segunda-feira, 10 de abril de 2017

NÃO VAI TER POLÊMICA. E FÁBIO VAI SER TITULAR EM BREVE

POR: JOÃO VITOR VIANA

O goleiro titular do Cruzeiro é Fábio. Não porque um ou outro quer, mas porque Mano tem isso em mente. Não que Rafael será barrado. Nada disso. Contudo, a saída do goleiro se deveu por causa de contusão. Rafael aproveitou bem a oportunidade dada, foi muito importante e até decisivo. Mostrou que o clube está bem servido na posição, mas que terá que esperar mais um pouco para entrar e não sair mais do time.

Não haverá polêmica. Mano vai explicar a situação. Vai dizer que Fábio é um goleiro de topo, que saiu por um motivo de contusão e que, recuperado, retorna ao seu posto. Foi o mesmo que disse quando Rafael assumiu o gol celeste. Para quem não se lembra, quando Fábio se machucou, Rafael havia feito uma cirurgia em um dedo da mão, parando por 45 dias. Nesse tempo, Lucas França entrou e foi bem. Mas quando se recuperou, Rafael assumiu o gol, pois tecnicamente era melhor e porque não havia assumido antes por um motivo cirúrgico. Fábio é melhor tecnicamente que Rafael? Hoje tenho dúvidas. Não acho que o tempo passou para Fábio, mas Rafael pede passagem. Contudo, o histórico e o currículo de Fábio farão diferença na hora da escolha.

Parte da torcida irá chiar. Mas é questão de coerência. Fábio tem mais de 700 jogos pelo Cruzeiro, é o capitão do time, levantou vários troféus, por quase uma década foi o melhor goleiro do país e só não esteve na Seleção por causa de um corporativismo nojento da senhora CBF. Se fosse goleiro de algum time do eixo Rio-São Paulo, não tenho dúvidas que estaria em alguma Copa do Mundo. Tecnicamente é excelente, é um líder dentro do clube e Mano sabe que contará com ele ainda por um bom tempo. Apesar da idade, 36 anos, Fábio é um atleta de se cuida, que sabe dos seus limites e que quando observar que não dá mais, vai deixar a porta aberta para Rafael assumir o posto de goleiro titular. Aos 27 anos, Rafael aguardou uma chance de sequência por quase 10 anos. E desde agosto mostrou para a torcida e para o treinador que é capaz de envergar a camisa celeste. Colocou, inclusive, uma dúvida na cabeça de Mano. E isso é muito bom.

O Cruzeiro tem uma escola ótima de goleiros. Nos últimos anos, chegou até a liberar alguns, que não teriam chances por aqui. Caso do goleiro Gabriel, que está na Itália. Há alguns anos revelou Jefferson, que está no Botafogo; Neto, que jogou no Atlético-PR, mas que se destacou mesmo na Fiorentina. E seguindo os passos de Rafael há ainda Lucas França e Lucão. Pelo menos pelos próximos 10 anos a diretoria celeste não precisará se preocupar em contratar atletas para a posição.

9 comentários:

RUTILHO disse...

Os dois sao otimos tanto faz quem será o titular. Quero ver como o Mano vai fazer agora com essas decisoes. Gosta de poupar e dar boa vida pra esse grupo. Vai poupar contra o SP? Ou domingo vai de alternativo? Em ambos se assim fizer seremos eliminados. E agora elenco? É hora de dar sangue. Agora vamos conhece-los!!

Sônia de Paula Correa disse...

GENTE
Veja o que penso sobre esta historia FABIO/RAFAEL.
Acho que estamos colocando pilha demais em um assunto que não precisa de tanto.Veja bem:
Lembram-se no ano passado quando o Palmeiras perdeu por contusao o seu goleiro titular o Praz?
Pois bem, entrou o desconhecido Jailson e fechou o gol, foi o melhor goleiro do campeonato e quando o Praz ficou bom voltou e a torcida ficou feliz , pois o clube havia ganho agora dois excelentes goleiros.
Aqui, ficamos nesta guerra, para elogiar um , diminuímos os outro , será que não estamos jogando contra o nosso patrimonio nao?
Nao eramos para ficarmos contente por finalmente termos 2 espetaculares jogadores?

Vejam: o ALT MINEIRO, tinha um goleiraço, perdeu por contusão e entrou um meia boca, isto vale também para o SP e o Botafogo
Nós temos 2 excelentes mais um se formando , e ao invés de aplaudirmos, estamos a diminuir este feito. sinceramente não entendo esta lógica de muitos torcedores.
Somente Cruzeiro e Palmeiras tem esta primazia hoje e nós ficamos aqui a gastar saliva e neurônios com isto.
Nao seria melhor canalizar toda esta energia e exigir da direção, melhores laterais, um atacante de qualidade, um velocista para podermos jogar com o Abila?
Exigir uns diretores melhores que esta munia do VICINTIM?
Com a palavras vocês.

Cruzeiro Online disse...

Acho que nem é questão de por pilha, mas é uma boa disputa. Rafael está numa ótima sequência e Fábio tem uma grande história, mas sem ritmo. Não tenho dúvidas que estes jogos contra o São Paulo o Cruzeiro vai com Rafael. Contudo, depois, tudo será incógnita e a tendência é a volta de Fábio. Acredito que a volta do cara que mais vestiu a camisa do Cruzeiro deve ser gradual, mas a história dele pode acelerar isso. Rafael já esperou 10 anos para jogar seis meses direto. Esperar um pouco mais não vai doer. Mostrou que é preparado e que já temos um substituto quando Fábio se aposentar.

Pedro Lage disse...

Concordo com a Sônia, vamos cobrar e reclamar do que faz sentido. Reclamar que temos dois excelentes goleiros não leva a lugar algum, nada sairá de bom disso aí. Agora, precisamos urgentemente de lateral-esquerdo pra reserva do ótimo Diogo Barbosa, de um lateral-direito pra ser titular ou pra ficar na reserva (infelizmente, espero que o Mayke saia).

Sônia de Paula Correa disse...

PEDRO LAGE
Ainda sobre o assunto Fabio, me fez lembrar que o Cruzeiro como um todo, nunca trata bem os seus ídolos, veja bem;
Como Nelinho saiu do Crueiro? pelas portas dos fundos
Pq.D.Lopes encerrou a carreira no Uberlandia e não no Cruzeiro com festa e tudo mais que ele tinha direito?
Tostao saiu brigado com o cruzeiro, ameaçando nao jogar mais no clube até ser vendido
Idem J.Carlos que foi ser campeao no Guarani.
Veja, nunca tivemos boas relações com os nosso grandes jogadores, quando sao vendidos, raramente voltam a jogar pelo nosso time, vejam Fred,Palhinha ,Alex preferiu encerrar no Coritiba, pq. será?
Piazza, nosso grande capitao, encerrou a carreira no cube e entrou na justiça
Veja , até o grande Felicio Brandi, não tem a sua historia preservada pelos outros presidentes, pq. que o Toca 2 nao poderia chamar Centro de treinamento Felicio Brandi? por ciumes de presidentes que foram muito menores que o Felicio.
Vejo isto tudo se renovando com esta intriga com o ídolo Fabio,
Pedro, ninguem joga mais de 600 partidas em um clube, se não tiver talento, veja o que foi a posição de goleiro no PÓS DIDA, só tivemos sossego com a chegada do Fabio.
No Cruzeiro, não ha espaço para os jogadores do passado na base, como é por exemplo o Santos, aí enchem a base de baianos e não sobra espaço para os que deram alegrias ao clube.
Nao será que aí resida o prob. da base do clube ser ruim de dá dó?

Sônia de Paula Correa disse...

PEDRO LAGE.
Ia me esquecendo de um grande (gradíssimo) que não poderia ficar de fora desta relação
pois este a turma mais nova viu jogar.
Como o DIDA, saiu do clube?
Pq. saiu? pq. nunca mais quis voltar ?
Estas são as questoes que digo sempre, o nosso clube e nisso temos culpa também, tratamos muito mal os nossos ídolos.
Concorda.

Pedro Lage disse...

Realmente temos muito a repensar a respeito do tratamento aos ídolos. Fábio para mim é o titular, e merecido sim. Agora, não gosto dele como capitão: é muito pacato. Prefiro que ele continue o líder que é, do seu jeito, e que a capitania passe para outro que tenha mais consciência da importância, do orgulho, e principalmente da responsabilidade que se assume ao ser capitão do Cruzeiro. Tem que ser um jogador de raça, de vontade, agregador, inteligente.

Observandotudo disse...

Rafael esperar o Fabio se aposentar? como piada é boa. O Rafael tb já estará prox. da aposentadoria rsrsrs

Observandotudo disse...

Temos que por pilha para evitar um injustiça injustificável com o RAFAEL.