sábado, 10 de maio de 2014

LUAN PROFETA?

Os jogos entre Cruzeiro e o time de Vespasiano em 2014 não têm se destacado pelas belas jogadas e os gols. Pelo contrário. Nos três jogos até o momento, as partidas foram bastante truncadas e ninguém balançou a rede, o que representa um recorde negativo em toda a história do confronto. No entanto, o atacante Luan acredita que o jogo deste domingo, às 16h, no Independência, quebrará essa escrita e aposta em gols do time celeste.

"Esse clássico tenho certeza que vai sair gol e só do Cruzeiro", afirmou o atacante cruzeirense, que demonstra confiança na vitória e a quebra de três clássicos seguidos sem gols, que já é a maior de todos os tempos. Antes disso, as maiores sequências eram de dois jogos, que ocorreram em 1979 e 1982.

O motivo para a confiança de Luan é o bom momento que o time considerado reserva do Cruzeiro atravessa. Em seis jogos nesta temporada, o expressinho celeste venceu todos. Foram quatro vitórias no Campeonato Mineiro e mais dois triunfos no Brasileirão, mesmo jogando fora de casa contra Bahia e Atlético-PR.

"Sabemos que vai ser um jogo difícil, mas estamos confiantes. O time que não vem jogando, o time B, quando entra em jogo sempre procura manter o nível. Porque sabemos que o professor vai precisar, e quando precisar temos que estar preparados", disse o atacante, que ainda não sabe se jogará como lateral ou na sua posição de origem.

O técnico Marcelo Oliveira tem apenas uma dúvida para a partida e ela interfere no posicionamento de Luan. Caso o técnico inicie o jogo com o meia Alisson, Egídio perde a vaga na lateral esquerda e o atacante fará a função. Mas se começar com o camisa 6, aí Luan formará dupla de ataque com Borges. Ele se coloca à disposição do comandante, mas deixa claro a sua preferência.

"Quando cheguei aqui sempre deixei claro, o professor sabia que eu poderia fazer essa função. Assim que ele precisou eu falei que podia contar comigo. Sempre que precisar vou dar meu máximo, mas a minha posição preferida é no ataque", disse o atacante, que no jogo contra o Atlético-PR jogou assim na segunda etapa e o Cruzeiro acabou virando o placar e conquistando a vitória por 3 a 2 com Alisson em campo.

Se jogar no ataque, crescem as chances de Luan fazer seu primeiro gol no clássico mineiro. "Estou esperando, tomara que saia no domingo para comemorar com a família", comentou o atacante, que teve poucas oportunidades de enfrentar o maior rival. Esta será apenas a sua segunda partida contra o timinho alvinegro vestindo a camisa celeste.

Ele garante que a motivação está em alta por voltar a ter a chance de disputar um jogo tão importante. "Se eu pudesse escolher, só escolheria esses jogos para jogar. Eu particularmente gosto demais. Não tem como entrar com pouca vontade, sempre entra com muita ansiedade e vontade de ganhar o jogo", ressaltou.

Um comentário:

cleiton Gama disse...

Profeta da perna de pau kkkk