quarta-feira, 12 de abril de 2017

NÃO PODEMOS JOGAR PELO EMPATE


POR: RAPOSO SENSATO

Decisão.

Hora de mostrar a força, o elenco, o ímpeto.

Hora de entrar em campo, por a paixão no bico da chuteira e ir para cima do São Paulo.

Não falo em atacar de forma desordenada, aberto.

Falo em saber jogar o jogo, não se acovardar, não jogar só atrás para tomar pressão.

Quem joga pelo empate, fatalmente perde.

E um resultado ruim na Copa do Brasil pode definir uma classificação.

Por isso, Mano Menezes terá que mobilizar esse time, orientar da melhor forma e saber como escalar os 11.

Além disso, vai ter ainda que visualizar o jogo, alterar de forma eficiente e, se possível, voltar com uma vitória do Morumbi.

São Paulo é, sim, uma pedra no nosso sapato.

Mas no mata-mata, o Cruzeiro tem se dado melhor.

Que essa estatística favorável continue e que quinta-feira possamos ver um Cruzeiro vibrante, alerta, com "sangue nos olhos" em busca da classificação à próxima fase.

De Copa do Brasil a gente entende.

E esse ano a gente quer o Penta!

Vamos, Cruzeiro!

Um comentário:

cleiton Gama disse...

Jogar pra fazer pelo menos 1 gol