quinta-feira, 27 de abril de 2017

QUEM FOI AO AR... PERDEU O LUGAR!


POR: JOÃO VITOR VIANA

Ao que parece, em uma grande equipe, quem dá margem à concorrência, perde. Foi assim com o goleiro Fábio, que se lesionou e foi substituído por Rafael. O atual titular tem sido um dos principais jogadores da equipe, sendo decisivo em vários jogos e um dos responsáveis para que o Cruzeiro tenha chegado à final do Campeonato Mineiro e tenha progredido na Copa do Brasil. Até por isso, a volta do antigo titular e capitão vem sendo adiada, já que não há motivos para tirar Rafael da meta celeste.

O mesmo ocorreu no meio-campo. Ariel Cabral, que estava bem, regular e ajudando a equipe, se lesionou, operou e ficará alguns dias fora de combate. Hudson, que já vinha bem, substituindo Henrique, foi mantido, revezando com o atual capitão na função de primeiro e segundo volante. Hudson também aproveitou a chance e Mano já avisou: ele conseguiu a vaga de titular.

Na zaga, Manoel também machucou. Caicedo o substituiu, mas ainda não teve tempo de mostrar que pode ser titular também. Mas as chances serão dadas. Talvez, a incógnita do substituto esteja apenas sobre Mayke e também Rafinha. Apesar do lateral titular em 2014 não estar agradando, ainda tem a confiança de Mano. Rafinha, que também não vem sendo uma "Brastemp" também tem agradado ao treinador, nem tanto a torcida. Mas sçao as duas peças que ainda não convenceram. Rafinha dificilmente ficará na equipe, já que Robinho é titular absoluto. Contudo, a lateral está em aberto. Hoje, Mayke disputa com Lennon e Ezequiel a titularidade da função. Veremos se será mais um que ocupará a vaga depois que o titular "deu mole" ou azar.

3 comentários:

RUTILHO disse...

Hudson e titularissimo.
Manoel muito superior ao caycedo
Mayke tendo chance so pra ver se aparece uma venda. Rafinha esta apenas atrapalhando a vida do Elber ou do Alisson. Pessimo investimento. Mano escale os melhores pelo amor de DEUS!!!

Jorge Oliveira disse...

Rafael titular incontestável, Fabio vai aposentar na reserva (pra nossa sorte).

Observandotudo disse...

O Álisson passou a ser (-1) há tempos, o Elber ainda merece uma ou duas chances de jogar pelo menos 30 minutos inteiros.