terça-feira, 18 de abril de 2017

JOGO EM HORÁRIO DIFERENTE, MAS ANTES...


POR: JOÃO VITOR VIANA

Em reunião, ontem, na Federação Mineira de Futebol, Cruzeiro e América souberam que dia e que horas farão a partida de volta das semifinais do Campeonato Regional. O local, o Mineirão, já havia sido definido. No entanto, ainda faltavam decidir dia e horário. Havia a possibilidade de o jogo ser sábado, o que seria ruim para o Cruzeiro, já que teria um dia a menos de descanso em relação ao jogo contra o São Paulo, quarta-feira à noite. Foi decidido que a partida será domingo, às 18h, horário diferente do habitual.

Contudo, antes disso, pensamento total na Copa do Brasil. Ontem, os reservas foram a campo, com os titulares e aqueles que jogaram um pouco mais, fazendo trabalho regenerativo. Um treino hoje deve definir os jogadores que iniciarão a partida.

Em relação ao time que enfrentou o América, poucas devem ser as alterações. Talvez, no máximo, duas. A primeira, na lateral-direita. Mayke, que teve um rendimento muito abaixo diante do Coelho e ainda saiu com dores nas costas, deve ser substituído por Ezequiel, que ficou fora dos últimos compromissos por causa de um desgaste muscular. Durante o jogo, Mano Menezes até fez uma experiência em caso de ter que substituir Ezequiel em outra oportunidade. Testou Hudson no setor. Mas como perdeu o meio ao deslocar um volante marcador para a direita, Romero passa a ser, novamente, um reserva imediato no setor. Outra modificação pode ser a entrada de Henrique. Nesse caso, Hudson ou Ariel sairiam do time. Como Hudson vem jogando bem, mas fez falta ao meio quando foi para a lateral, criou-se uma dor de cabeça para o treinador.

Vencedor do primeiro confronto, o Cruzeiro pode até perder por um gol de diferença que segue na competição. Como o gol fora conta como fator de desempate, o São Paulo precisa fazer, ao menos, 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis. 3 a 1 é favorável ao time paulista. Lembra-se que o Cruzeiro está a 21 jogos invicto e isso será posto em jogo novamente na quarta-feira.

5 comentários:

Pedro Lage disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro Lage disse...

Triste ver como o Mayke já pode ser considerado um lateral-direito ruim. Nem pra reserva eu contaria com ele. Nossa lateral-esquerda tb precisa de reservas bons. Pelo menos o Diogo Barbosa é um dos melhores atualmente no Brasil!

welington vieira goulart Goulart disse...

Maike tá com medo de atacar,tem que emprestar esse menino ou vender ele,eu o emprestaria!!!

Professor Cruzeirense disse...

Não sou a favor de vender nossas revelações para o exterior, antes que "estourem". Um bom exemplo é o Dudu (vendido pelo Perrela em 2011), que está "arrebentando" no Palmeiras.

Mas o Maike justifica o pensamento de nosso ilustre ex-presidente, que dizia ser necessário vender o jogador enquanto ele estava em boa fase, antes que entrasse em decadência.

Em relação ao Cruzeiro, apesar da invencibilidade, não estou satisfeito com o futebol apresentado. Sempre fico com a impressão que estamos fisicamente abaixo dos nossos adversários. Nossos jogadores não ganham nas divididas, na corrida e pregam no final da partida. Talvez estejam correndo errado!!

Nos dois últimos jogos nos limitamos a defender, abdicando de agredir o adversário! Vejamos amanhã!! Apesar de tudo, ainda confio em Mano Menezes.

Abraço a todos!

Joao diorio disse...

Ola professor cruzeirense. Legal o post mas fiquei com uma duvida. Vc prefere na casa do adversario jogar bonito, atacando o tempo todo e empatar ou prefere jogar compacto (mais na defensiva), deixando a posse de bola no campo do adversario,sem riscos maiores, jogando pela 2a bola e sair com 2 x 0? Desculpa, mas nao concordo com as reclamacoes. O estilo de jogo do Mano eh este e tbm tem o meu apoio e confianca. Vamos Cruzeirao!!