segunda-feira, 24 de abril de 2017

ESTAMOS A DOIS PASSOS... DO PARAÍSO


POR: JOÃO VITOR VIANA

O Cruzeiro venceu, ontem, o América, por 2 a 0, no Mineirão, qualificando-se como o segundo time a chegar à final do Campeonato Mineiro de 2017. Mais cedo, nosso rival venceu a URT e confirmou sua presença para os últimos dois jogos.

Serão duas partidas, possivelmente nos dois próximos domingos. Jogos que irão definir o campeão Mineiro deste ano. Jogo que colocará, mais uma vez, os arquirivais frente a frente. Até agora, nas duas vezes que se enfrentaram no ano, deu Cruzeiro.

As duas equipes, assim, estão a dois passos do paraíso, como diz aquela antiga música. Paraíso sim. Muita gente vai falar que o Campeonato Mineiro não vale nada. Mas a gente sabe que, caso não vença, terá torcedor dizendo por aí "nem Mineiro ganha". Ou ainda: "Mineiro é obrigação". Em se tratando de um título disputado pelos dois maiores clubes do estado, disputa de dama na Praça Sete tem valor incomensurável. Que o Cruzeiro mantenha seu tabu dos últimos dois anos e vença o rival, de preferência, nos dois jogos.

Preocupação
Thiago Neves saiu de campo com dores no joelho direito. Em entrevista, disse que ia começar a tratar das dores desde já, para que pudesse estar em campo no fim de semana, diante do rival. No entanto, até lá, o jogador fará uma série de exames e é dúvida, inclusive, para os dois confrontos. Tudo vai depender do que os exames mostrarem. Que não seja nada grave.

3 comentários:

welington vieira goulart Goulart disse...

Acho que o time estar finalizando pouco,tem que atacar um pouco mais!!

Pedro Lage disse...

Não entendi a relação entre falar que "nem Mineiro ganha", que "Mineiro é obrigação", e dizer que por isso estamos a dois passos do paraíso. Teria sentido se falasse que estamos a dois passos do inferno, caso não vençamos. Enfim, eu não gosto do Camp. Mineiro. Só fui ao jogo do clássico, e vou de novo. Mas pra mim deveria deixar de existir. Ninguém tem interesse nos jogos, a não ser nos clássicos e nas finais.

Revétria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.