quarta-feira, 16 de abril de 2014

DIA DO CRUZEIRO SER CRUZEIRO

POR: RAPOSO SENSATO

Sempre bato na tecla do Cruzeiro ser Cruzeiro.

E por que faço isso?

Porque alguns jogadores, às vezes, se esquecem.

Alguns esperam a poeira subir para se mostrarem.

E, às vezes, é tarde.

Quase foi na primeira fase da Libertadores. 

Fomos nós poucas vezes.

Hoje é dia.

Dia de ser Cruzeiro.

De mostrar que a "Bestia Negra" reina no Mineirão.

Que não é um time paraguaio que vai vir aqui nos desbancar.

Com respeito ao time do Arce, um cara legal demais, mas aqui é Cruzeiro.

Já tive a oportunidade de conversar com o Arce e ele sabe que o jogo de hoje não é fácil.

Sabe tudo do Cruzeiro e até duvida dos desfalques.

Acompanha o Cruzeiro desde o ano passado.

Sabe a tática.

Mas como ele mesmo me confessou, não basta conhecer, o jogo é jogado.

E como é jogado, o Cruzeiro tem que saber jogar.

É preciso ter espírito de Libertadores.

É preciso lembrar que o pior está por vir, não passou.

Cada jogo é uma decisão e cada decisão ficará mais difícil.

Hoje é só a primeira. 

Dia 30 tem mais, contra o próprio Cerro, em Assunção.

Que hoje façamos um bom jogo, que ganhemos.

Que consigamos anular Guiza, Angel Romero, Oscar Romero e Julio dos Santos.

Que consigamos vencer a zaga paraguaia e o goleiro adversário.

Para isso, precisamos ser Cruzeiro acima de tudo.

Um comentário:

Cláudio Roncalli disse...

Nós não devemos contar com o ovo no anelku da galinha.