sábado, 9 de maio de 2015

COMO HÁ BOBO NO FUTEBOL!

POR: RAPOSO SENSATO

Sempre ouvi dizer que no futebol não tem mais bobo.

Mas discordo veementemente!

O que mais tem é bobo.

Olhem só o tanto de time que contrata jogador que a gente sabe que não dará certo!

O Cruzeiro mesmo é um exemplo.

Seymour, Riascos, Fabiano, Neílton, Mena, Breno Lopes, Willian Farias, Charles, Marquinhos...

E ontem ouvi a notícia que o Avaí, que já quis o Breno Lopes (acabou indo para o Fluminense) quer Seymour.

Botafogo quer Riascos.

Gente, como pode haver tanto time trouxa no Brasil?

Bom, é certo que há bobo no futebol.

E espero que o Cruzeiro deixe de ser um deles, liberando essa cambada toda aí!

Grupo inchado, pagando salário alto e não tendo retorno é coisa time time bobo.

Ponto.


4 comentários:

Marcelo cr disse...

Além desse que você citou, tem: léo, Willian, dourado, Joel. 13 jogadores MEDÍOCRES PRA DIZER O MÍNIMO.
E a culpa é do técnico ou dos incompetentes que trouxeram esse bando?

cleiton Gama disse...

Marcelo moreno desde quando saiu do Cruzeiro em 2009(axo) nunca jogou bola em nenhum lugar voltou e arrebentou,Wilians tava em extrema baixa no inter e agora ta arrebentando,Egidio nunca se firmou em time grande e no cruzeiro jogou muito.Damião em 2 ou 3 anos não jogando nada e agora arrebentando no Cruzeiro.Quer exemplo internacional Falcão Garcia jogando muito la em portugal foi pro Atletico de Madrid arrebentou hoje no Manchester ta jogando nada. Muito dificil saber se um jogador vai se adaptar no time na cidade e da certo.Everton ribeiro e goulart foram apostas que deram muito certo e esses ai citados não deram certo é a vida.

gab gg disse...

Concordo com o seu comentario, só acrescentando o que vc disse, a toca da raposa virou uma clínica de reabilitação, por isso q o cruzeiro contrata jogadores meia boca, pensando q vai ter algum retorno

Luís Antônio Xavier Ribeiro disse...

Concordo demais com vc Cleiton, e ainda falo mais, o marquinhos citado na matéria, é uma boa opção pra banco, podendo render bem em determinadas partidas, principalmente no Brasileirão, com essa infinidade de partidas e tamanho desgaste, e o Joel, citado pelo Marcelo, acho uma excelente aposta, acredito que ainda vai jogar demais, só precisa de mais chances.