terça-feira, 20 de janeiro de 2015

CURTINHAS

CRUZEIRO CONTOU COM AJUDA DE EMPRESÁRIO PARA TRAZER DE ARRASCAETA
O gerente de futebol Valdir Barbosa revelou que o Cruzeiro contou com a ajuda do empresário Pedro Lourenço de Oliveira, o popular Pedrinho, para contratar o meia Giorgian De Arrascaeta por 4 milhões de euros (R$ 12 milhões). “O Pedrinho dos Supermercados BH se dispôs a arcar com 50%. O Pedrinho adiantou a metade do dinheiro que era para fazer o pagamento imediato. Os outros 2 milhões nós dividimos em 29 prestações de 70 mil euros para não apertar muito”, disse o gerente de futebol. No ano passado, Pedro Lourenço, que é conselheiro nato do Cruzeiro, chegou a anunciar que não investiria no futebol em 2015. Mas a parceria revelada por Valdir Barbosa se assemelha a outras contratações da Raposa, casos do zagueiro Dedé e do armador Everton Ribeiro. Nessas ocasiões, o empresário atuou como credor do clube, que depois pagou o montante emprestado.

DE ARRASCAETA COMEMORA TRANSFERÊNCIA
Poucas horas após ser oficializado pelo Cruzeiro  como novo  reforço, o meia uruguaio De Arrascaeta, de 20 anos, comemorou a transferência. Em seu perfil no Instagram, com uma foto ao lado do empresário Daniel Fonseca, o jovem publicou: “Contente que tudo saiu bem e só falta esperar a viagem”. Arrascaeta passou por exames na manhã desta segunda-feira, em Montevideu, e deve chegar a Belo Horizonte na quinta-feira.

TINGA PLANEJA FIM DA CARREIRA
Aos 37 anos, completados na última terça-feira, Tinga planeja como será o fim de sua carreira de atleta. O volante espera seguir jogando no Cruzeiro, pelo menos, até ser encerrada a temporada 2015. Porém, o pensamento sobre aposentadoria está condicionado à conquista de mais títulos. No fim de agosto de 2014, Tinga sofreu fraturas na tíbia e na fíbula da perna direita durante treinamento na Toca da Raposa II. Assim, ele agora se preocupa com o retorno aos gramados. “Tenho sonho de voltar a jogar em alto nível e tentar jogar até o fim do ano e depois decidir (quando aposentar). Tenho sonho de ganhar um ou dois títulos e depois decidir. Quero voltar a jogar. O medo (de voltar aos campos) está muito longe de mim”, afirmou o volante, que tem contrato com o Cruzeiro até abril.

8 comentários:

Leandro Pereira Olegário disse...

Pelo visto os 50% que o cruzeiro diz ter adquirido pelo Arrascaeta na verdade são de um empresario. Daqui uns dias começa arrebentar e o Cruzeiro não tem poder de segurar. Vamos ver como será a partir do ano que vem, quando esses empresários não poderão (diretamente) "contratar" o jogadores

Rafael disse...

Leandro,

Se observar bem a reportagem,diz que ele adiantou o dinheiro, o que não significa que o cruzeiro não o restituirar posteriormente. Tem uma reportagem no super, que fala melhor sobre como o Pedrinho auxilia.

Rafael disse...


Adiantando pra você,segue a notícia:

http://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2014/12/02/noticia_cruzeiro,299024/parceiro-do-cruzeiro-no-passado-dono-de-rede-de-supermercados-descarta-ajuda-para-trazer-fred.shtml

PS: Veja que ele costuma emprestar o dinheiro.

RUTILHO disse...

Importante: Arrascaeta é do CRUZEIRO. Grandes contratações em sua maioria estão atreladas a empresários ou investidores. Onde está o prejuízo? Como exemplo, foram gastos 5, 5 milhões de Reais comprando o Goulart. Cruzeiro recebeu 33 milhões de Reais em sua venda. Está comprando com qualidade e em parceria preservando o montante recebido. Me desculpem colegas, vocês tem saudade dos Perrelas, que vendia para cobrir rombos no orçamento todo ano e só compravam jogador meia boca?

Leandro Pereira Olegário disse...

No caso Goulart você está completamente certo, mais e o caso Egidio e Nilton, onde o cruzeiro não teve controle pela venda, ficando somente com a taxa de vitrine. Sinceramente não duvido da honestidade do Pedrinho, por ser conhecido como cruzeirense fanático.
Porem ele é empresario e empresários visam lucros altíssimos lucros. No fim quero é títulos, mais que esses títulos não nos afundem.

Leandro Pereira Olegário disse...

E falando nos perrelas (bate na madeira três vezes) lendo a matéria que o Rafael deixou no link, descobri que o Sr Pedrinho já emprestou dinheiro na gestão deles e que lucrou com venda de jogadores. Tomara que o Gilvan não esteja fazendo bobagem por baixo dos panos e que nesse angu não tenha caroço.

Cruzeiro Online disse...

Leandro... no Brasil o prazo que a Fifa deu foi de cinco anos. E sim, se ele arrebentar, o Cruzeiro não vai segurar.

Leandro, o Pedro não tinha percentual nem no Nilton nem no Egídio.

O empréstimo que o Pedro faz o Cruzeiro paga com uma correção monetária. Não há lucro exacerbado.

Rafael disse...

No caso do Lucas Silva,ele possui 20% dos direitos do jogador. Ai entrar na discurssão do por quê ele possui,o superesportes explica melhor.