUE SER PASSADO LOGO...

A ordem no Cruzeiro, após a eliminação na Taça Libertadores, com o empate por 1 a 1 com o San Lorenzo, no Mineirão, é erguer a cabeça e tocar a vida adiante. Os jogadores querem reviver 2013, quando o time fez da desclassificação para o Flamengo, na Copa do Brasil, um elemento de motivação para fechar o grupo e arrancar para a conquista do tricampeonato brasileiro. Este ano, o Cruzeiro ainda vai disputar a Copa do Brasil, a partir das oitavas de final, além do Brasileirão, onde ocupa a sexta posição, após quatro rodadas, três delas disputadas com o time reserva. Para Éverton Ribeiro, o pensamento é este mesmo, de tirar as lições para evoluir e partir para o tetra do Campeonato Brasileiro e o penta da Copa do Brasil.  

- Temos que crer nisto. Ano passado foi assim. Este ano não faltou luta. Temos que aprimorar o que a gente vem errando e continuar trabalhando pra melhorar cada vez mais e conseguir mais vitórias e títulos.  

Opinião semelhante tem o atacante Marcelo Moreno, que acredita que o time tem que aprender com a eliminação desta quarta-feira para o San Lorenzo.  

- A gente aprende com as derrotas e, com certeza, vai ser um aprendizado para o futuro, pra este time jogar melhor quando a gente for visitante. Isto vai dando experiência ao grupo, espero que a gente possa ter aprendido com a derrota. 

Willian faz coro com os companheiros, até porque o Cruzeiro já volta a campo neste sábado, às 18h30m (de Brasília), quando enfrenta o Coritiba, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. 
 
- Agora é erguer a cabeça. Não tem muito tempo pra gente ficar lamentando. Sábado já tem Campeonato Brasileiro, que a gente possa voltar o foco e fazer estes cinco jogos bem pra continuar no G4.  

Tristeza  
Apesar da postura otimista em relação ao futuro, os jogadores do Cruzeiro não conseguiram esconder a tristeza. Éverton Ribeiro afirma que o elenco azul sofreu tanto quanto a torcida.  

- A gente está triste. A dor do torcedor é a nossa. Mas sabemos que temos que erguer a cabeça pra dar mais alegria pra eles. Ano passado tivemos uma queda e depois ressurgimos com mais força. Temos que aprender com nossos erros pra fortalecer ainda mais.  

Para Willian, o fato de não ter cumprido o objetivo na Libertadores é realmente desalentador. O atacante, porém, ressalta que não faltou luta e garra ao time, em nenhum momento.  

- A gente lutou e tem que sair de cabeça erguida. Claro que a gente fica muito triste. Nosso objetivo era chegar até a final, mas não foi desta vez. O importante é que a gente lutou até o final. A torcida também fez sua parte, aplaudindo o time pela entrega. Vamos acertar os detalhes. O importante é que a gente tem um grupo maravilhoso e ainda vão acontecer muitas coisas boas este ano.  

As disputas do Cruzeiro em 2014 ainda possibilitam duas chances de voltar à Libertadores. E transferir para o ano que vem, o sonho do tri, que, mais uma vez, foi adiado.

9 comentários:

Marcelo cr disse...

Vinha dizendo aqui nesse Blog que, o Cruzeiro em relação ao ano de 2013, praticamente não existe, apesar do grupo de jogadores ser o mesmo, com alguns reforços. Do ano passado, só restou a bola aérea, que como eu disse aqui outras vezes é muito pouco para ganhar a Libertadores. E infelizmente, o técnico a quem não gosto muito, tem muita responsabilidade. Apostando em jogadores errados, como: Júlio Batista( ja é horrivel na sua posição), improvisado, pior ainda, Henrique( jogador burocrático), Nilton ( parece que não recuperou da cirurgia, sacou o Lucas Silva em vários momentos esse ano, sendo um excepcional jogador e da base, além de jogadores que são bons, mas vivem um momento péssimo: Goulart e E. Ribeiro e são praticamente intocáveis, e aqui concordo com o leitor RUTILHO, que diz que o Dedé não é lá essas coisas, e deixa por exemplo o Alisson de fora, penso que o Marcelo precisa agora de uma profunda reflexão, para que o restante do ano não seja perdido.

Cláudio Roncalli disse...

Acontece que no ano passado, quase todos os jogadores que entravam jogavam bem. Casos de RG, ER, Dagol, Borges, Elber, Mayke, Ceará, LS, Nilton, JB, Willian, só que agora muitos deles ou quase todos não estão bem.

Cláudio Roncalli disse...

Mas vamos buscar vitórias no brasileirão, o tetra poderá vir este ano. Esperamos reação do time, do técnico, da diretoria e da torcida.

Luiz Ricardo disse...

O que mudou de 2013 pra 2014? 3 jogadores: Samudio, Henrique e JB. Desses 3 preciso falar qual esta pior? Pra mim é só um cego que não enxerga: O JB que mudou esse time!

- O time parou de triangular: porque ele não acerta uma tabela de primeira!

- Parou de manter a posse de bola no campo do adversário: porque quando tocam nele, ele dificilmente domina certo, e sempre que consegue dominar, nunca faz uma jogada aguda.

- Perdeu movimentação: Aquele time que jogava de maneira intensa, com muita movimentação na frente parou devido a uma tartaruga preguiçosa que ta la na frente.

Alguns vão falar: Mas o time todo caiu de rendimento, a culpa não é só dele. Realmente, não é só dele, mas ele tem grande parte dessa culpa. Posso até superestimando, porque confesso que sou muito critico do JB, mas na minha avaliação é simples assim.

Marcelo cr disse...

Concordo, em muita coisa com o Luiz Ricardo, Esse JB, é horroroso, e preguiçoso só anda em campo, e mais, com certeza está gerando um mal esta interno grande, pois ganha uma fortuna, e joga bem menos do que os responsáveis pelo bom futebol do ano passado

cruzeiro família. disse...

gostaria de dar os parabéns a toda torcida cruzeirense, e dizer ao jogadores que independente de resultados somos todos uma família.
Ao técnico, deixo claro que ele não precisa se preocupar com esta derrota, pois o ano passado saimos da copa do brasil para sermos tri campeão brasileiro, e para finalizar, deixo uma frase para todo o grupo ou melhor família.
Não devemos culpar esse ou aquele, quando se erra é um erro coletivo, e o que importa é sabermos que todos deram o melhor de sí.
Que Deus abençoe a todos.

¶Azul•H(«MG»)¶® disse...

Parabéns,cruzeiro família!Assino embaixo.Títulos virão.com certeza.

RUTILHO disse...

Oi pessoal, tristeza, queria demais esse tri da Libertadores. Mas paciência. Com esse biombo JB NO CAMINHO a equipe não evolui, a bola sempre volta batendo na canela dele. Falei aqui logo após o empate com o Cerro que se jb continuasse a ser escalado iríamos pagar um alto preço. O cara jogou 60 minutos na Argentina e os mesmos 60 ontem num total de 120 minutos(2 horas em campo)E NÃO FEZ ABSOLUTAMENTE NADA CONTRA O SAN LORENZO. Ontem tinha que iniciar com Dagol e Moreno e depois entrar com o Allisson. Mas Marcelo(a quem sempre defendi) parece que estudou outro time pelas besteiras que fez lá e aqui.OBS.: Vi no Dagol uma certa má vontade ao entrar no segundo tempo já com o time perdendo e na obrigação de ser responsável pela reação. Agora o "mito" entregou lá e aqui não acham? Vamos cobrar, temos time sim, vem Copa do Br. e estamos na fita no Brasileiro.

cleiton Gama disse...

Tudo bem que o JB não é jogador pra ser titular desse cruzeiro que é muito rapido.Mas colocar a culpa toda sobre o cara é injusto,Everton Ribeiro vive tropeçando na bola,Dede afoito como sempre,Wiliam nem ataca e nem defende como fazia ano passado,Henrique Ceara e Samudio são outros jogadores que não atacam e nem defendem bem.Não foi apenas a entrada do JB que mudou o jeito do cruzeiro jogar, com a entrada do samudio o cruzeiro parou de atacar pelo lado esquerdo entre outros defeitos