quinta-feira, 20 de abril de 2017

JÁ ESTAMOS QUASE EM MAIO... E AÍ, MANO?

POR: JOÃO VITOR VIANA

A torcida clama por um futebol melhor. Faço parte dessa parte. Alguns irão questionar que há alguns dias eu justifiquei que o Cruzeiro veio de uma sequência de jogos, de partidas complicadas e desgastantes e que, por isso, caiu de rendimento. Mas até agora o time não teve um rendimento razoável. Teve, sim, uma sequência invicta boa, soube jogar vários jogos na inteligência, mas não encheu os olhos da torcida em nenhum deles.

Nem precisa disso, aliás. Jamais cobrarei show todos os jogos. Mas a torcida não está vendo, ainda, empenho. Talvez, lapsos disso diante do nosso rival e no primeiro jogo contra o São Paulo, quando soubemos ser eficientes. Mas não vemos uma sequência. Diante do jogo no Mineirão, contra o São Paulo, parecia que fazíamos um jogo qualquer, quando, na verdade, era uma decisão. Vão falar de cansaço? Vão falar de sequência? Estamos ainda em março! Como pode ser que o físico dos atletas esteja tão deficiente? Cadê o preparador físico para dar seu veredicto?

O Cruzeiro precisa de um padrão, de mostrar empenho, de mostrar que quer chegar a algum lugar. O início do ano se mostrou promissor. Discurso, os mais bonitos; treinos, jogos-treinos, resultados amplos em amistosos contra equipes inexpressivas. Tudo muito bonito. Mas nem diante de equipes mais fracas, no Campeonato Mineiro, vimos o Cruzeiro jogar para cima, propondo o jogo, sendo aquele time eficiente. Desculpa que o time estava desmotivado, de olho em outra competição mais importante, a Copa do Brasil. Quando não rendia na Primeira Liga, a desculpa era que o torneio não era atrativo. Agora, na Copa do Brasil é o cansaço? O treinador rodou a equipe várias vezes e só agora dá sequência aos titulares. A maioria já jogava junto no ano passado e se conhece bem. Não é para culpar, ainda, o desentrosamento.

É hora de por na cabeça que o ano já começou, que precisamos de um padrão. Não é para ficar jogando como na pior fase de Marcelo Oliveira por aqui, quando basicamente pedia aos jogadores para levantar bolinha na área. O Cruzeiro não pode ser um amontoado de jogador, principalmente por aquilo que tem no papel. O Cruzeiro precisa por em prática, aquilo que sabe na teoria. Chega de desculpas! Hora de ir a campo, mostrar empenho, jogar como Cruzeiro e parar de mimimi interno. Se a torcida, quarta-feira, fez sua parte, os jogadores ficaram devendo. E muito.

11 comentários:

hyan teodoro disse...

Você mudou de opinião muito rápido, incrível! Alias, não somente você, mas grande parte da torcida... Uma partida tem grande poder de persuadir um torcedor mesmo kkkk!

Anônimo disse...

O Mano e um bom treinador isso todo mundo sabe mas todo mundo sabe também que ele é retranqueiro mesmo eu vi a entrevista do Tiago Neves falando que oo cruzeiro tinha a vantagem e por isso não foi pra cima do São Paulo e que se não tivesse a vantagem iria para cima sim e que pra ele foi bom porque classificou pra mim isso não comentário que faça o cruzeiro foi muito mal,não sabe jogar com vantagem foi assim conTra o América e com o jogoSão Paulo ontem e se entrar domingo com esse mesmo pensamento não sei se estaremos na final do Mineiro de novo.

tadjo disse...

Às vésperas de começar o brasileirão e o futebol da equipe é simplesmente M-E-D-O-N-H-O!Têm um bando de jogadores ali dentro que não têm a menor condição de envergar a camisa estrelada,nada rendem,nada acrescentam.Junte-se a isso a sonolência,a falta de criatividade,as substituições do técnico mal feitas e sempre da mesma forma,resulta no que estamos vendo...time horrível,medroso,retrancado,sem vocação ofensiva.Alguém aqui crê que com esse "futebol"abaixo de medíocre,vamos conquistar algo??Ou se contrata alguns jogadores de verdade,e o treinador mude essa filosofia caranguejo,ou vamos ter dores atrozes nos olhos,de tanto ver esses caras,sem alma,nem futebol com a nossa camisa em campo...

Pedro Lage disse...

Até agora passamos bem por esse abril de decisões, em termos de resultado. No futebol, estamos muito retranqueiros, muito pouco agressivos. O time não está bem no ataque. Temos que corrigir isso. Não sai jogada na lateral-direita. E precisamos de mais um atacante tb. Gosto do Sóbis, mas creio que precisamos de mais um bom atacante pro elenco. Não sei como está o planejamento da diretoria, mas algumas carências são visíveis. E Mano tem q dar um jeito de atacar um pouco mais, encontrar um equilíbrio mais agressivo. Temos jogadores na frente para isso.

Max Silva disse...

Bom é o Deivid! Fora mano.

Max Silva disse...

Na Europa os times que estão se destacando jogão defensivamente ( juventus, A. madri), é claro que é outro nível os jogadores. Realmente não é muito bonito de ver mas é eficiente. Prefiro ver o cruzeiro jogando feio e sendo campeão do que perdendo e jogando bonito.

Thiago disse...

Concordo contigo!!!

Thiago disse...

O time precisa melhorar de fato, mas vamos parar de ser corneta pessoal...
Eu quero um exemplo de um time do Brasil que tá jogando bem? Se vocês souberem algum me avisa...

Passamos por várias decisões esse mês w fomos bem, agora não podemos criticar tudo por conta de um jogo apenas.

RUTILHO disse...

Entrar com mayke Rafinha é jogar com 9. Sobis fez uma meia duzia de gols e acha que ja deu e que agora é só enganar e criar bunda que por sinal ja Tá bem grande.
Time está desconexo Thiago e Sobis nao conseguem uma tabela decente jogam afastados
Rafinha que draga deve estar com anemia ou ascaris lumbricoides. America pode ser pior mas em foco vontade e aplicaçao que tem de sobra vai acabar chegando a final

Professor Cruzeirense disse...

Logo após o jogo contra o São Paulo, fui assistir Libertad x Atlético. O nosso ilustre atleticano Bob Faria, de quem não gosto, fez um comentário muito inteligente que, pela primeira vez, me agradou:

"time que joga marcando durante toda partida se cansa mais, pois os jogadores correm atrás da bola o tempo inteiro"

Acredito que é isso que está acontecendo com o Cruzeiro. Se repararmos bem, os jogadores estavam "com a língua pra fora" ao final das últimas partidas.

Estou feliz pela classificação mas não estou gostando da postura excessivamente defensiva do time. Um time com jogadores de qualidade como os do Cruzeiro precisa se impor mais em campo.

Uma outra observação é sobre o Tiago Neves. Acho que ele, apesar dos últimos gols, não está jogando bem. Muito lento, errando muitos passes e pouco participativo nos jogos. Minha esperança é que ele ainda esteja fora de forma, pois poderá melhorar.

Um abraço a todos!

ALBERTO VELLOSO MACHADO disse...

O Mano sempre foi retranqueiro. O Cruzeiro nunca irá jogar como na época do Marcelo.