terça-feira, 24 de março de 2015

QUEM SERÃO OS HERÓIS?

POR: MARCÃO ANTI-GALO

O cenário é lindo, é imenso, é palco de Copa do Mundo. O jogo, bem, o jogo é pelo Campeonato Mineiro, às 22h, diante de um dos piores times da competição. Com todo respeito ao Mamoré, esse é o típico jogo que a família poderia estar presente. Mas por interesses de terceiros a partida ficou marcada para quarta-feira e, como disse, às 22h. Quem serão os heróis que irão presenciar esse jogo-treino pago?

O Cruzeiro sequer faz ações para mobilizar seu torcedor. Sabe que se der 5 mil presentes vai estar bom demais. Diante de um adversário fraco e a um ingresso caro, torcedor são não irá. Talvez quem é sócio, que já tem o direito de ir à partida. E olhe lá.

No meu modo de entender, o clube deve fazer do seu jogo, um espetáculo. Desde que o Mineirão foi reinaugurado que a partida é vista como um evento que a torcida tem que ir, mas se condicionar às piores condições , já que o estacionamento é escasso e caro; os alimentos a preços lunáticos ou ainda parar o carro longe do estádio correndo o risco de ser assaltado. Além disso, ao final do jogo, o torcedor é praticamente expulso do local, com luzes se apagando e portão com horário de fechamento rígido.

Cruzeiro e Minas Arena, cuide do torcedor! Pensando no bolso não se cultiva o cliente maior, que é a torcida. 

Amanhã seria um jogo bom para as 20h30, com portões abrindo às 17h.

E que tal se dentro do estádio as condições fossem melhoradas e o torcedor fosse melhor tratado?

Amanhã, como disse, é jogo para herói ir.

Entre ir, pagar quase R$ 100 e ser mal tratado... hoje não recomendo a ida não. Ver em casa, em um bar ou na casa de amigo é muito mais barato e cômodo. Depois de amanhã a maioria da população trabalha!

Já o pessoal da Minas Arena e da diretoria do Cruzeiro, que mais parecem querer ganhar dinheiro sem fazer o menor esforço, com a bunda na cadeira... esses aí, no que depender de mim, vão contar moedas.

3 comentários:

cruzeirotetra disse...

Imfelizmente o tocedor ficou em segundo plano depois das reformas.antes das reformas eu saía de ipatinga em onibus fretado entrava no mineirao e voltava pra casa.tudo isso num pacote q custava 50 reais.estadio bunito sempre lotado.hoje fui no jogo contra defensor e san lorenso,os gastos foram absurdos e o estadio bonito mas cheio de espassos vazios.é uma pena!!!

¶Azul•H(«MG»)¶® disse...

Mas CRUZEIRENSE é CRUZEIRENSE,não tem tempo ruim não. Óbvio que os preços são exorbitantes,temos família e devemos parar pra pensar um pouco...O papel da diretoria e do marketing,é olhar com sabedoria,o lado do torcedor também. Marketing,envie pelo ao menos dez ingressos aqui pro blog e peça que façam um sorteio,sendo cinco pra capital e outros cinco para o interior...

Cruzeiro Online disse...

Cruzeiro Tetra... e muito cimento... saudade daquele Mineirão com árvores...

E com aqueles churrasquinhos!

Azul, o problema de quem faz o espetáculo é que não se preocupa com o público. Chega uma hora que não dá mais. É bom repensar isso enquanto é tempo. O futebol está mais caro, mas o jogo tem que ser uma diversão. Não uma obrigação quase robótica do torcedor