quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

ESPERO QUE NÃO VENHA UM DESMANCHE POR AÍ!

POR: JOÃO VITOR VIANA

O Cruzeiro negociou Egídio, Nilton está para sair e liberou Dagoberto para achar um time, jogadores importantes nos últimos dois anos. Egídio, segundo informações, foi uma necessidade de mercado. A idade aliada à vontade do agente do jogador de ganhar dinheiro foram determinantes. O Cruzeiro levou um "troquinho nessa". Já Nilton deve sair por um montante menor. No Sul falam em R$ 4 milhões. Pouco se compararmos com a venda que seria feita para a Inter de Milão (5,5 milhões de euros). Logicamente ninguém no Brasil pagaria esse valor, cerca de R$ 18 milhões. Mas R$ 4 milhões é pouco e não reflete o real valor do atleta que, mesmo reserva, é importante para o time.

Dagol, pentacampeão brasileiro, ainda não tem futuro certo. A diretoria quer liberá-lo para não ter que arcar com o alto salário. Há a possibilidade de ele ir jogar nos Estados Unidos, o que está sendo estudado. Por ele, o time celeste pagou R$ 7 milhões ao Internacional.

E no meio do ano? Sai Lucas? Everton? Ricardo? Julio? Será que vem um desmanche por aí? Espero que não. O problema é que o discurso do presidente no final do ano está confrontando tudo que ele mesmo vem fazendo. Disse que iria permanecer com o time e reforçar. Bastou chegar uma proposta ínfima para liberar. O Cruzeiro está sem grana? Chega e fala isso, Gilvan! Será que nosso sócio do futebol está tão ruim que não conseguimos manter nossos atletas ou vendê-los pelos valores reais?

Estou temendo por um time nada competitivo no segundo semestre e desconfio, se não vier dois ou três jogadores, que consigamos nos manter no topo ainda no primeiro. Não sou cético, mas futebol se faz com investimentos e sabedoria. Não podemos abrir mão de atletas importantes por valores irrisórios!


8 comentários:

cleiton Gama disse...

Nilton eu li que o cruzeiro ainda devia 1 milhão para ele quando veio de graça do vasco e saiu pra jogar uma libertadores o cruzeiro deveria ter emprestado e não vendido ao inter.Vejo como natural a saida do Lucas Silva, Everton e Ricardo Goulart depois da libertadores.

Unknown disse...

se ano passado o cruzeiro teve tantos problemas com as laterais, este ano que vai buscar jogador da base??poruqe não fez ano passado o cruzeiro precisa de laterais há muito tempo. buscou varios jogadores ano passado e não trouxe laterais, agora este ano a mesma coisa, libertadores está ai, cade os dois peixes grandes que ele ia contratar, os valores recebidos como campeão vice e socio torcedores não dá pra trazer ninguém.lateral tem que ser bom. Egidio já vai tarde, nao cruza uma bola certa,e aí.duas funçoes pra uma pessoa só e´arriscado quem fa duas acaba não fazendo nehuma.

Ventura disse...

Pelo visto há pouco dinheiro, o que força a necessidade de negociações de jogadores. Mas, está aí mais uma libertadores para disputarmos e ao invés de reforçarmos o time, Egídio e Nilton, peças importantes estão fora e com certeza farão falta. Cogita-se o nome de Mena para a lateral esquerda, mas, considero um jogador fraco, que nem marca nem apoia bem. Por outro lado, sem Nilton, que aliás, acho que deveria ser titular, perde-se em marcação e na jogada aérea defensiva e ofensiva. Outra coisa, os jogadores que vieram, a princípio não convencem, nem mesmo o badalado Damião.

o Gilvan deve está de brincadeira disse...

O Gilvan teve está de brincadeira

RUTILHO disse...

Seymor vi em um site os melhores momentos dele e mostra excelente poder de marcação, conduz bem a bola sem aqueles irritantes toques pros lados acho que vai surpreender. Com ele, caso o Nilton já tenha sido vendido, tem Henrique, Lucas e Eurico para compor. Na lateral esquerda o Gilson terá um grande desafio de sua carreira numa segunda chance. Esse Mena se vier não vai acrescentar nada. Temos ainda Judivan, Allisson, Willian e Damião. Desses, 2 serão companheiros de Everton e Goulart. Dagol, Egídio e Ceará como muitos aqui pensam são descartáveis. Vamos aguardar a pré temporada

Boa Nerge disse...

Não tem nada haver com falta de dinheiro. Nilton tem contrato até meados do ano que vem, que quer dizer que já no final do ano ele pode assinar com qualquer time e o Cruzeiro sai perdendo. Além do mais, quantos jogos fez o Nilton esse ano como titular? E quantas vezes esteve no DM? Por que será que a Inter de Milão desistiu da sua contratação? E quando jogou, foi o mesmo Nilton de 2013? Pois é, se não for vendido agora, perdemos o jogador no final do ano e ficamos sem um centavo.

Com todo o respeito, acho que a maior falta que o Nilton fará será no jogo aéreo, mas pra isso teremos o grande Damião e claro não podemos esquecer do volante Rodrigo Souza que fez um bom campeonato pelo Criciuma e teve um bom começo no Cruzeiro.

Avenida Egidio foi criticado varias vezes, até aqui no site, e agora tem gente reclamando da sua saída. Ficamos a mercê de empresários que investiram no seu passe e agora que a oportunidade apareceu querem recuperar o investimento, não discordo nem um pouco. O Cruzeiro fez mal de não ter comprado a outra metade do passe do jogador. Também achei uma piada o cara ter sido escolhido o melhor jogador do campeonato na sua posição. Se fosse tão bom assim o Cruzeiro realmente teria investido na outra metade. Acho que até o Gilvan deve ter se surpreendido com essa oferta vinda da Ucrânia.

Cruzeiro Online disse...

Cleiton, se emprestasse, depois Nilton sairia de graça. Tinha contrato somente até 2015. Ou vendia agora ou renovava. Parece mesmo que tinha uma dívida. Dos R$ 4 milhões, R$ 1 milhão será do jogador.

O problema, Ventura, é que os valores que entram no caixa do Cruzeiro não vão adiantar muito. Se ao menos fosse uma quantia maior... mas nem isso.

Rutilho, análise de alguns sites é igual DVD. Um Rodrigo Souza vira Clodoaldo em alguns cliques. Um Anselmo Ramon vira Romário.

Boa Nerge, a questao é o valor pago. Talvez R$ 6 milhoes ou até mesmo esses 4, mas vindo alguém (exemplo, Fabricio para a lateral) seria uma boa. Achei o valor baixo.

Tasso disse...

Acho muita hipocrisia, os que saíram, foram sim importantes por um tempo no Cruzeiro, no último ano Dagoberto e Nilton nem tanto, e futebol é oportunismo, e se parar pra pensar, do time titular só Moreno saiu, porque o Grêmio pediu fortuna, e Egídio! Agora, o blog esquece de suas postagens antigas, o mesmo que reclamou de Egídio, por exemplo. E outro ponto, quem contratou excepcionalmente no Brasil até agora?? Sinceramente, Cruzeiro, São Paulo, Internacional e nosso rival vão ser os destaques este ano novamente, o resto, estão todos quebrados. E meio do ano sai mais jogadores, mas a questão não é o Cruzeiro segurar, é o jogador querer ficar, Lucas, Ricardo e Everton com certeza sonham com Europa, pintar boa proposta, vai mesmo. Mas confio no nosso presidente, não fez bobagens durante a gestão, administra de forma consciente e não deixa nosso time seguir o caminho de outros, não concordo com todos jogadores que estão no clube, mas temos referências e um técnico consciente do que faz, então não é hora de cobrar do time Bi Campeão, e nome de jogador não significa resultado em campo, que o diga Júlio Batista, então vamos aguardar os resultados.