domingo, 9 de abril de 2017

CRUZEIRO VENCE EM AMISTOSO DE LUXO


POR: JOÃO VITOR VIANA

O Cruzeiro venceu o Democrata, na manhã deste domingo, no Mineirão, em jogo com uma cara de amistoso. Sem almejar nada no Campeonato Mineiro, as duas equipes entraram em campo para cumprir tabela e coube a Mano Menezes fazer observações sobre aquilo que tem em mãos no quesito "material humano", principalmente avaliando as voltas de Fábio e Dedé, que passaram por longa inatividade. O zagueiro já havia tido chance de jogar, diante do Joinville. Já Fábio, teve a sua primeira chance depois de mais de 230 dias. Ambos se saíram bem. O zagueiro, aliás, fez um gol, o primeiro da vitória por 2 a 0. O segundo gol foi marcado por Ábila, de pênalti.

O jogo levou quase 20 mil pessoas ao estádio, muito pelo horário, ingresso a baixo custo e porque não foi transmitido na TV aberta. Teve, ainda, o apelo de dois retornos importantes (Fábio e Dedé), jogadores com história no clube.

Em campo, poucas oportunidades, motivação abaixo da que a torcida quer ver, mas gols. Um em cada tempo. O primeiro, de Dedé, após escorar uma cobrança de falta de Lucas Silva. O segundo, com Ábila, após o próprio atacante sofrer pênalti de Gérley. Com força e no ângulo direito de Alencar, Ábila marcou seu 22º gol com a camisa celeste em 43 jogos.

O Democrata pouco atacou e em apenas dois lances exigiu uma intervenção de Fábio.

Coerência

O goleiro Fábio, ao final do jogo, declarou que seria incoerente ele ficar de fora quando estiver em ritmo de jogo. Na visão do jogador, por não ter saído por deficiência técnica, o normal seria ele retornar quando estiver 100%. Mas, no final, para não criar polêmica, disse que caso isso não aconteça, ficaria, sem problemas no banco de Rafael. Essa dúvida de Mano vai perdurar, talvez, até o segundo jogo contra o São Paulo, pela Copa do Brasil. Após isso, veremos quem será o "1" do Cruzeiro.

8 comentários:

Rafael Mendes disse...

Ridículo esse pseudo ídolo falar uma coisa dessa.
Rafael ficou 8 anos comendo banco dele, nunca reclamou e agora tá jogando muito melhor.
Ele tem que ter humildade e reconhecer o momento muito superior do Rafael.

Observandotudo disse...

O tempo de fabio ja passou só ele não se deu conta, CHORÃO RIDICULO. O Rafael não é mais criança ou promessa é homem feito 27 anos amadurecido e forjado no banco onde engoliu muito sapo vendo o cruzeiro perder por culpa de fabio e sem ter um técbico com coragem de tirar o cara do time. SEGURA RAFAEL A BOLA DA VEZ DA TUA.
FUI CONTRA E CRITIQUEI A DIRETORIA QUANDO RENOVOU O CONTRATO DO FABIO O CUSTO BENEFICIO NÃO COMPENSAVA MAIS; FOI POR SAUDOSISMO NÃO PROFISSIONALISMO. Tomara que o Mano Menezes seja macho e não faça uma cagadha. Com a palavra as viuvinhas.

Cruzeiro Online disse...

Amanhã vamos postar um texto bacana sobre esse assunto. Confiram e chamem cruzeirenses para participar desse debate aqui. Valeu!

RUTILHO disse...

JUSTICA RAFAEL TITULAR ABSOLUTO!!! COLHE AGORA OS FRUTOS APOS OITO ANOS SOFRENDO NO BANCO.

RUTILHO disse...

ABILA TITULAR ANOTOU MAIS UM. E FARÁ MUITOS MAIS. MANO NAO SEJA CONTRADITORIO SEJA COERENTE.

RUTILHO disse...

ABILA TITULAR ANOTOU MAIS UM. E FARÁ MUITOS MAIS. MANO NAO SEJA CONTRADITORIO SEJA COERENTE.

Rafael Mendes disse...

Maravilhoso o comentário

Diego Pedrosa disse...

Não vejo tanta necessidade de críticas ao Fábio porque, afinal, o cara tem a sua história no Cruzeiro. Já salvou o time dezenas ( ou centenas ) de vezes e não é atoa que é Bi-Campeão Brasileiro com o nosso Cruzeirão.
Entretanto, também não posso discordar que o momento é todo do Rafael, e sacá-lo do time neste momento seria praticamente colocá-lo à venda. Hoje todo o Brasil conhece o Rafael e ver um grande goleiro como ele no banco seria um prato cheio pra muitos times grandes tentarem contratá-lo.
Acredito que todo mundo sabe o quanto é difícil encontrar um bom goleiro atualmente ( que diga o São Paulo ). O Rafael tem inegavelmente muito mais a contribuir para o futebol ( pela idade ) do que o Fábio. Sendo assim, na minha opinião, Rafael deveria continuar sendo o goleiro titular do Cruzeiro ( mesmo considerando injusto tantas reclamações contra o Fábio ).
Quanto ao Ábila, na minha opinião, ele é um dos grandes injustiçados no time do Cruzeiro. Podem chamá-lo de perna de pau, de ruim de bola ou seja lá o que for. Mas se tem uma coisa que o cara tem é faro de gol! Na ausência do Robinho, pra mim seria uma baita duma burrice não tentar organizar o time com um jogador como ele em campo. Merece ser titular!
Dedé é questão de tempo voltar a ser titular também. Todo mundo sabe disso. Joga muito e voltará a ser nosso grande nome na defensiva, tenho certeza!
No mais, que venha o São Paulo e vamos vamos Cruzeiro!!